Mais uma história que acaba na China

Após dias de especulações, o Chelsea confirmou, nesta sexta-feira (23), a venda do meia brasileiro Oscar para o Shanghai SIPG, da China. Os valores da negociação giram em torno de 60 milhões de libras, que fazem do jogador a quarta venda mais cara da história da Premier League.

O meia é mais um grande nome do futebol europeu que não resiste ao mercado chinês. Em seu novo clube, o brasileiro receberá 400 mil libras por semana, o que acumula cerca de 84 milhões de reais por ano. Em Shanghai, ele será comandado por um velho conhecido dos Blues, André Villas-Boas, além de ser companheiro dos brasileiros Hulk e Elkeson.

Brasileiro posou com a camisa do novo clube (Foto: Reprodução/Twitter)

Oscar tem 25 anos e chegou ao Chelsea em 2012. Os Blues pagaram 25 milhões de libras ao Internacional, e o jogador se apresentou logo após ganhar a medalha de prata nas Olimpíadas de Londres. Assim que chegou, assumiu a lendária camisa 11 de Didier Drogba, e empolgou a muitos no começo de sua história na Europa. Em um time recém campeão europeu, mas em processo de reconstrução, o brasileiro fez grandes atuações em sua temporada inicial, que culminou no título da UEFA Europa League.

Possivelmente, seu gol mais marcante, contra a Juventus, na UEFA Champions League 2012/13 (Foto: Getty Images)

As boas atuações do brasileiro se mantiveram, com menor regularidade, nas temporadas seguintes. A cada ano, a concorrência no meio campo do Chelsea aumentava. Mesmo assim, Oscar buscava seu espaço na equipe titular, e voltou a ser destaque – com belos gols e qualidade na bola parada – na conquista da Premier League 2014/15, sob o comando de José Mourinho.

Com a chegada de Antonio Conte, Oscar foi mais um que não se adaptou bem à nova realidade. Na atual temporada, foi titular em apenas seis partidas, e não marcou gols. A formação usada no meio campo não abriu muitas oportunidades ao brasileiro, e quando abriu, não foram aproveitadas como esperado.

Atual temporada não vinha sendo boa para o brasileiro

Dessa forma, Oscar deixa o Chelsea após 203 jogos, tendo marcado 38 gols. Venceu a UEFA Europa League 2012/13, a Copa da Liga Inglesa 2014/15 e a Premier League da mesma temporada. Muito querido pelos torcedores, ele deixou uma mensagem de despedida, valorizando o apoio recebido a agradecendo pelos quatro anos e meio de Chelsea:

Quero agradecer ao Chelsea Football Club, o proprietário e todos os funcionários que fizeram nesse tempo no clube ser tão especial. Um muito obrigado especialmente para os fãs do Chelsea por serem muito especiais e estou honrado por ter feito parte deste clube que ganhamos alguns títulos especiais juntos, a UEFA EUROPA LEAGUE, o LEAGUE CUP e, claro, PREMIER LEAGUE CHAMPIONS! ! Vocês sempre terão um lugar especial no meu coração ” – escreveu o brasileiro em seu Instagram.

Category: Mercado de Transferências

Tags:

Article by: Lucas Sanches