3728BF4300000578-3741196-Belgium_international_goalkeeper_Courtois_catches_the_ball_in_tr-a-4_1471256425427

Thibaut Courtois quer ficar no Chelsea?

Inicialmente, ele não queria vir para o Chelsea, mas foi obrigado por força de contrato. Desbancou ninguém menos que Petr Cech na campanha do título inglês. Tem uma vida de certa forma polêmica fora dos campos, mas que raramente interfere em seu trabalho. E ainda se envolve em especulações de transferência ano após ano. Thibaut Courtois já é um “medalhão” no Chelsea, mas ainda precisa dar algumas certezas aos torcedores.

O goleiro belga foi contratado em 2011, porém passou três anos emprestado ao Atletico de Madrid. Neste período, se consolidou como grande promessa do futebol mundial, retornando aos Blues em 2014, um pouco contrariado.

Duas temporadas se passaram, e Courtois é a referência no gol do Chelsea. Agora, mais uma vez, seu nome entra em especulações de transferências para rivais europeus – a bola da vez é o Real Madrid. Neste verão europeu, uma entrevista concedida na Bélgica deu a entender que o arqueiro desejava sair, mas ele confirmou que tudo se tratava de um mal entendido na tradução francês-inglês.

Courtois em ação na pré-temporada
Courtois em ação na pré-temporada

Nesse contexto, surge uma reflexão interessante: Courtois já se provou um bom goleiro, mas nem sempre parece estar feliz em Stamford Bridge.

“Estou feliz no Chelsea e quero ficar. Vou tentar provar a cada jogo que sou um dos melhores goleiros do mundo” – afirmou o belga ao Evening Standard.

“Sei que não tivemos uma boa temporada, mas disse coisas na Bélgica que foram mal interpretadas na Inglaterra, criando um clima ruim com o Chelsea e os torcedores.”

“Mostrei minha qualidade na pré-temporada e quero continuar fazendo isso. A Eurocopa mostrou que sou um dos melhores e quero manter isso.”

“Meu objetivo é voltar aos dias de vitória junto com o time, e mostrar também que o Chelsea é um dos grandes clubes do mundo.”

Com essas palavras, Courtois parece ter acertado seu rumo. Não é uma garantia, mas o jovem de 24 anos ainda tem uma missão a cumprir em Londres. Não digo que ele é uma incógnita, muito menos que ele tem a obrigação de ser o novo Cech. Só falta um pouco de amor à camisa e pés no chão, quem sabe.

Compartilhe

Comments

Category: Mercado de Transferências

Tags: