MANCHESTER, ENGLAND - AUGUST 16:  Radamel Falcao of Chelsea during the Barclays Premier League match between Manchester City and Chelsea at the Etihad Stadium on August 16, 2015 in Manchester, England.  (Photo by Matthew Ashton - AMA/Getty Images)

Falcao foi recusado nos exames médicos do Atlético de Madrid; e sua contratação se torna ainda mais um vexame

O atacante Radamel Falcao García, que há poucos anos já chegou a ser considerado um dos mais letais do planeta, tem sido uma grande decepção na Inglaterra. Primeiro no Manchester United, onde passou uma temporada em baixa, com apenas três gols, e agora no Chelsea, onde foi às redes apenas uma vez e está desde o fim de outubro sem entrar em campo devido a lesões. A contratação levantou dúvidas quando foi cogitada nos Blues, mas o então treinador José Mourinho bancou Falcao acreditando que recuperaria o melhor futebol do El Tigre.

Contudo, como sabemos, Falcao tem sido um tremendo fracasso em todos os aspectos, tanto que ao montar o planejamento para o restante da temporada, nem pensamos no colombiano. Na verdade, muitos de nós até esquecemos que o atacante ainda compõe o elenco azul; e acredito que ninguém hoje imagina Falcao recuperando um nível aceitável de atuações até o final da temporada. Até mesmo a chegada de Alexandre Pato deixa claro que até mesmo o clube não acredita nisto.

Nos bastidores foi ouvido durante todo o mês de janeiro, principalmente, pois os boatos já havia surgido em novembro, que o Chelsea estaria tentando empurrar o atacante para outros clubes. Primeiro tentou devolver ao Monaco, que não o aceitou de volta, para não ter de bancar os altos salários de um jogador que não entraria em campo. Posteriormente o nome do atacante foi vinculado em outros times, como Valência e o Atlético de Madrid.

E ao que parece, a transferência de Falcao ao seu ex-clube, onde viveu seus melhores momentos na carreira, esteve perto de acontecer. E o motivo pelo qual não foi concretizada transforma o atacante em uma decepção ainda maior na Inglaterra. Diego Simeone teria se interessado em receber Falcao e, assim como Mourinho, acreditava que poderia recuperar o futebol do colombiano. Contudo, Falcao não passou nos exames médicos e teve de ficar em Londres. Segundo o Daily Mail, o centro avante chegou a fazer todos os exames mas teve a contratação vetada pelos médicos do clube espanhol.

Falcao falou à Chelse TV (Foto: Chelsea FC)
Falcao chegou para tentar recuperar o seu melhor futebol mas continuou a decepcionar, como no United (Foto: Chelsea FC)

Com isso, a situação fica não só difícil para o atacante, mas até mesmo constrangedora. Porque falhar nos exames médicos significa que ele não retornará à forma e à campo em nenhum momento breve, o que praticamente encerra a temporada e a passagem de Falcao na Inglaterra. Também significa que ele terá de ficar no Chelsea mesmo sabendo de todo o esforço que o clube fez para se livrar dele.

Publicamente Guus Hiddink fez até piada com a situação de Falcao na entrevista coletiva anterior à partida desta quarta (03/02) contra o Watford. Hiddink foi perguntado sobre lesões e riu ao descrever a ausência do atacante colombiano como “a mesma de sempre”. O treinador até tentou contornar a situação ao dizer que Falcao está “louco para recuperar a forma” e que conta com ele até o final da temporada. Mas a realidade é que depois de ser empurrado para fora do clube e depois acabar tendo de ficar, e depois de ser alvo até de piadas do atual treinador azul, a situação de Falcao no Chelsea, e na Inglaterra, que já era um vexame, passa a ser vexatória.

Uma pena para todos os lados, pois todos sabemos o quanto Falcao pode ser letal em forma. Entretanto, passados mais de oito meses de sua contratação, fica claro que as dúvidas quanto a sua chegada eram mais do que fundadas e que a aposta pessoal de Mourinho no atacante foi mais um dos erros do treinador nesta temporada.

E resta uma dúvida nisso tudo também: quando é que vai passar essa maldição da camisa 9 do Chelsea?

Compartilhe

Comments

Category: Mercado de Transferências

Tags: