110902723_tammy2rex-large_transxei15fauaeeo0gb33cfggivpwpiquhfeimpnf8_rlxe

Tammy Abraham merece nossa atenção

Não é novidade para ninguém o fato de que o Chelsea tem produzido bons jogadores em suas categorias de base nos últimos anos. O fato de que os mesmos recebem pouco espaço não muda esse panorama, no entanto, pode criar um distanciamento do torcedor com os jovens prospectos do clube, o que não deveria ocorrer. Emprestado ao Bristol City, Tammy Abraham é um daqueles atletas que, certamente, têm feito por merecer a atenção dos Blues, com performances consistentes e gols, muitos gols.

O 1,90m pode sugerir a presença de um centroavante desengonçado, daqueles que se valem mais de seu faro de gol do que propriamente de requisitos técnicos. Em parte isso é verdade no caso de Abraham. Em parte.

É claro que o inglês não é um tipo habituado aos dribles, mas também não é afeito às caneladas e lances dessa estirpe. Seus grandes predicados, todavia, são o excelente posicionamento da pequena área dos adversários, a facilidade para finalizar – independentemente da forma com a qual a bola se lhe oferece – e a rapidez para se deslocar em meio às marcações rivais.

Abraham tem brilhado no Bristol City
Abraham tem brilhado no Bristol City

Abraham é grandalhão, mas é veloz. Finaliza bem com o pé direito, de cabeça e sabe escorar bolas para seus companheiros que o acompanham, vindo de trás. Trata-se de um diamante bruto: só tem 19 anos e marcas impressionantes. Em 101 jogos pelos times Sub-18, 19 e 21 do Chelsea, anotou 72 tentos. A concorrência de Diego Costa, Michy Batshuayi, obviamente, diminui as oportunidades do garoto e, dessa vez, ao contrário do que tendo a acreditar, o empréstimo vem se mostrando ótima solução para o goleador.

Atuando pelo modesto Bristol City, atual 5º colocado na Championship, a segunda divisão do futebol inglês, Abraham vai vendo seu talento desabrochar no futebol profissional. O nível em que vem atuando está longe de ser baixo e seu desempenho é extremamente animador. Em 15 partidas pelos Robins, já balançou as redes 11 vezes; marca que também tem sido mantida em nível internacional.

Chamado pela primeira vez à Seleção Inglesa Sub-21 no início deste mês, balançou as redes duas vezes na partida contra a Bósnia Herzegovina e ganhou elogios do treinador Aidy Boothroyd:

“Tammy está provando seu valor na Championship. Ele é um típico jogador inglês jovem, que tem talento e recebeu oportunidade em um clube. Ele é um bom finalizador (…) Ele quer jogar cada minuto e não é só um goleador, mas um jogador de equipe, que se entrega pelo time (…) Não se sabe o que acontece no Chelsea e o que eles podem fazer. É essa oportunidade a única coisa que tem faltado”.

Membro da base do Chelsea desde os oito anos, Abraham é o perfeito exemplo de um atleta moldado pelos Blues e para os Blues. Três títulos da FA Youth Cup e dois da UEFA Youth League estão na sua estante e a estreia pelos profissionais do Chelsea já aconteceu. É claro que há outros garotos a serem observados em Stamford Bridge com carinho (atualmente na Seleção Inglesa Sub-21 há mais três atletas do Chelsea, Nathaniel Chalobah, Lewis Baker e Ruben Loftus-Cheek, além de John Swift, cria dos Blues que assinou em definitivo com o Reading), mas o atacante é um dos que mais tem feito por merecer a atenção do público.

Imprensa inglesa tem falado sobre seu futuro (Foto: The Telegraph)
Imprensa inglesa tem falado sobre seu futuro (Foto: The Telegraph)

Na Inglaterra, o progresso do jovem vem sendo tratado com seriedade. Do Telegraph veio a manchete: “Tammy Abraham precisa dar o passo certo para seguir Marcus Rashford ao topo”. O que seria o passo certo? Não é possível definir. Indiscutível, contudo, é o fato de que possível esquecimento do atleta pelo Chelsea será um desperdício. Por agora, o empréstimo tem suprido suas necessidades e sido visto com bons olhos.

Para seu treinador no Bristol City, Lee Johnson, Abraham “pode integrar o time do Chelsea agora, sem dúvidas”. Mantendo suas excelentes marcas, o garoto pode mesmo chegar em breve à Premier League, inclusive vestindo as cores dos Robins, que começaram bem a temporada atual. Por essas razões, vale a pena procurar saber o que vem fazendo o jovem atacante. Seu talento, gols e disposição para evoluir nos têm impedido de deixá-lo passar despercebido.

As palavras no texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Compartilhe

Comments

Category: Colunistas

Tags: