Na História: Desailly, Spencer e Gudjohnsen

Destaque para três ex-atletas do Chelsea no Na História de hoje: Marcel Desailly, John Spencer e Eidur Gudjohnsen

O Chelsea Chadder, perfil sobre feitos históricos do Chelsea no Twitter, publicou duas lembranças ocorridas no final dos anos 90 com a equipe londrina. Primeiramente, o perfil apontou que Marcel Desailly, ex-zagueiro do time londrino, fez o seu primeiro gol com a camisa do Chelsea no dia 22 de outubro de 1998. Posteriormente, a conta relembrou que John Spencer fez seu último embate com o clube londrino no mesmo dia. Entretanto, esse ocorrido aconteceu dois anos antes, em 1996. Dois momentos que serão recordados no Na História.

Além disso, vamos relembrar de um hat-trick de Eidur Gudjohnsen com camisa do Chelsea, no ano de 2004. Ou seja, a edição especial de hoje relembra as passagens de Marcel Desailly e John Spencer. Em conclusão, vamos mencionar um momento especial de Eidur Gudjohnsen no clube de Stamford Bridge. Confira mais uma edição do Na História desta quinta-feira.

Marcel Desailly

A passagem do zagueiro francês Marcel Desailly, no clube londrino, é lembrada com carinho pelos torcedores do Chelsea. Vale mencionar que o Chelsea Brasil fez uma publicação que aborda a passagem do francês no clube. O defensor chegou ao Stamford Bridge em 1998 após passagem pelo AC Milan. Marcel Desailly fez dupla de zaga com o compatriota Frank Leboeuf e ambos asseguraram a conquista da Copa da Inglaterra de 1999/00. O futebolista atuou em 222 partidas e deixou um legado de liderança e capitania para um jovem jogador do plantel do Chelsea. Um zagueiro com o nome de John Terry.

O gol

O gol salientado no começo da publicação foi contra o Copenhagen, equipe dinamarquesa, na UEFA Winners’ Cup de 1998. O jogo foi realizado em Stamford Bridge, na cidade de Londres, e terminou empatado em 1 a 1. 21 mil e 207 pessoas acompanharam o primeiro gol do zagueiro francês com a camisa do Chelsea. Comandado por Gianluca Vialli, o time londrino entrou em campo com a seguinte formação.

Ed de Goey; Marcel Desailly, Albert Ferrer, Grame Le Saux e Frank Leboeuf; Roberto Di Matteo, Gustavo Poyet e Dennis Wise; Pierluigi Casiraghi, Brian Laudrup e Gianfranco Zola. Na oportunidade, o Chelsea mediu forças contra a equipe da Escandinávia na primeira partida das oitavas de final da competição europeia.

No segundo jogo, a equipe de Stamford Bridge venceu o empate por 1 a 0. Gol de Brian Laudrup. Além disso, no segundo jogo, o Chelsea realizou uma mudança na formação inicial. Celestine Babayaro entrou no lugar de Gustavo Poyet para o segundo compromisso das oitavas de final. Além do Chelsea, que avançou, e do time dinamarquês, outros sete duelos foram realizados. Braga e Lokomotiv Moscou, Maccabi Haifa e Ried, e o duelo entre Apollon Limassol e Panionios. Além disso, Partizan e Lazio, Besiktas e Valerenga, NK Varazdin e Heerenveen, e Mallorca e Genk.

Chelsea, Lokomotiv, Maccabi Haifa, Panionios, Lazio, Besiktas, NK Varadzin e Genk progrediram para a fase seguinte. Por fim, o Chelsea passou pelo Valerenga (Noruega) na fase quartas de final (3-0 e 2-3), mas ficou no duelo contra o Mallorca na semifinal (1-1 e 1-0).

O legado
O plantel do Chelsea contava com Lebouf, Desailly, Lamboudre e Deschamps. Ou seja, um esquadrão francês na conquista da Copa da Inglaterra.

O plantel do Chelsea contava com Lebouf, Desailly, Lamboudre e Deschamps. Ou seja, um esquadrão francês na conquista da Copa da Inglaterra. (Chelsea FC / Website)

“O ’The Rock’ [apelido de Desailly] foi incrível. Ele foi um maluco, um vencedor e ele veio de um brilhante Milan com uma mentalidade vencedora, que nós apreciamos no Chelsea”, disse Gus Poyet sobre o futebolista francês. No histórico da Premier League, Marcel Desailly atuou em 158 jogos. Entre 1998/1999 e 2003/2004, seis gols e quatro assistências foram computadas pelo futebolista. Além disso, Desailly acumulou 54 clean sheets com o time londrino.

Além do Chelsea, Marcel Desailly atuou pelo Olympique de Marseille, Nantes e AC Milan. 186 jogos pelo clube italiano, 95 pelo Nantes e 59 partidas com o Marseille. Por outro lado, 116 jogos foram realizados com o selecionado nacional francês e três gols foram marcados pelo zagueiro.

Por fim, a galeria de conquistas do zagueiro é valiosa. Campeão europeu, mundial e bicampeão da Copa das Confederações com a seleção da França. Duas vezes vencedor da UEFA Champions League com Marseille e Milan. Bicampeão italiano com o Milan e campeão da Copa da Inglaterra com o Chelsea. Assim sendo, Desailly venceu a Supercopa da Europa em dois momentos – com Chelsea e Milan. Por fim, a Supercopa da Inglaterra foi obtida pelo francês em duas oportunidades.

O último jogo de John Spencer

John Spencer em atuação com o Chelsea. Posteriormente, o atleta atuou no QPR e no Everton na Inglaterra.

John Spencer em atuação com o Chelsea. Posteriormente, o atleta atuou no QPR e no Everton na Inglaterra. (Chelsea FC / Website)

O último jogo de John Spencer aconteceu no dia 22 de outubro de 1996. O embate contra o Bolton Wanderers, no Burnden Park, em jogo válido pela Copa da Liga Inglesa. O Chelsea perdeu o embate por 2 a 1 e o gol londrino foi marcado por Scott Minto. Na oportunidade, o time londrino contava com algumas peças conhecidas no cenário europeu: Steve Clarke, Roberto Di Matteo e Mark Hughes eram componentes do plantel. Além disso, Dennis Wise e Frank Leboeuf já estavam na equipe de Londres.

O atleta foi contratado pelo Chelsea em agosto de 1992, com 21 anos, e atuou em 111 jogos com a equipe de Stamford Bridge. Segundo o Transfermarkt, 37 gols foram marcados pelo atleta escocês e 13 amarelos foram dados ao futebolista. O seu primeiro jogo com o Chelsea foi no dia 19 de agosto de 1992, contra o Norwich City, na derrota do Chelsea por 2 a 1.

Por fim, John Spencer atuou por Queens Park Rangers e Everton, em outras competições nacionais. Posteriormente, Motherwell (Escócia) e Colorado Rapids (Estados Unidos) contaram com o ex-atleta do Chelsea.

Eidur Gudjohnsen

Gudjohnsen marcou 54 gols pelo Chelsea na Premier League. (Foto: Getty Images)

Gudjohnsen marcou 54 gols pelo Chelsea na Premier League. (Foto: Getty Images)

No dia 23 de outubro de 2004, o islandês Eidur Gudjohnsen marcou um hat-trick contra o Blackburn Rovers. Três gols em 14 minutos para o atleta do Chelsea e placar de 4 a 0 para o Chelsea. Eidur Gudjohnson marcou aos 37, 38 e 51 minutos de jogo. Na reta final do embate, Damien Duff marcou o quarto e último gol do Blues na partida.

O plantel londrino entrou em campo com. Cech, Johnson, Ricardo Carvalho, Terry, Bridge, Smertin, Parker, Lampard, Cole, Duff, Gudjohnsen. Posteriormente, Robben, Tiago e Kezman participaram do duelo. Além disso, o jogo marcou a primeira aparição de Scott Parker na temporada.

41 mil e 546 pessoas acompanharam o duelo entre Chelsea e Blackburn Rovers. Mark Hughes, ex-atleta do Chelsea, era o comandante técnico do Rovers no embate em Stamford Bridge.

Veja também: As demais publicações do Na História, publicação especial de quinta-feira no Chelsea Brasil.

João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.