Terry pode voltar a jogar nesta quarta-feira (09)

John Terry alcançou a marca de 700 jogos com a camisa dos Blues na partida errada

A semana que passou foi uma das piores dos últimos anos em Stamford Bridge. Eliminação dupla, na UEFA Champions League e na FA Cup, para Paris Saint-Germain e Everton, respectivamente. Se a torcida ainda cultivava esperanças de que a temporada poderia acabar como 2011/12, quando o Chelsea abocanhou ambos canecos, agora já não mais.

Mas um fato passou batido por muita gente na eliminação de sábado contra o Everton. Jogando em Goodison Park, John Terry entrou como substituto, quase no fim do jogo para tentar jogar de centroavante e ser um herói improvável. Diferente do empate entre essas mesmas equipes por 3 a 3 na atual temporada, o capitão não conseguiu salvar o Chelsea.

Deixando isso de lado, o fato a qual me refiro é que o eterno camisa #26, completou 700 partidas como jogador dos Blues. Apenas Ron Harris (795) e Peter Bonetti (729) estão a frente de Terry na lista dos que mais atuaram no clube de Stamford Bridge.

Mas isso teve um lado negativo. Terry merecia um jogo melhor para atingir tal feito. O que se viu no Goodison Park foi um Chelsea sem vontade e sem capacidade de vencer o jogo. Totalmente diferente do que se viu nos 17 anos de profissional no clube.

Infelizmente, isso pode ser o real retrato de que ele deve mesmo deixar Stamford Bridge. Os próximos capítulos ainda devem ser escritos, mas eu queria muito que a 700ª partida de JT, a equipe apresentasse no mínimo o espírito que ele sempre teve.

*Vinícius Paráboa é o novo colunista do Chelsea Brasil às terças-feiras, substituindo Fellipe Arnold.

As palavras contidas nessa reportagem condizem à opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Compartilhe

Comments

Category: Colunistas

Tags: