Blog: Reforços prováveis para a temporada 2013/14

(Foto-montagem: Geisiane Carneiro / Chelsea Brasil)

(Foto-montagem: Geisiane Carneiro / Chelsea Brasil)

Segundo e penúltimo post da seqüência, onde conhecemos um pouco mais de alguns dos jogadores que são cogitados para o elenco do Chelsea na próxima temporada. O primeiro post destacou três jogadores que já estão confirmados para a próxima temporada, Schurrle, KdB e Lukaku. Neste vamos comentar sobre os jogadores que têm grande possibilidade de chegarem ao clube nos próximos dias.

Marco Van Ginkel

Tão provável que já está na fase de exames e assinatura de contrato. Passada esta fase, ele se junta aos últimos três do post anterior e também à Essien que está de volta. Marco é meia e atua na direita, mas pode jogar em qualquer parte do meio-campo, atualmente uma característica primordial para um futebol bem distribuído e ofensivo, onde o jogador não deve mais ficar só no seu quadrado, mas procurar a jogada, procurar os companheiros para articulação. Van Ginkel chega com essa característica, jogador com técnica, ajuda na marcação e no desarme e também na parte ofensiva, há quem diga que ele lembra nosso Super Frank em seu começo de carreira. Pode se tornar uma grande carta na manga de Mourinho.

Ameaçados: O grupo se vê com grande concorrência, o que é bom para nós. Mas no caso dos meias, talvez aconteça um revezamento ao invés dessa disputa por vaga e Marco atue realmente como um coringa.

Daniele De Rossi

É muito cotado para ser o sucessor de Totti no Roma, porém, tem recebido várias propostas de grandes equipes, entre elas o Chelsea. De Rossi é um jogador de garra que desarma e sabe começar jogadas com passes de qualidade. Esse jogador chegaria trazendo grande liderança e motivação dentro e fora de campo, talvez em uma das posições onde mais precisamos de reforços.

Ameaçados: Mikel, que já não é certeza absoluta, ficaria em segundo plano com um possível acerto entre Chelsea e Roma.

Edinson Cavani

O “homem gol” que tanta falta faz hoje nos Blues. Cavani tem uma incrível média de gols no Napoli e já esteve mais perto de Stamford Bridge. O sangue latino faz dele um jogador matador, com ótima finalização tanto no chute quanto na jogada aérea. Essa garra o faz auxiliar em todos os setores quando preciso, uma total entrega durante os jogos que será muito bem vinda o que o credencia a ser o substituto de Drogba, acabando assim com o tabu da camisa 9.

Ameaçados: Cavani viria para fazer o que Torres e Ba não fizeram, mesmo com a possibilidade de jogarem juntos, cabe ao uruguaio a missão de balançar as redes e dar trabalho aos goleiros.

As palavras contidas nessa reportagem condizem à opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Geisiane Carneiro