Vitória na FA Cup representa passo importante na temporada

O duelo londrino entre Chelsea e Tottenham Hotspurs pela semifinal da Copa da Inglaterra tinha todos os ingredientes de um grande jogo. Era o encontro entre os dois melhores times da Premier League (os que brigam pelo título), dois grandes treinadores e um dérbi valendo vaga na final.

O resultado não poderia ter sido o melhor. Vencer por 4×2 em pleno Estádio de Wembley e massacrando o adversário nas chances criadas. A vitória não valeu apenas a vaga na final – a sétima desde 2000 – e pode significar o fim da temporada.

Antes do duelo o Chelsea viu sua vantagem na Premier League cair de 13 para 4 pontos em relação aos Sprus, após a derrota para o Manchester United no último final de semana. Muitos jornais deram inícios às especulações de que o time de Antonio Conte derraparia na competição, entregando o título ao Tottenham.

Na bola parada Willian garantiu vantagem no 1º tempo (Foto: Getty Images)

Não por menos o encontro entre as duas equipes representava uma decisão antecipada na temporada 2016/2017. E o que pudemos acompanhar nos 90 minutos foi um futebol de alto nível, novamente com o Chelsea provando ser o melhor time. Fatal nas chances criadas, imponente na marcação e mentalmente mais preparado para ser campeão.

A partida de ontem (22) foi o tira-teima da temporada. Na Premier League cada equipe venceu uma partida, na FA Cup a história foi outra. O Chelsea foi o melhor time, o mais eficiente o vencedor da partida. Se por um lado o Tottenham está em melhor momento na Premier League, jogando um belo futebol, os Blues têm a equipe mais preparada para conquistar o Double.

Se há uma semana estávamos nos questionando como Conte manteria essa equipe motivada, a resposta veio na partida de ontem. Agora só resta aos torcedores aguardarem pelo mês de maio.

As palavras neste texto condizem com a opinião da autora, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Comentários

Category: Opinião