Chelsea lidera lista de investimentos na janela de transferências da Premier League

O time londrino acumulou a despesa de 212,6 milhões de Libras (1 bilhão e 537 milhões de reais) na janela de transferências

A Sky Sports publicou a lista dos clubes que mais investiram na janela de transferências, encerrada ontem (5) para clubes da Premier League. Lembrando que a janela de transferências na La Liga, Ligue 1, Bundesliga e Serie A também foi encerrada na segunda-feira. Na elite inglesa, o Chelsea foi a equipe que mais investiu com 226.1 milhões de Libras. Ou seja, aproximadamente 1 bilhão e 634 milhões de reais (1 Libra = 7.23 Reais).

Assim sendo, a equipe de Stamford Bridge contratou várias peças no mercado europeu. Edouard Mendy, Timo Werner, Xavier Mbuyamba, Ben Chilwell, Malang Sarr, Thiago Silva, Hakim Ziyech e Kai Havertz. Todos os mencionados são novos nomes do Chelsea para o atual calendário de jogos.

Por outro lado, o Chelsea oficializou na segunda-feira (5) as saídas de Ruben Loftus-Cheek e Tiemoue Bakayoko. Ambos foram emprestados para outros clubes. Primeiramente, Loftus-Cheek que continuará na Inglaterra e atuará no Fulham. Entretanto, Bakayoko vestirá o uniforme da Napoli, clube da elite italiana.

O ranking de compras

Chelsea: 226.1 milhões de Libras

  • A Sky frisou que Leeds e Brighton deram boas-vindas para 11 atletas com contratos permanentes. Por outro lado, o portal esportivo mencionou que Arsenal (nove), Sheffield United e Chelsea (ambos sete) também se destacaram na busca por novas peças.

Manchester City: 147 milhões de Libras
Aston Villa: 85 milhões de Libras
Leeds United: 84.5 milhões de Libras
Wolverhampton: 83.6 milhões de Libras
Liverpool: 81.7 milhões de Libras
Arsenal: 81.5 milhões de Libras
Everton: 65 milhões de Libras
Tottenham: 62 milhões de Libras
Manchester United: 54.4 milhões de Libras
Sheffield United: 53 milhões de Libras
Leicester City: 51.5 milhões de Libras
Newcastle: 35 milhões de Libras
Southampton: 34.9 milhões de Libras
West Bromwich: 27.3 milhões de Libras
Fulham: 23 milhões de Libras
West Ham: 20 milhões de Libras
Crystal Palace: 16 milhões de Libras
Brighton 13.4 milhões de Libras
Burnley: não realizou movimentações.

O ranking das vendas

Wolverhampton: 76 milhões de Libras
Manchester City: 70.5 milhões de Libras
Leicester: 51.7 milhões de Libras
Liverpool 33.5 milhões de Libras
West Ham: 29 milhões de Libras
Southampton: 21 milhões de Libras
Manchester United: 18 milhões de Libras
Arsenal: 17 milhões de Libras
Chelsea: 13.5 milhões de Libras

  • Além disso, o Chelsea emprestou 19 jogadores para ganhar experiência em outros lugares, segundo a Sky Sports. Em seguida, Brighton (13), Arsenal (11) e Manchester United (oito) apareceram na lista de empréstimos cedidos. Por outro lado, Aston Villa, Burnley, Fulham, Leeds, Newcastle e Sheffield não venderam atletas.

Tottenham: 12 milhões de Libras
Brighton: 10 milhões de Libras
Crystal Palace: 10 milhões de Libras
Everton: 2 milhões de Libras
West Bromwich: 1 milhão de Libras

Por fim, o Chelsea acumulou a despesa de 212,6 milhões de Libras (1 bilhão e 537 milhões de reais) na janela de transferências. Ou seja, £226.1 de investimentos e a subtração do £13.5 milhões de valores que entraram nos cofres londrinos.

Quem lucrou?

Apenas duas equipes da Premier League lucraram na janela de transferências encerrada na segunda-feira (5): West Ham e Leicester. Primeiramente, a equipe londrina embolsou nove milhões de Libras no período de negociações. Foram 29 milhões de Libras arrecadados em vendas e 20 milhões de Libras de novas admissões ao plantel de David Moyes. Por outro lado, o Leicester acumulou 150 mil libras durante as idas e vindas de atletas. As Raposas lucraram 51.7 milhões de Libras. Entretanto, o time de Brendan Rodgers investiu 51.5 milhões de Libras em transferências.

João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.