Petr Cech deve permanecer em Stamford Bridge

por Sky Sports

Petr Cech não será negociado (Foto: Sky Sports)

O treinador do Chelsea, José Mourinho, está planejando trabalhar com Petr Cech e Thibaut Courtois em 2014/15, ou seja, o primeiro não será vendido.

Havia especulações de que Cech poderia sair do clube londrino nesta janela de transferências devido ao retorno de Courtois, sendo este uma possível primeira escolha de Mourinho para defender a meta do Chelsea. Após o jogador belga passar os três últimos anos defendendo o Atlético de Madrid, a comissão técnica do Chelsea sente que o jogador de 22 anos está pronto para assumir o posto de camisa número um.

Isto poderia fazer com que Cech, após dez anos em Stamford Bridge, jogasse em outro lugar.

Com 32 anos de idade e próximo de atingir o marco de 500 partidas no Chelsea em seu currículo, é improvável que Cech se contente em ser a segunda opção para defender as traves dos Blues.

Mourinho, no entanto, diz querer ter dois goleiros de elite em seu elenco e não tem intenção de negociar nenhum dos seus jogadores da posição.

Após empate contra a equipe do RZ Pellets na quarta-feira, Mourinho declarou: “A minha situação para a temporada é fantástica”. Ter conosco Cech e Courtois significa que temos o melhor goleiro jovem do mundo e um dos três ou cinco principais goleiros experientes. Para mim e para o Chelsea, é perfeito. Talvez um deles não seja feliz, mas os torcedores do Chelsea serão felizes e eles são mais importantes do que os jogadores. É claro, a janela é a janela [de transferência], mas eu estou bastante feliz com a situação. Se não temos bons jogadores, temos dificuldades. Sou pago para tomar decisões e estou muito feliz com a minha situação”.

Chelsea não deve mais contratar nesta janela de transferências

A atual janela de referências ferveu a todo vapor para os lados de Stamford Bridge. Jogadores de grande relevância foram contratados como: Cesc Fabregas, Felipe Luís, Diego Costa, Mario Pasalic e o retorno de Thibaut Courtois. Em contrapartida, houveram as saídas de: David Luiz, Ashley Cole, Samuel Eto’o, Demba Ba e Frank Lampard.

Apesar de existirem especulações que inserem o nome do Chelsea no mercado, o treinador dos Blues insiste que está feliz com o elenco que tem a sua disposição.

O meu clube fez um trabalho fantástico e não apenas por causa de quem nós compramos. Um trabalho fantástico porque nós fizemos isso quase em tempo recorde“, disse ele.

Nós tínhamos os alvos, o clube correu atrás deles já de início e conseguimos o que queríamos”.

Perguntado se um grande jogador não faria José Mourinho gastar novamente, ele respondeu:

Eu não penso assim”, acrescentou. “O mercado está aberto, mas estamos felizes com o que temos. Sentimos que nosso elenco é o que queremos”.

“Nós não queremos um elenco apenas com atletas prontos, também queremos trazer para o time três, quatro ou cinco sub-21s e desenvolver estes jogadores. Então, estamos felizes com o equilíbrio que temos”.

Walysson Gomes Pereira