Dez dias e uma vitória para fomentar a confiança no título

O fim de semana foi reservado para os jogos de Copa na Inglaterra. A Premier League só volta no sábado 14, já que ainda haverá partidas de mata-mata nos próximos dias. Para o Chelsea, este pode ser um momento-chave na tentativa de evitar uma decrescente na temporada.

Os Blues foram superados pelo Tottenham na última quarta-feira, fora de casa, encerrando uma sequência de 13 vitórias. O resultado também diminuiu em um ponto a distância para o vice-líder Liverpool. Agora são cinco: 49 a 44.

É bem verdade que, no mundo ideal, o interessante seria entrar em campo pela Liga o quanto antes, para dar uma boa resposta aos concorrentes com uma vitória imediata de recuperação. Mas, isso não será possível pelo calendário. Então, o jeito é esperar e se preparar para ser impecável no compromisso seguinte.

Neste cenário, existe um espaço de dez dias separando o revés no clássico do duelo diante do Leicester, o desafiador da vez dos líderes do campeonato. No meio do caminho, uma vitória sobre o Peterborough, em Stamford Bridge, alcançada no último domingo (8), por 4 a 1, que levou o clube rumo à fase 32 avos da FA Cup.

Pode parecer pouco e não passar de obrigação derrotar uma equipe da Divisão 3 do país. Porém, ainda que o adversário não empolgue, triunfos sempre ajudam a manter a confiança. Neste caso, Pedro, Batshuayi e Willian, que marcaram os gols, têm a oportunidade de adicionar um gás em suas respectivas fases.

Faltam cinco dias para a nova rodada, a 21ª. Só nos resta aguardar e evitar qualquer tipo de prognóstico negativo desesperado. Afinal, não há nada absurdo em perder uma vez numa série de 14 jogos. Ao técnico Conte e seus comandados, a melhor receita deve ser composta por conversas, treinos e autoestima em dia.

As palavras neste texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Category: Opinião

Tags:

Article by: Patrick Monteiro