Screenshot_4

Para David Luiz, ao não renovar com Terry, o Chelsea desrespeita seu capitão e sua história

Ex-blue, David Luiz, hoje defensor do Paris Saint-Germain, acusou o Chelsea de “desrespeito” ao capitão John Terry por não oferecê-lo um novo contrato. David deixou o Chelsea em 2014, quando o time de Paris apresentou uma proposta irrecusável de 50 milhões de libras pelo jogador. O beque fez um dos gols que classificaram o PSG para as quartas de final da Champions League da última temporada, eliminando o time londrino.

Os dois clubes se enfrentam pela terceira vez seguida na fase de mata-mata da competição continental, e Luiz tocou na ferida que foi aberta pelos torcedores do Chelsea assim que Terry admitiu que não teve um novo contrato oferecido e deixaria o clube ao final da temporada.

Em entrevista ao jornal britânico Mirror, o brasileiro disse:

“Terry é, provavelmente, o maior jogador da história do Chelsea. O clube precisa mostrar mais respeito. Ele deixou claro que quer permanecer no clube, e está esperando uma resposta. Não é assim que você trata um jogador que te deu tanto e foi parte de tanto sucesso.

Os torcedores amam John – se isso não for bem resolvido, eles não ficarão felizes. Me sinto confuso pela situação de Terry. Ele ainda é o melhor defensor do clube e um dos melhores da Inglaterra. Não deveria haver dúvidas sobre mais um ano de contrato.”

David Luiz fez parte do time do Chelsea que venceu o Paris Saint-Germain quando os times se encontraram em 2013/14, e também foi vitorioso quando o PSG se vingou na temporada seguinte.

Ao alegar que o time londrino deveria oferecer um novo contrato ao zagueiro inglês, o brasileiro mostra certa razão, haja visto que, mesmo aos 35 anos de idade, Terry mostra nível superior ao de Gary Cahill e divide o posto de melhor defensor atual do clube com o jovem Kurt Zouma, que está fora da temporada, lesionado. Além disso, o jogador dedicou uma carreira inteira ao clube, é o capitão e a maior referência da equipe.

Compartilhe

Comments

Category: Ex-Blues

Tags: