Quem não faz, leva. Até hoje?

O ano é 2018. O atual campeão da Premier League não atravessa boa fase, mas vence parcialmente o rival West Ham por 1 a 0. Para o Chelsea, o jogo vale a aproximação com os quatro melhores colocados do campeonato, e a chance ir de à Champions League 2018/19. Aos Hammers, estava em campo a luta contra o risco de rebaixamento.

Sem muito glamour, os Blues venciam. Em mais de uma hora de futebol, foram várias chances de gol jogadas no lixo. Hazard fominha. Willian sem a pontaria afiada. Morata muito participativo, mas pouco decisivo. Pedro entrou em campo para finalizar pra fora. Giroud batalhou mas não teve tempo para ajudar. Conte? Nunca o culpei, não o faria agora.

E assim o Chelsea martelava, minuto após minuto, a defesa do West Ham, que resistia com méritos de Joe Hart – ele mesmo, de olho na Copa do Mundo. Aos 70′, Chicharito em campo. Aos 73′, gol de Chicharito. Fim de jogo: Chelsea, virtualmente fora da próxima Champions, 1; West Ham, virtualmente sem perigo de rebaixamento, 1.

As palavras contidas nessa reportagem condizem à opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil

Lucas Sanches

Eterno projeto de jornalista. Apaixonado por futebol e viúvo do Fernando Torres. Hazard é o melhor jogador do mundo. Twitter: sanches_07