Osgood foi homenageado - 05/03/16

A Premier League acabou. Só nos resta sonhar com a Champions

O empate deste sábado praticamente enterrou as expectativas do Chelsea na Premier League. Sim, faltam nove jogos, mas dificilmente chegaremos ao quarto ou quinto lugar. Um eventual sexto lugar, e uma vaga na Liga Europa, seria agradável, mas, a julgar pelo futebol apresentado pelo trio City/United/West Ham, nem isso será possível.

Com esse novo cenário, a partida contra o Paris Saint-Germain na quarta-feira se torna uma das partidas da temporada. Claro, temos a FA Cup, que vem logo depois, no sábado. Ou seja, essa semana será A semana do Chelsea. Encerrar a temporada com um título doméstico como a FA Cup não seria mal – ainda iríamos para a Liga Europa.

Para o confronto da Champions, será preciso jogar mais e não recuar quando estiver com a vantagem (alô Hiddink). A seguir, enumero dez tópicos sobre o empate da Premier League e sobre o jogo do meio de semana.

1 – Courtois está fazendo uma temporada no mesmo nível que Petr Cech? Não. O belga é um bom goleiro e tem tudo para ser um dos melhores jogadores do mundo, porém, a temporada é fraca e o Chelsea sente falta de Cech.

2 – O Chelsea sente a ausência de Terry. Sim, a zaga composta por Cahill e Ivanovic até que está segurando as pontas, mas sem Azpilicueta no lado esquerdo, os Blues sofrem bastante. Kenedy vinha bem por lá, mas se machucou…

3 –  A dupla Mikel e Matic não dá. Com as duas torres em campo, o time simplesmente não tem saída de bola e perde muito na transição ofensiva. Esse é um erro que Hiddink voltou a cometer – acabou pagando o preço, com o empate.

4 – Falando em Hiddink, a covardia dele em alguns jogos fez o Chelsea perder pontos que farão falta. Hoje, por exemplo, era jogo para três pontos.

5 – Por outro lado, o interino tem dado espaço às promessas azuis. Kenedy, Baba, Traoré e até mesmo Loftus-Cheek têm aproveitado as chances dadas. Traoré, inclusive, brilhou na ausência de Diego Costa, mostrando que está pronto para ser o reserva imediato do hispano-brasileiro.

6 – Para quarta-feira, entraria, se possível, com Kenedy ou Terry no sistema defensivo. Baba Rahman pode até se tornar um bom jogador, mas, hoje, ele não está pronto.

7 –  Jogar com as duas torres não é uma opção válida. Por isso, escalaria Fàbregas e Mikel/Matic, para melhorar a produção e transição ofensiva. Entrar em campo com Matic e Mikel é enterrar as chances de vitória azul.

8 – O trio ofensivo tem que ser escalado pensando em aproveitar o lado direito do PSG, que é o lado mais fraco. Eu jogaria com Traoré, Willian e Hazard. Pedro está machucado, Oscar não vem fazendo uma boa temporada e, como eu falei, adiantar Fàbregas não levará a gente a lugar nenhum.

9 – Diego Costa é o cara da frente, sem nenhuma sombra de dúvidas. Duro é ter que apostar em Rémy, caso o Chelsea precise de mais gols…

10 – Com isso, chegamos a um consenso: Courtois; Ivanovic, Cahill, Terry (Kenedy), Azpilicueta; Fàbregas, Mikel (Matic), Traoré, Willian e Hazard; Diego Costa. Esse time deve classificar o Chelsea à próxima fase. Aposto em uma vitória, sem sustos, por 2 a 0.

C’MON Chelsea!

Sem explicação: A postura de Hazard em afirmar que está de “corpo e alma no Chelsea” chega a ser engraçada. Há duas semanas, ele praticamente cavou um lugar no PSG. Agora, ele faz o contrário?! Amigão, ou vai ou racha!

Em tempo: Loftus-Cheek pede passagem há um bom tempo, mas Hiddink não percebe… Pelo menos renovamos, por mais cinco anos, o contrato com a nossa joia.

Dica de amigo: A matéria de Murilo César sobre César Azpilicueta explica bem porque o espanhol é titular incontestável. Vida longa ao nosso Azpi!

Corneta da semana: As declarações de Terry em relação a sua possível saída do Chelsea dão a tônica do desespero do capitão. É inacreditável que a diretoria não dê uma renovação de contrato ao nosso camisa 26. Espero que essa posição mude. Acorda, Abramovich!

As palavras contidas nessa reportagem condizem à opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil

Compartilhe

Comments

Category: Colunistas

Tags: