A pressão é nossa

A coluna será publicada às 8h no domingo (18/03). Algumas horas depois, o Chelsea Football Club atua contra o Leicester, em jogo válido pela Copa da Inglaterra. A competição que pode ser a salvação em termos de títulos na temporada. O adversário será o indigesto Leicester, equipe que não perde há quatro jogos: duas vitórias (Sheffield United, pela Copa, e West Bromwich) e dois empates (Stoke e Bournemouth, ambos em casa).

Há um outro modo de ver o adversário deste domingo. Dos últimos seis jogos no Campeonato Inglês, as Raposas venceram apenas uma partida. Derrota para o Everton (2-1), empate contra o Swansea (1-1), goleada sofrida contra o Manchester City (5-1), empate contra Stoke e Bornemouth (1-1 e 1-1) e a vitória contra o WBA (1-4).

São duas perspectivas para observar o adversário, mas só uma condição ao Chelsea. Vencer. Afinal de contas, o Chelsea está em uma temporada de oscilações e tranquilizar o torcedor, com a classificação, seria fundamental nesta reta final de Copa da Inglaterra. Já que fizemos o registro de embates do Leicester, vamos discorrer sobre os embates do time de Stamford Bridge. E convenhamos que não é muito empolgante.

Nove jogos. Três vitórias, um empate e cinco derrotas. Derrotas para Bournemouth (0-3), Watford (4-1), Manchester United (2-1), Manchester City (1-0) e Barcelona (3-0). Empate contra o próprio Barcelona (1-1) e vitórias contra West Bromwich (3-0), Hull City (4-0) e Crystal Palace (2-1).

O técnico do Leicester, Claude Puel, de forma inteligente, jogou a pressão para o Blues. “Sim, a pressão está com o Chelsea. É a última chance deles conquistarem um troféu”, afirmou o treinador. Durante a entrevista coletiva, o comandante ainda disse que: “Não é um jogo normal para nós também. Os atletas esperam por jogos como esse com desejo e sem pressão, pois o Chelsea é favorito. Mas temos bom atributos para causar problemas”, completou.

Sejamos francos, independentemente de atuar fora de seus domínios, a ordem para o Chelsea é bem simples: tem que vencer e convencer. #UpTheChels

E mais FA Cup: Lembrando todos vocês que tem Chelsea Ladies hoje. A equipe feminina de Stamford Bridge entra em campo neste domingo. O embate será pela fase de quartas de final da FA Cup, às 11h, contra o Liverpool. O jogo está marcado para o Valerie Park, estádio – acanhado e aconchegante – localizado na região de Merseyside. Todos os embates previstos para o domingo, no mesmo horário – 11h.

Arsenal Women x Charlton Athletic Women (Adiado – condições climáticas)

Durham Women x Everton Ladies (Adiado – condições climáticas)

Liverpool Ladies x Chelsea Ladies

Sunderland Ladies x Manchester City Women (Adiado – condições climáticas)

Premier League 2: O Chelsea perdeu para o Arsenal por 3 a 1 e se distanciou ainda mais dos líderes do Grupo 1. Kyle Scott marcou o gol no 14º minuto de jogo, mas a equipe de Stamford Bridge não conseguiu segurar o resultado e permitiu a virada ainda na etapa inicial. O Arsenal ainda ampliou na etapa complementar.

Classificação: Leicester 36, Arsenal 35, Liverpool 33, Swansea 31, Everton 29, Chelsea 26, West Ham 25, Manchester City 23, Derby County 21, Tottenham 20, Sunderland 19 e Manchester United 15

Obs: Lembrando que os dois últimos são despromovidos e jogam na Premier League 2 / Division 2.

West London derby (sem Chelsea): Acompanhei Fulham 2×2 Queens Park Rangers, embate válido pela Segunda Divisão Inglesa, que contou com um velho personagem do Chelsea como protagonista da partida. Lucas Piazon (aquele mesmo) marcou o segundo gol do time do Craven Cottage. O Transfermarkt relembra que o brasileiro pertence ao Chelsea ainda. O empréstimo junto ao Fulham encerra no dia 31 do mês de maio, data de retorno ao Stamford Bridge.

Obs 2: A distância entre o Craven Cottage e Stamford Bridge é de 40 minutos de caminhada. Caso o atleta queira, ele pode retornar aos Blues na caminhada mesmo. Bem pertinho mesmo.

As palavras contidas nessa reportagem condizem à opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil

Category: Opinião

Tags:

Article by: João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.