Diego Costa marcou o segundo dos Blues em belo chute de fora da área (Foto: Reprodução Site Premier League)

As chances de conquista da Premier League são muito boas

Um ponto atrás de Manchester City, Arsenal e Liverpool, que dividem a liderança da Premier League com 23 tentos, o Chelsea de Antonio Conte é um dos principais favoritos ao título inglês. Se o início da temporada era de desconfiança, com o torcedor esperançoso apenas com uma vaga para a UEFA Champions League, com dez rodadas passadas, podemos sonhar com algo maior.

O novo esquema do treinador italiano, o 3-4-3, vem dando muito certo. Embora existam jogadores que não me agradam na escalação titular, não tenho o direito de criticar, tamanha são as boas atuações desta equipe.

Victor Moses é a maior surpresa do nosso elenco em 2016/17. O nigeriano vem cumprindo papel fundamental neste time que tornou-se sólido defensivamente e eficiente no ataque. De renegado por técnicos anteriores, Conte apostou nele, calando a boca de muitíssimos torcedores, inclusive a minha.

Fomos eliminados na Copa da Liga pelo West Ham, é verdade. Mas devemos lembrar que um time alternativo foi a campo, e quando algumas peças da equipe titular entraram, melhoramos. Há de se ressaltar tal fato.

Existem times extremamente qualificados nesta edição da Premier League. Além dos líderes, Tottenham e Everton são forças emergentes e precisam ser respeitados. O último inclusive, nosso próximo adversário. Romelu Lukaku está voando, e eu devo admitir que temo demais a famosa “lei do ex”, portanto atenção redobrada sobre ele.

Outro fator que me leva a acreditar que temos grandes chances em levantar a taça, é o nosso calendário. Dos times acima de nós na tabela, apenas o Liverpool não joga competições europeias. O desgaste pode ser fatal para Manchester City, Arsenal e Tottenham, embora o elenco comandado por Pep Guardiola seja bastante recheado.

Quer mais motivos para acreditar? Então lá vai mais um. A história sopra a favor quando italianos estão em Stamford Bridge. Gianluca Vialli, Claudio Ranieri, Carlo Ancelotti, Roberto Di Matteo… todos esses quatro marcaram época vestindo azul. Ranieri não conquistou títulos, mas teve extrema importância para a compra do clube por Roman Abramovich, por exemplo. Se seguir assim, Conte tem tudo para aumentar a lista de vitoriosos em Fulham Road.

Por fim, eu só gostaria de pedir que Diego Costa continue marcando gol atrás de gol, Kanté siga desarmando até os companheiros, Hazard driblando todo o time adversário. Aí eu terei 100% de certeza que estaremos comemorando outro caneco em maio de 2017.

As palavras neste texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Compartilhe

Comments

Category: Colunistas

Tags: