Chelsea teria oferecido contrato para a próxima temporada (Foto: Getty Images)

Lavezzi confirma que teve proposta do Chelsea antes de ir para China

O Chelsea foi ligado como interessado em Ezequiel Lavezzi por várias janelas de transferências antes de o argentino deixar o PSG e ser mais um a partir rumo ao futebol chinês. Contudo, o que não passava de especulações acabou sendo confirmado nesta segunda-feira (29/02), com o jogador afirmando que os Blues tiveram realmente um interesse legítimo em contar com seu futebol. Lavezzi disse ao Canal + francês que recusou uma transferência ao Chelsea, bem como também ao Manchester United, certamente motivado pelos valores financeiros astronômicos do futebol da China:

“Eu poderia ter assinado com a Inter (de Milão), Chelsea ou Manchester United, mas eu tomei a decisão de ir para a China. É uma escolha importante para a minha carreira e eu tenho certeza que vou enfrentar muitos desafios. Eu gosto do projeto de ajudar a desenvolver o clube. Foi isso que me convenceu a vir para Hebei China Fortune, bem como o aspecto financeiro. Eu também sou fascinado pela cultura chinesa, então jogar aqui será definitivamente um desafio interessante.”

Pelo que se apurou na imprensa inglesa, a oferta do Chelsea não era para uma transferência agora em janeiro, mas uma transferência gratuita no verão, já que o contrato com o PSG terminaria ao final da temporada. Além disso, dado o fato de que Lavezzi está agora na casa dos trinta anos, parece que a oferta era de um contrato a curto prazo, porém com um salário semanal bastante atraente. Contudo, esta possibilidade contra um contrato longo e infinitamente mais lucrativo na China pesaram na escolha do argentino.

A contratação de Lavezzi há alguns anos teria sido uma grande adição ao elenco, mas atualmente, com o jogador tendo seus melhores dias já no passado, sua contratação talvez não tivesse tanto impacto. Isso porque o elenco já tem algumas boas opções para o setor e a politica que o clube tenta implantar de utilização de jovens é mais interessante do que a contratação de um jogador de quase 31 anos.

Seu talento é inegável, mas não foi uma grande perda para o Chelsea não contar com o jogador. E realmente talvez seja mais interessante dar espaços aos garotos da base neste momento do que investir em um alto salário para um jogador com poucos anos a oferecer ao clube.

Compartilhe

Comments

Category: Mercado de Transferências

Tags: