36DBDA5D00000578-3722976-image-m-44_1470294130338

Oscar: vai ou racha?

Foram quatro anos, 192 jogos e 39 gols. Desde a sua contratação, em 2012, Oscar parece ainda não ter convencido como poderia e deveria. Nas primeiras partidas, dois golaços em cima da tradicional Juventus e agradáveis surpresas dentro de campo. Com o tempo, o promissor meia foi se tornando mais um no elenco.

Nas últimas janelas de transferência, o brasileiro foi especulado em vários clubes, quase todos do futebol italiano. Seus flashes de talento dentro da temporada já esgotaram a paciência de muitos, e outros mais pensam ainda que o tempo de Oscar no Chelsea acabou. Então fica a pergunta: e aí, Oscar, vai ou racha?

A atual pré-temporada pode ser o ponto final dessa história, pelo menos até janeiro. Juventus e Internazionale demonstraram interesse no futebol do meia, mas o treinador Antonio Conte ainda não deve liberá-lo. Autor de dois gols na vitória contra o Milan, a dúvida voltou aos pensamentos de muitos analistas mundo afora.

“Oscar é um jogador importante para o Chelsea, e foi fantástico na temporada em que ganharam o título” – comentou o treinador italiano ao Daily Mail. “Na temporada passada, todos foram mal, não só ele.”

“Ele é um grande jogador com grandes talentos, tem tudo para melhorar cada vez mais. Tenho visto muita atitude e vontade neste tour, o que pode me ajudar nas decisões finais.”

“A partida contra o Milan me disse muito sobre os jogadores que ficam e os que serão vendidos ou emprestados. Minhas ideias estão mais claras do que antes.”

Oscar comemora com Cahill em vitória na International Champions Cup (Foto: Getty Images)
Oscar comemora com Cahill em vitória na International Champions Cup (Foto: Getty Images)

O Chelsea agora volta para a Europa, onde enfrenta o Werder Bremen e encerra sua pré-temporada. O elenco conta com 30 jogadores de linha e quatro goleiros. Está chegando a hora de fechar o grupo, e nomes ainda podem tanto chegar como sair. Cuadrado, Oscar e Remy são grandes cotados a deixar o clube – o último seria moeda de troca na chegada de Romelu Lukaku.

Se, em quatro anos, Oscar ainda está no Chelsea, algo de bom ele fez. Se ainda faz parte dos planos de todos os diferentes treinadores, é porque tem uma importância ao clube. Porém, passou da hora de ter resultados mais palpáveis e mais reconhecimento também entre os torcedores. Agora é com você, Oscar, vai ou racha?

Compartilhe

Comments

Category: Mercado de Transferências

Tags: