Sem título na Premier League, o jeito é lutar pela UCL

 

O que ninguém queria escutar, mas é a verdade. O time do Chelsea é fraco, aliás, fraquíssimo. Mas este é basicamente o time que teremos que continuar para a segunda parte da temporada. Claro, terá como mudar algo aqui e ali, como todos já sabem, Paulo Ferreira e José Bosingwa e entre outros neste elenco não são jogadores para os Blues, principalmente com as pretensões que temos, que é de conquistar a Uefa Champios League.

A competição européia ainda está viva, vamos pegar um time bom, rápido e que vai causar dor de cabeça a nossa zaga. Vale ressaltar que se formos eliminados da Liga dos Campeões, o ano está totalmente acabado, à exceção do consolo da disputa pela F.A Cup, caso o time não seja eliminado desta também.

Creio eu, que os torcedores do time azul de Londres, não deveriam aceitar de forma alguma um time rico como o do Chelsea disputar apenas o passe para a UCL da temporada 2012/13.

A queda de desempenho da defesa

John Terry, David Luiz, Ivanonic e entre outros. Não existe apenas um zagueiro que se salve das críticas nesta atual temporada. O primeiro volante do time, ainda é novo, não merece ainda críticas. Mas essa tal crítica não pode sumir da pauta dos zagueiros, lentos e sem posicionamento, mostram claramente que os treinamentos de André Villas-Boas precisam de mais fundamentos defensivos. Bola jogada na área do Chelsea, é um “sarara criolo” assustador.

Gary Cahill está sendo negociado. Um jogador regular, não tem nada de especial. Seguro, forte e entre outras atribuições. Talvez vem para logo pegar a titularidade ao lado de John Terry, pois o “brasileirinho” David Luiz, apesar de ter iniciado sua passagem por Londres de forma vigorosa, está deixando a desejar. Já Terry é o capitão da equipe, este fica, é intocável!

Um ataque medíocre

Vocês ainda lembram daquele time arrasador, campeão da Premier League, da temporada 2009/10, com Didier Drogba sendo o artilheiro marcando 29 gols? Pois é, estamos com certeza com uma imensa saudade deste ataque. A maldição de Fernando Torres não parou só nele, mas foi difundida por todo o nosso ataque. Não há bola que pare no pé de um atacante, sempre volta para a zaga, roda, vai para os laterais e nos cruzamentos “loucos” para a área perdemos a bola.

Não ter jogada é mais um problema que cai na conta do técnico. O que estaríamos fazendo nos treinamentos?

Villas-Boas, de treinador prodígio à pesadelo sem fim

Um treinador que venceu tudo no FC Porto estava pronto para treinar o Chelsea com suas pretensões de time de primeiro escalão, que somos de fato. Pelo menos foi o que disse os £ 15 milhões de libras pagos por Roman Abramovich para ter o treinador no clube. Mas não deu certo. Talvez isso mostre que ele não estava preparado, e o problema apenas se aprofunde mais, pois mostra também que não temos time.

Reparando o manager português, ele parece perdido fora do campo. O time raramente se repete, o treinador alterna sua preferência por Meireles e Lampard, Bosingwa e Ivanovic, Luiz e Ivanovic, Romeu e Mikel e até mesmo, há algumas rodadas, Malouda e Sturridge. E o pior: aonde já se viu, Ramires de ponta direita? Foi o que pareceu.

O segundo round da temporada

Se o treinador já admitiu não estar na luta pelo título é porquê de fato não estamos. Isto é um fato lamentável, que se deu por incompetência, não só do treinador, mas também dos jogadores e diretoria. Não foram feitas contratações para que o time de fato melhorasse sua performance. A próxima metade da temporada, que começa agora em janeiro, mostra desequilíbrio e um time pífio dentro de campo. Dinheiro tem, não é mesmo? O site da Chelsea Brasil noticiou que Abramovich disponibilizará cerca de £ 100 milhões de libras para as contratações acontecerem. Vamos ver qual será a movimentação do treinador português.

Ainda no começo da temporada, um instituto previu que o Chelsea seria campeão da Premier League. A CIES Football liberou a notícia em 6 de setembro e disse que as suas apostas eram feitas depois de uma rigorosa pesquisa em cima de jogos passados dos times. O que o instituto não esperava, era que o time cairia de rendimento acintosamente. Uma outra previsão foi feita; mas desta vez por parte do assistente de Ferguson, Rene Meulensteen. Segundo ele o Chelsea não era candidato ao título da Premier League, este infelizmente acertou.

Isto é sem dúvidas um absurdo, pois é claro que o time de Villas-Boas foi construído para disputar títulos, não para passar vexames. Ancelotti veio e conquistou o seu, desmontaram parcialmente o time, disseram que os jogadores estavam velhos, ultrapassados e que novas contratações seriam feitas. Mas quem? Benayoun? Não, isto é aposta, não eram as contratações pontuais que um time campeão precisaria depois de um desmanche.

Para a temporada não ser um vexame de forma total, precisamos lutar pelo título da Uefa Champions League. Mas estes anseios acabam quando pensamos que podemos enfrentar um Real Madrid, de Jose Mourinho e Cristiano Ronaldo e um Barcelona de Lionel Messi, Xavi e Josep Guardiola. É amigos, as coisas estão mais feias do que pensávamos!

Não penso que terminar a temporada apenas com a vaga para a pré-Liga dos Campeões seria um ano feliz. Mas sim para pensar, coisa que nós não fazemos a muito tempo. Fala-se em dinheiro, mas em pouco em inteligência nas contratações, no futebol do time. Afinal, não temos alguém para isso também? Pois é. Do futebol a administração estamos errados, a verdade infelizmente é esta.

Sinto informar também. Se um time chamado Chelsea, que joga de azul e atua no Stamford Bridge, apenas parar na Europa League, seria o fim dos tempos.

Esta parte da temporada, ou nos salva da escuridão, ou nos joga para ela. Felizmente os jogadores que vão escolher isso, ou seria infelizmente?

Sem posts relacionados.

Source Article from http://chelseabrasil.com/2012/01/sem-titulo-na-premier-league-o-jeito-e-lutar-pela-ucl/
Sem título na Premier League, o jeito é lutar pela UCL

Sem título na Premier League, o jeito é lutar pela UCL


http://chelseabr.com/feed/
Chelsea News Brasil

Category: Opinião

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.