Polêmica para uns, oportunidade para outros

Um dos grandes medalhões do atual elenco do Chelsea, David Luiz parece viver dias de Diego Costa. Fora até mesmo do banco de reservas na partida contra o Manchester United, o zagueiro foi alvo de críticas de Antonio Conte. O italiano foi perguntado sobre a situação do seu atleta, e afirmou que “David precisa se esforçar muito, ou estará no banco e até fora dele”.

Enquanto Conte e David Luiz se estranham, a defesa azul ganha mais uma grata surpresa. Depois da consolidação de Azpilicueta e o sucesso do próprio David, o crescimento de Christensen é motivo de alegria em Stamford Bridge. Aos 21 anos, o dinamarquês é atleta do Chelsea desde 2014, mas foi mais um dos muitos jovens emprestados nos últimos anos.

Seria o fim de uma relação de confiança? (Foto: Getty Images)

Acionado novamente, Christensen surpreende e convence. A questão não é o insucesso de David Luiz – o brasileiro até vive boa fase – mas o bom momento do dinamarquês . Ele se mostra mais um nome do processo de renovação do elenco, e já fez 12 jogos na temporada. Já podemos afirmar que está no topo da lista de opções para o setor – isso para não dizer que já é hora de colocá-lo nos 11 iniciais.

O melhor dos cenários diria que David Luiz não será o próximo Diego Costa. O brasileiro é peça fundamental no elenco dos Blues, dentro e fora de campo. Mas pensando em elenco, é de extrema importância ver nomes jovens fazendo tamanho sucesso num time recheado de estrelas.

As palavras neste texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Category: Opinião

Tags:

Article by: Lucas Sanches