A maldição da camisa 9

Antes do início da nova temporada da Premier League, nosso centro-avante Álvaro Morata, resolveu mudar o número da camisa.  Ao invés de utilizar o número que é associado ao centro-avante (9), resolveu utilizar a de número 29.

Porém, no dia 27 de março de 2014 (mais de quatro anos atrás), fiz um artigo com hipóteses de atacantes que poderiam utilizar a camisa de número 9 do Chelsea. Hoje, complemento este artigo dizendo que existe alguma maldição da camisa de número 9 utilizada no maior de Londres. E isto, pode ser visto nos fatos abaixo.

Jimmy Floyd Hasselbaink

A última temporada em que tivemos um artilheiro na Premier League, utilizando a camisa de número 9, foi na temporada 2000-2001, quando Hasselbaink fez 23 gols.  Na próxima temporada, marcou os mesmos 23 gols, mas não levamos. Em sua última temporada utilizando a camisa 9 (2003-2004), não ficou nem entre os 10 maiores artilheiros da Premier League.

Mateja Kezman

O atacante da Sérvia (ex-Iuguslávia), foi contratado em substituição a Hasselbaink (que foi para o Middlesbrough).  Em sua única temporada (2004-2005), jogou 25 jogos fazendo míseros 4 gols.  Mesmo não causando nenhum impacto, Kezman declarou a antiga SkySports todo o seu carinho para o Chelsea:

“O Chelsea foi a melhor coisa na minha carreira. Esse foi o clímax da minha carreira. “Viver e tocar em Londres foi algo que nunca esquecerei. Não sei se cometi um erro porque me mudei tão rápido. Talvez o faça e talvez não me arrependa, mas sempre acredito nas minhas decisões, mas a transferência para o Chelsea fez meus sonhos se tornarem realidade, foi a melhor coisa que já aconteceu comigo, talvez eu pudesse conseguir mais e ter mais sucesso em Stamford Bridge, mas não me arrependo de nada”.

Hernán Crespo

Provavelmente pela péssima temporada de Kezman, assinamos com o artilheiro italiano Hernán Crespo, que, do mesmo modo, também disputou apenas uma única temporada com a camisa de número 9, marcando apenas 10 gols em 30 jogos (2005-2006), retornando para a Itália, por empréstimo.

Khalid Boulahrouz

Como não havia ninguém para “pegar” a camisa de número 9, o zagueiro-central Khalid Boulahuruz, disputou o campeonato 2006-2007, com 13 aparições, não balançando as redes em nenhuma oportunidade.  De qualquer forma, fizemos o artilheiro da Premier League com Didier Drogba, com 20 gols que usava a camisa de número

Steve Sidwell

Consequentemente a camisa não ter sido usada por um atancante na temporada anterior, , Steve Sidwell, meio-de-campo central, disputou 15 jogos, não marcando nenhum gol.

Franco Di Santo

Adquirido em Temporada 2007-2008, frente ao Audax Italiano do Chile, o jovem e promissor Franco Di Santo, disputou as duas temporada (2008-2009 e 2009-2010), com o “manto da camisa 9”.  Com ela, entrou em 30 jogos na Premier League, marcando apenas 1 gol.  Pelo menos, nas duas temporadas fizemos os dois artilheiros: 2008-2009: Nicholas Anelka (usando a camisa 39) com 19 gols, 2009-2010: Didier Drogba (com a eterna camisa 11) com 29 gols

A era Fernando “El Niño” Torres

Finalmente chegamos ao jogador que mais utilizou a camisa de número 9.  Porém, somando suas quatro temporadas Fernando Torres disputou um total de 133 jogos, fazendo apenas 29 gols.  Uma média de 0,21 gol por jogo.  O número total de gols que ele na Premier League pelo Chelsea, Didier Drogba fez em apenas uma temporada (2009-2010)

Temporada 2014-2015

Mais digno de nota é a temporada 2014-2015 que ninguém (isto mesmo, ninguém), desejou utilizar a camisa 9 do Chelsea!

Radamel Falcão Garcia

Para a temporada 2015-2016 Falcão Garcia, que havia tido uma passagem pífia pelo Manchester United (26 jogos e apenas 4 gols), utilizou novamente a camisa 9, como resultado 10 jogos e apenas um único golzinho.

Temporada 2016-2017

Da mesma forma que a temporada 2014-2015, a temporada 2014-2015, a Camisa 9 foi deixada de lado, ninguém querendo utilizá-la!

Álvaro Morata

Álvaro Morata chegou em substituição a Diego Costa, que, usando a camisa de número 19, em 89 jogos fez incríveis 52 gols.  Pela razão de utilizar a de número 9, nosso atual centro-avante, disputou 31 jogos, marcando apenas 11 gols.

E você, torcedor do Blues, dando um desconto para Álvaro Morata na vitória de 3×0 contra o Huddersfield Town, acredita que ele irá “vingar”, depois de ter usado a camisa de número 9?

#GoBlues

As palavras neste texto condizem com a opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

A gente sabe que você também tem o sangue azul. Apoie o Chelsea Brasil e ajude a escrever a nossa história! Link direto para a campanha: https://goo.gl/6AAUzD.

Apoie o Chelsea Brasil

Dalton Gerth

Torcedor do Chelsea desde a época em que Vialli era técnico E jogador, advogado e estudante de licenciatura em Matemática.