Resultados financeiros do Chelsea na temporada 2017-2018 - Chelsea Brasil

Resultados financeiros do Chelsea na temporada 2017-2018

O Chelsea divulgou na última semana os números baseado no Resultado Financeiro da Temporada 2017-2018, e que, frente inúmeras desilusões, podem ter sido consideradas muito boas. Sem dúvida que os números são bem diferente frente ao dia 1º de Abril de 1.905, data em que ocorreu o primeiro jogo do Chelsea F.C, conforme o artigo de Luan Gomes.

Resultados financeiros do Chelsea na temporada 2017-2018

Os resultados são divididos em grandes áreas para maior entendimento. Primeiro de tudo o Volume Total de Negócios, que significa todo o montante de dinheiro que o Chelsea movimentou durante toda a temporada. Além disso, este tópico é subdividido em mais três: Volume Total de Negócios, Receita Comercial, Receita Televisiva e Receita da Premier League. Por fim, quanto que foi gasto em salários (jogadores e comissão técnica).

Volume Total de Negócios

O total apurado foi de £335.000.000 (trezentos e trinta e cinco milhões de libras), ou 4,8% (quatro vírgula oito por cento) a mais que a temporada 2016-2017. Nesta temporada, o total alcançado foi de £319.000.000 (trezentos e dezenove milhões de libras). Isto significa que o Chelsea (na temporada anterior) está confortavelmente dentro dos limites permitidos pela UEFA, mais especificamente pelo Financial Fair Play (FPP).

Receita comercial

A receita envolvendo tudo o que é baseado na “Marca Chelsea” (menos direitos de televisão e venda de jogadores) totalizaram £122.000.000 (cento e vinte e dois milhões de libras). Como resultado, este valor é 8% (oito por cento) maior que a receita do ano passado, que foi de £113.000.000 (cento e treze milhões de libras).

Receita televisivas

Acima de tudo as receitas televisivas também tiveram um leve aumento frente a temporada anterior.  Neste quesito, o Chelsea recebeu £143.000.000 (cento e quarenta e três milhões de libras) frente os £136.000.000 (cento e trinta e seis milhões de libras) da temporada 2016-2017.

Receita referente a Premier League

Pela razão do resultado do último campeonato (ficamos em 5o. lugar com 21 vitórias, 7 empates e 10 derrotas), as receitas neste quesito tiveram um déficit de £1.000.000 (um milhões de libras). De £71.000.000 (setenta e um milhão de libras) da temporada do título, o repasse foi de £70.000.000 (setenta milhões de libras).

Gastos com salários

Como resultado de uma constante (os salários de toda equipe, jogadores emprestados, comissão técnica e administrativa) ficaram em £225.000.000 (duzentos e vinte e cinco milhões de libras). Em contraste frente aos £217.000.000 (duzentos e dezessete milhões de libras), da temporada passada (2016-2017).  Temporada essa, acima de tudo, do título da Premier League.

Quadro comparativo

Do mesmo modo o Chelsea vem aumentando exponencialmente sua receita. Enquanto muitos destes valores tem a ver com a “Marca Chelsea”, espalhada pelo mundo. Finalmente analise o quadro comparativo abaixo, para melhor compreensão:

Temporadas:

2012-2013 – £255.8

2013-2014 – £319.8 Aumento de 25,01%

2014-2015 – £320.5Aumento de 0,21%

2015-2016 – £314.3Decréscimo de 2%

2016-2017 – £319.5Aumento de 1,65%

2017-2018 – £335.0 – Aumento de 4,8%

#GoBlues

As palavras neste texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

A gente sabe que você também tem o sangue azul. Apoie o Chelsea Brasil e ajude a escrever a nossa história! Link direto para a campanha: https://goo.gl/6AAUzD.

Apoie o Chelsea Brasil

Category: Opinião

Tags:

Article by: Dalton Gerth

Torcedor do Chelsea desde a época em que Vialli era técnico E jogador, advogado e estudante de licenciatura em Matemática.