Pellegrini seria principal alvo do Chelsea (Foto: Getty Images)

Experiência na Premier League pode ser decisiva para a possível chegada de Pellegrini ao Chelsea

O desejo principal do Chelsea para a próxima temporada era, sem dúvida, Pep Guardiola, sonho antigo do clube e de Roman Abramovich. O treinador chegou a ter até mesmo um acordo com os Blues para assumir o comando técnico em 2013/2014 mas voltou atrás após a demissão de Roberto Di Matteo, alegando que a instabilidade no clube não o satisfazia. Agora, o espanhol novamente recusou os Blues e acabou rumando ao Manchester City, clube que treinará por três temporadas a partir da próxima. Curiosamente ele foi anunciado mesmo com Manuel Pellegrini ainda tendo mais um ano em seu contrato. Situação no mínimo constrangedora para o treinador.

Porém, agora fica claro que, sem Guardiola, o Chelsea terá de buscar novas opções e Pellegrini, que estará sem clube, aparece com principal opção para o clube. Outros nomes como o de Jorge Sampaoli, que concorreu ao prêmio de melhor treinador do mundo pela FIFA, também são cogitados, mas pode ser que o atual treinador do City acabe sendo o escolhido pela diretoria dos Blues para comandar o time quando Guus sair, ao final da temporada. Segundo o Express, Pellegrini seria a primeira opção do Chelsea e fontes no Chile, país natal do treinador, garantem que os contatos até mesmo já teriam começado.

O estilo de jogo de Pellegrini é bem próximo do pretendido pela diretoria para o próximo ciclo: futebol de controle de jogo, troca de passes, movimentação e deslocamentos. Um futebol moderno, que é o pretendido pelo Chelsea já há um bom tempo. O estilo de Sampaoli também se encaixa nessas características e talvez seja até mais bonito e envolvente; contudo, a experiência -de sucesso, vale lembrar, de Manuel Pellegrini na Inglaterra pode ser determinante para que seu nome seja o mais provável para sentar no banco azul a partir de agosto.

O treinador em sua primeira temporada na Inglaterra levou o clube ao título da Premier League e da Copa da Liga. Em sua segunda temporada terminou em segundo na Premier League e acabou a temporada sem títulos. Mas não dá para negar que seu time sempre jogou um futebol bonito e envolvente.

O nome de Pellegrini pode não ser o mais vistoso e ideal para grande parte da torcida do Chelsea, principalmente a brasileira, mas, com seu padrão de jogo e com a experiência que ele já acumula no futebol inglês, pode ser mesmo que ele esteja, hoje, à frente de Jorge Sampaoli, que não tem experiência europeia, e Diego Simeone, que é visto como um treinador com futebol mais conservador do que o esperado para os próximos projetos do Chelsea. A dúvida que fica, entretanto, quanto ao nome de Pellegrini é a falta de sucesso em levar seus clubes às fases finais da Champions League.

Compartilhe

Comments

Category: Mercado de Transferências

Tags: