salah-move-finalised-.img

Com mercado inflacionado, Mohamed Salah sai do Chelsea dando lucro

Mohamed Salah passou a última temporada emprestado ao time italiano, e impressionou juntamente com o resto do time com o terceiro lugar alcançado. Salah foi contratado pelo Chelsea a partir do Basel , em janeiro de 2014, e fez sua estreia em um jogo em casa contra o Newcastle.

A aposta em Salah se sucedeu após uma boa aparição do jogador pelo time do Basel na Champions League 13/14. O jogador na época possuía pouco mais de 20 anos e aparentava ser uma boa aposta de futuro, ainda mais quando se considera o esquema 4-2-3-1 amplamente utilizado no Chelsea, onde jogadores com a sua função são muito requisitados.

Seu primeiro gol para os Blues veio em um memorável 6 a 0 sobre o Arsenal quando ele completou o placar, após belo passe de Nemanja Matic. O egípcio passou a segunda parte da campanha de 2014/15 emprestado a Fiorentina, e permaneceu na Itália com a Roma no ano seguinte.

O jogador não conseguiu se adaptar ao futebol inglês, o que mostra que talento não é o único requisito para se adequar a Premier League. Entretanto, conseguiu em um fraco campeonato italiano, demonstrar seu futebol e agradar dirigentes e torcedores romanos. Salah custou 11 milhões de libras aos cofres de Stamford Bridge, contudo acabou sendo vendido pelo valor de 16 milhões.

A venda do jogador entra para o hall de vendas que deram lucro para o Chelsea. Mesmo com a pré-temporada e a aceitabilidade de Antonio Conte com possíveis jogadores para o elenco, o ponta enfrentaria grande dificuldade para achar seu espaço no time, sendo provavelmente preterido nas escalações. A saída do jogador acabou sem favorável para ambas as partes, o jogador estará em um plantel onde terá mais oportunidades, e o Chelsea conseguiu lucrar com um jogador que poderia sair sem custo para outro clube.

Compartilhe

Comments

Category: Mercado de Transferências

Tags: