Profissionais oscilando e sub-18 dominando

Profissional

O Chelsea comemorou 113 anos com vitória contra o Crystal Palace, atuando no Stamford Bridge. Um jogo em que Willian brilhou, mais uma vez, e foi considerado como o melhor homem em jogo. São 13 gols do brasileiro na temporada, o melhor índice de Willian dentre as suas temporadas como profissional. Além dos três pontos, a vitória ameniza os ferimentos causados pelas derrotas seguidas para os times de Manchester.

Eu disse ameniza, não disse que cicatriza as feridas causadas pelas derrotas. O jogo contra o Crystal Palace serve para dar confiança, mas não pode ser um parâmetro para o Barcelona. Se o Chelsea conseguisse quatro pontos nos embates contra os times de Manchester e a vitória contra o Palace, as coisas seriam muito diferentes. A sensação de “yes, we can” seria evidente. Pois bem, não foi desta forma, longe disso.

Convenhamos que estava muito difícil de não pensar no Barcelona, e o momento tão aguardado chegou. Para o Chelsea, as verdadeiras missões são o G4 da Premier League e ver até onde poderemos ir na UEFA Champions League. A classificação frente ao clube catalão seria um enorme presente para o Blues, que passa por oscilações e problemas quanto ao desempenho nas competições.

Lembrando que o gol do Crystal Palace foi marcado por Patrick Van Aanholt, ex-jogador do Blues. O holandês chegou ao Chelsea Sub-18 na temporada 07/08, “subiu” para o profissional na temporada 09/10 e, a partir de então, uma série de empréstimos do atleta foi feita. Coventry City (09/10), Newcastle (09/10), Leicester (10/11), Wigan Atlhetic (11/12), Vitesse (11/12) e a venda para o Sunderland em 14/15.

Sub-18

Felicitações ao time sub-18 que venceu, fora de casa, o Brighton sub-18 por 4 a 1. O destaque Charlie Brown abriu o placar aos 24 minutos. Três minutos depois, Billy Gilmour ampliou em penalidade máxima e, logo em sequência, George McEachran fez o terceiro. No segundo tempo, Clinton Mola fez o quarto do time de Stamford Bridge. O Brighton descontou aos 46 da etapa complementar com Danny Cashman. Nesta partida, a superioridade da equipe londrina ficou evidente na quantidade de chutes: 21 tentativas contra 10 dos mandantes.

Com essa vitória, o Chelsea soma 15 em 18 embates. O melhor time do campeonato e o melhor time da Divisão Norte com 47 pontos. O segundo colocado da Divisão é o Arsenal, com 35 pontos.

As palavras contidas nessa reportagem condizem à opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil

João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.