Michy_Batshuayi-large_trans++qVzuuqpFlyLIwiB6NTmJwfSVWeZ_vEN7c6bHu2jJnT8

Michy Batshuayi: a aposta do Chelsea

Desde a noite desta terça-feira (28), a imprensa europeia vem dando como concreta a transferência de Michy Batshuayi do Olimpique de Marseille para o Chelsea por €40 milhões. Sua contratação pegou torcedores e a própria imprensa de surpresa por já ser um nome ventilado em outros clubes ingleses, mas como em uma corrida de carros, o Chelsea saiu de trás e veio para a liderança para contar com o atacante belga.

Em sua segunda temporada no futebol francês, Batshuayi marcou 17 gols e nove assistências. O atacante participou diretamente de mais da metade dos gols do Marseille no campeonato francês (48). Um número muito alto para 36 partidas disputadas do jovem de 22 anos. Apesar da temporada impressionante, Batshuayi ainda não é um grande conhecido do torcedor e por isso sua contratação é tratada com desconfiança e tida como uma aposta do Chelsea.

Marc Wilmots, treinador da seleção belga, conheceu muito bem o atacante na última temporada europeia e o convocou para a Eurocopa disputada na França. Com a janela de transferência prestes a abrir e os principais jogadores no torneio, o Chelsea tinha seu nome constantemente ligado a jogadores do torneio como possíveis alvos de transferência. Com as saídas de Radamel Falcao e Alexandre Pato, a vontade de se desfazer de Loic Remy e a incerteza de que Diego Costa continuará no Chelsea, o ataque seria um dos principais setores para se reforçar para o início da era Antonio Conte. Com isso, dois nomes surgiram com força: Romelu Lukaku e Alvaro Morata.

Batshuayi é uma surpresa para os torcedores, mas uma aposta do clube (Foto: AFP)
Batshuayi é uma surpresa para os torcedores, mas uma aposta barata do clube (Foto: AFP)

Lukaku vem provando a cada ano que o Chelsea errou ao se livrar do atacante sem ao menos lhe dar chances suficientes. Em três temporadas no Everton, sendo uma ainda emprestado, Lukaku marcou 43 gols só na Premier League. Em duas temporadas na Juventus, Morata mostrou ser um grande atacante nas partidas importantes. Foram 22 gols, sendo ele o responsável por eliminar o Real Madrid, seu ex-clube, na semi-final da Champions League em 2015, quando anotou o gol da classificação italiana em pleno Santiago Bernabéu. Na final contra o Barcelona, Morata anotou o único gol da equipe de Turim na derrota por 3 a 1.

Ambos tem histórias semelhantes: dispensados por seus clubes e consagrados por outros. Titulares da seleção belga e espanhola, respectivamente, o Chelsea era constantemente ligado em suas contratações, porém, um fator sempre espantava: o preço. Lukaku era especulado por £65 milhões para voltar ao Chelsea – mais do que o dobro de sua venda para o Everton em 2014 (£28m). Morata tinha seu passe ventilado nas cifras de £50 milhões, assim que o Real Madrid o comprasse de volta da Juventus por £23 milhões.

Aí entra Batshuayi na história. Mesmo que £33 milhões (ou €40 milhões) possa parecer uma alta quantia, o mercado do futebol hoje em dia está muito inflacionado. Chelsea paga por um jovem desconhecido e de potencial a metade que pagaria por outro jovem, só que um pouco mais famoso.

Assim que o Chelsea tornar oficial, os Blues dariam a volta em Crystal Palace, West Ham, Tottenham e Juventus ao anunciar a contratação por cinco anos de Batshuayi, que será o novo recorde de vendas para o Marseille, ultrapassando outra venda para o Chelsea em 2004, de Didier Drogba.

Compartilhe

Comments

Category: Mercado de Transferências

Tags: