Chelsea tem o domínio no UK, Europa e EUA (Foto: Chelsea FC)

Nome e imagem de José Mourinho pertencem ao Chelsea para fins comerciais

Chelsea tem o domínio no UK, Europa e EUA (Foto: Chelsea FC)
Chelsea tem o domínio no UK, Europa e EUA (Foto: Chelsea FC)

O ex-treinador do Chelsea, e talvez o maior da história do clube, José Mourinho, parece estar a um passo de se tornar o próximo comandante do Manchester United. As negociações estavam previstas para se concretizarem no início da semana, mas ainda estão em curso e podem demorar alguns dias. Contudo, mesmo que o português assine mesmo com os Red Devils, o clube do norte da Inglaterra terá sua possibilidade de utilização da marca José Mourinho limitada. Isto porque tanto o nome do treinador quanto sua imagem são marcas registradas do Chelsea Football Club. Não é um empecilho legal para a contratação do português, mas o aspecto financeiro e comercial, fundamental para o futebol globalizado e econômico de hoje, acaba tendo um peso.

Não é exagero dizer que o nome e a marca José Mourinho valem milhões em fins publicitários e comerciais, e neste sentido o Chelsea assegurou o registro, em acordo com o português, é claro, para registrar os domínios em controle do clube. O registro existe tanto em âmbito doméstico (Reino Unido), quanto no âmbito europeu (União Europeia) e tem validade até 2023 e 2025, respectivamente. Da mesma forma os Blues tem as marcas registradas nos EUA, mas não se sabe a validade do mesmo.

Com isso, em alguns dos principais mercados do mundo, o United não poderá estampar o rosto nem o nome de Mou em campanhas publicitárias, por exemplo, nem em utilitários como cachecóis, canecas, ou outros artigos de venda. Neste ponto, pode até parecer curiosa e engraçada a situação, mas podemos dizer que milhões deixarão de ser arrecadados pelos Red Devils com artigos que poderiam associados ao treinador. Da mesma forma os patrocinadores do clube não poderão também se apropriar da imagem de Mourinho, o que significa também perda para eles.

Não está claro se um acordo pode ser fechado neste sentido, com o Chelsea cedendo ou negociando os direitos sobre a imagem e o nome de Mourinho para o United, mas fato é que o português, por mais que não seja mais nosso treinador, continua, pelo menos neste sentido, por mais engraçado e curioso que seja, parte do clube.

Compartilhe

Comments

Category: Ex-Blues

Tags: