Diego Costa ainda não rendeu o esperado na temporada (Foto: The Telegraph)

Opinião: De volta aos caminhos da vitória

Willian vem sendo a salvação na atual temporada (Foto: The Guardian)
Willian vem sendo o destaque na atual temporada (Foto: The Guardian)

Olá, amigos! A temporada vem sendo sofrida para nós, torcedores dos Blues. O time não anima, perdeu mais que ganhou e as vitórias que vieram foram no sufoco e sem brilho. Motivos para tal existem aos vários e não é o objetivo deste texto trabalhar isso.

Na última quarta-feira, conseguimos uma vitória muito importante, pois além de não piorar nossa situação no grupo (anos atrás com um grupo desse e nessa altura do campeonato já estávamos classificados, mas quando a fase não tá boa nem na liderança estamos) aliviou um pouco a tensão que cercava Stamford Bridge.

Diante dos péssimos resultados e de várias especulações acerca do ambiente do vestiário dos Blues, a imprensa internacional começou a articular a queda de José Mourinho. No entanto, algo aconteceu que nenhum jornalista sensacionalista inglês previa: a idolatria da torcida pelo treinador português.

Não é novidade o amor declarado da torcida do Chelsea ao Special One, mas ninguém (imprensa) imaginava que mesmo diante da pior fase do time na Era Abramovic a torcida estaria ao lado do treinador, pois em anos anteriores, a mesma e o russo dono do time mostraram ter pouca paciência diante dos fracassos do time.

Esperando que o time finalmente busque uma arrancada na temporada, o jogo de quarta foi um bom começo. Nossa defesa titular na partida mostrou ser a mais ideal para o momento, exceto quando Thibaut Cortouis voltar de lesão e assumir nosso gol. Asmir Begovic é um bom goleiro e vem fazendo uma até agora uma temporada boa, mas o arqueiro sérvio não é páreo para o belga.

No miolo de zaga, Kurt Zouma e John Terry são disparados nossas melhores referências. Que Gary Cahill continue no banco e só jogue em partidas menos decisivas. Nas laterais, finalmente Mourinho deu mais uma chance ao jovem Baba Rahman e o mesmo mostrou serviço. Com César Azpilicueta e Baba Rahman temos um lateral mais sólido na defesa e outro mais ofensivo, coisa que antes não tínhamos. Chega de improvisar Ivanovic ou Zouma.

O meio campo, a meu ver, é o nosso calcanhar de Aquiles na temporada. Césc Fábregas, Eden Hazard e Oscar (fez ótima partida na quarta) estão até agora fazendo uma parte da temporada muito abaixo do que produziram na passada e são um dos motivos pela fase ruim do time. Na hora que tivemos esse trio de volta a boa forma, com certeza iremos deslanchar. Não preciso tecer mais elogios ao nosso grande expoente até agora: William.

Outro ponto decepcionante é as atuações de Diego Costa. O atacante espanhol, em minha opinião, está fora de forma (ou com alguma lesão, não sei) e vem colaborando com quais nada no ataque. Sem arranque, sem potência nos chutes e mais uma vez causando polêmicas dentro de campo, está na hora de José Mourinho dar um voto de confiança a Loic Rémy e colocar o atacante espanhol para treinar mais e recuperar a boa forma.

Diego Costa ainda não rendeu o esperado na temporada (Foto: The Telegraph)
Diego Costa ainda não rendeu o esperado na temporada (Foto: The Telegraph)

Nossa sequência de jogos até o final do mês é favorável e podemos enfim deslanchar na temporada, mas isso só vai depender de como nosso treinador vai armar e animar nosso time. Voto de confiança da torcida e da diretoria ele tem (não sei de todos os jogadores), resta ao português voltar a ser o Special One de outros anos e nos levar de volta aos caminhos da vitória.

As palavras contidas nessa reportagem condizem à opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Compartilhe

Comments

Category: Opinião

Tags: