Morata se destacou atuando com a camisa da Juventus ( Foto: Getty Images )

Chelsea entra no briga com Real Madrid por Morata

O jogador da seleção espanhola recusou um movimento para a Premier League no verão de 2014 para se juntar a Juventus. Entretanto o jornal Espelho Desporto entende que agora o jogador está pronto para uma grande transferência na próxima janela.

Morata é um produto da base do Real Madrid e, como revelado na semana passada, os merengues vão comunicar à Juve que pretendem exercer o seu direito de cláusula de recompra. Florentino Perez inseriu uma cláusula de rescisão em torno de 25 milhões de libras, porém aceita vender imediatamente o jogador caso chegue uma proposta de 40 milhões de libras.

A chegada de Morata poderia movimentar bastantes peças do setor ofensivo do Chelsea. Dois que devem sair são Falcão e Remy. Falcão não deve continuar, sua passagem pelos leões de Londres foi desastrosa, e a equipe do Monaco já foi até noticiada sobre a volta do atacante. Remy, por mais que não tenha feito más partidas, não convenceu os dirigentes, além de ainda possuir mercado para se transferir.

 Pato é a maior incógnita de todas. O jogador, mesmo que não tenha recebido minutos em campo o suficiente, recebeu elogios do técnico Antonio Conte. Contudo sua permanência pode travar parte do planejamento da equipe. Traore, jogador de ponta, mas que atuou em alguns jogos como centro avante, se mostrou como uma alternativa para variações táticas, algo muito criticado no Chelsea da temporada passada.

Uma coisa que ficou evidente foi que o Chelsea carece de peças de ataque, na ausência de Diego Costa, coube a Bertrand Traore a responsabilidade de ser o homem de referencia no ataque. Por isso a chegada, seja de Morata, seja de Higuain, é vista com muito bons olhos, desde que a vinda de um desses não implique na saída do atacante hispano-brasileiro.

Os Blues precisam de mais um nome que consiga fazer par com Diego Costa, ou que o substitua a altura, ou por que não, que ameace a sua titularidade. A fala te ameaças no banco de reserva foi outro problema da última temporada, e a chegada de um atacante de peso pode reaver o sentimento de desafio dentro de uma equipe de futebol.

Os franceses Alexandre Lacazzete e Dimitri Payet, e os argentinos Mauro Icardi e Gonzalo Higuain, são outros que caberiam perfeitamente nessa função. Higuain aliás, teve seu nome ventilado no Chelsea, entretanto sua contratação envolve altas quantias em dinheiro.

Compartilhe

Comments

Category: Mercado de Transferências

Tags: