Antonio-Conte

Contratação de Antonio Conte é o recomeço para o clube

A espera acabou. Na última segunda-feira (4), o Chelsea anunciou a contratação do técnico italiano Antonio Conte, que assinou contrato por três temporadas. Ele substituirá o interino Guus Hiddink a partir do próximo verão europeu, e já cria expectativas na torcida blue.

Mas o que podemos esperar de Conte já em 2016/17? O Chelsea brigará por títulos? Passará pela mesma situação que enfrentou no começo desta temporada? Na minha humilde opinião, nem um, nem outro.

O ex-treinador da Juventus foi o homem que começou a reconstruir o clube de Turim há algumas temporadas, levando a Vecchia Signora a ser o time respeitado que é hoje nas mãos de Massimiliano Allegri.

É bem verdade que logo em seu primeiro ano como treinador da Juve, levantou o caneco da Serie A italiana. Mas não se enganem. A Premier League é outro campeonato, e Conte pisará pela primeira vez fora da terra da bota. Ele ainda precisará se adaptar taticamente a uma liga intensa, como é a inglesa.

Para quem não conhece Conte, que treinará a seleção italiana até o fim da Eurocopa, ele gosta bastante de usar o esquema tático do 3-5-2, variando em algumas partidas para o 5-3-2. É um homem que gosta de cuidar bem da defesa antes de se preocupar com o ataque. Foi inclusive, com o 3-5-2, que ele conseguiu reinventar o futebol de Andrea Pirlo, que mesmo com a idade avançada, conseguiu render bem na Juventus.

Para completar este texto, é bom lembrar que Conte é chamado de “José Mourinho italiano” por causa de sua vontade de ganhar e também por ser alguém bem compulsivo por táticas em campo.

Creio eu, que a diretoria acertou na contratação dele. No entanto, teremos que ter paciência. Deixem-o trabalhar. Será um ano difícil, sem competições europeias para nós. Tudo que Conte precisa para reestruturar nosso querido Chelsea.

As palavras contidas nessa reportagem condizem à opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Compartilhe

Comments

Category: Colunistas

Tags: