Victor Moses segue cavando seu espaço no elenco do Chelsea

Creio que poucos torcedores esperavam ao início da temporada que Victor Moses ainda estivesse no elenco do Chelsea. Talvez ninguém. O nigeriano vem impressionando o técnico Antonio Conte pela sua presença defensiva e velocidade, principalmente.

Eu não sou um defensor de Moses, vamos começar por aí. Existem incontáveis atletas pelo globo que possuem melhor qualidade técnica, principalmente pelo fato do Chelsea ser um time rico e ter obrigação de conseguir comprar e revelar jogadores que preencham melhor o espaço que ele vem preenchendo.

Todavia, não podemos negar que Moses tem suma importância no esquema tático dos Blues. Como já citei no primeiro parágrafo, o camisa #15 protege muito bem a defesa, parte em velocidade ao ataque e de alguma forma causa problemas ao sistema adversário. Neste último item, não é nenhuma maravilha, é verdade. Todo jogo vemos algum erro ofensivo do jogador que nos faz refletir: “Não tem coisa melhor?”

Exatamente o que pensávamos de Willian durante a passagem de José Mourinho. Pela meia-direita (função que Moses exerceu diante do Hull), o brasileiro tinha como principal papel ajudar Branislav Ivanovic. Deu certo na temporada do título inglês. Na seguinte não.

Dá até pra dizer que o nigeriano é o ‘Super Trunfo’ de Conte. Uma grata surpresa? Ainda diria que não. Como se trata do Moses, ainda há muita lenha pra queimar, antes de afirmarmos qualquer coisa mais positiva. No entanto, é inegável que ele vem cavando seu espaço. Tanto por sua disposição nos treinos, quanto nas partidas mesmo.

As palavras neste texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Comentários

Category: Opinião

Tags: