A FA Cup é o suficiente?

Para um torcedor do Chelsea, não deve ser difícil responder essa pergunta. Na última década, o clube se sagrou um dos mais vitoriosos times da Terra da Rainha, conquistando grandes títulos dentro e fora do país. UEFA Champions League, UEFA Europa League, incontáveis Premier Leagues, além da própria FA Cup, a competição de futebol mais antiga do mundo e de grande prestígio na Inglaterra.

No entanto, a pergunta carrega alguns pormenores e deve ser analisada com cuidado antes de ser respondida. É claro que, para um torcedor de um clube com tantos títulos expressivos nos últimos anos, uma Copa não deve satisfazer sua sede de conquistas. Mas o contexto é outro.

A FA Cup foi o último título que restou para Conte na temporada (Foto: Getty Images)

O Chelsea vem de um ano vitorioso. Mais uma conquista da Premier League e finalista da FA Cup. A temporada atual é de altos e baixos, com problemas dentro e fora de campo. Um calendário muito mais apertado e um elenco enxuto. Desde cedo, sabíamos que a temporada seria difícil e isso foi confirmado à medida que o tempo passava e aquele time campeão lampejava em campo.

A Premier League foi considerada perdida já há algum tempo, diante da temporada praticamente perfeita do City de Guardiola. O objetivo é se garantir na próxima edição da Champions League, que certamente não será uma tarefa fácil. Na Copa da Liga, eliminação para o Arsenal na semifinal.

Na Champions, entramos em um dos grupos mais difíceis da competição e nos classificamos sem grandes dificuldades. Nas oitavas, o Barcelona nos esperava e confirmou o leve favoritismo, já que os culés faziam grande temporada enquanto o Chelsea oscilava. Foram dois jogos em que os Blues jogaram bem, mas não conseguiram parar Lionel Messi e enfrentaram mais uma eliminação precoce.

Entre os grandes nomes dos jogos, Messi levou a melhor (Foto: Chelsea FC)

Não sobrou muita coisa para o Chelsea. O time está vivo na FA Cup e segue na briga para terminar o campeonato inglês entre os quatro primeiros. Não tem sido uma boa temporada, de fato. Mas como disse antes, os Blues vieram de um ano vitorioso e por mais que todos esperassem mais do time de Conte, o título da FA Cup (caso se concretize), será uma alívio para o torcedor.

O Chelsea não é o Arsenal. O time não pode se contentar com uma ou outra FA Cup. Diante de uma temporada tão inconsistente, um título de Copa vem para dar uma pequena alegria ao final de tudo, e que para essa temporada será suficiente. Para a próxima, não.

As palavras contidas nessa reportagem condizem à opinião do autor, não tendo qualquer relação com o Chelsea Brasil.

Túlio Henrique