Na História: 7 de outubro, John Terry e Diego Costa

7 de outubro: aposentadoria de John Terry e nascimento de Diego Costa

O Na História de hoje fala sobre o dia de ontem. O dia 7 de outubro marca dois acontecimentos relacionados com atletas do Chelsea. Primeiramente, a data da aposentadoria de John Terry, no dia 7 de outubro de 2018. Por outro lado, 7 de outubro é a data de nascimento de Diego Costa, ex-jogador da equipe de Stamford Bridge. Além disso, os dois atletas atuaram na equipe londrina e conquistaram títulos no plantel da Fulham Road. Portanto, o Na História de hoje destacará o zagueiro John Terry e o atacante Diego Costa.

John Terry

John Terry assegurou mais uma conquista da Premier League em seu último jogo no Chelsea

John Terry assegurou mais uma conquista da Premier League em seu último jogo no Chelsea. (BBC)

O zagueiro anunciou sua aposentadoria após 23 anos de carreira. John Terry atuou em 78 oportunidades pela Inglaterra e foi um dos jogadores mais premiados na história do Chelsea. Terry anunciou em 2018 que pararia de jogar e, em 2017, o zagueiro anunciou seu desligamento do Chelsea Football Club. Por fim, John Terry conquistou cinco títulos da Premier League e cinco Copas da Inglaterra com o Chelsea. Além disso, Terry venceu três edições da Copa da Liga Inglesa, a Champions League e a Europa League em Stamford Bridge.

No dia 7 de outubro de 2018, Terry se despediu através de suas redes sociais. “Depois de 23 incríveis anos como futebolista, eu decidi que agora é o momento certo para eu me aposentar”, disse Terry, em um trecho do anúncio. Os números de John Terry no Chelsea são especiais. 712 jogos, 66 gols e 29 assistências. Em suma, 61.175 minutos do defensor com o uniforme do time londrino. 9.724 minutos de “Champions League football” e 10 gols na competição europeia.

“Com 14 anos de idade, eu fiz a minha melhor e maior decisão; assinar contrato com o Chelsea Football Club. Palavras não serão suficientes para demonstrar quanto as pessoas do clube significam para mim. Em particular, os torcedores”, disse Terry.

Último jogo no Chelsea
Aém disso, John Terry sendo homenageado em seu último jogo pelo Chelsea. Foto: [AFP PHOTO/Ian Kongston]

Assim sendo, John Terry foi homenageado em seu último jogo pelo Chelsea. Foto: [AFP PHOTO/Ian Kongston]

O último jogo de Terry no Chelsea foi realizado na temporada 2016/17. Dia 21 de maio de 2017, vitória elástica do Chelsea frente ao Sunderland por 5 a 1. Com direito ao “corredor de palmas” ou guarda de honra, os atletas do Chelsea pisaram no gramado de Stamford Bridge com uma grande festa nos “Stands”. A faixa “Thank You For Everything” (Obrigado Por Tudo) foi aberta no momento que a equipe londrina apareceu para os torcedores. Por outro lado, a bandeira com os dizeres “Captain, Leader, Legend” (Capitão, Líder e Lenda) aparecia no campo de visão de todos os presentes. Veja a ficha técnica abaixo.

“Minha carreira e meu coração sempre vão pertencer ao Chelsea, mas eu sou grato ao empréstimo para o Nottingham Forest em 1999, o que foi inestimável para o meu desenvolvimento como jovem atleta. E também quero agradecer imensamente o Aston Villa por me dar a oportunidade de jogar em um clube tão grande e ser o capitão na temporada 2017/18”. Foi um privilégio representar um clube de futebol tão conhecido e com grandes adeptos, afirmou o defensor.

Ficha técnica

Chelsea 5-1 Sunderland. Premier League 2016/17
Stamford Bridge, Londres

Chelsea

Courtois; Azpilicueta, David Luiz, John Terry; Moses, Fàbregas, Kanté e Alonso; Willian, Diego Costa e Eden Hazard.

Entraram: Cahiil, Pedro e Batshuayi.

Técnico: Antonio Conte

Gols: Willian (6), Hazard (61) Pedro (77) e Batshuayi (90 e 92)

Sunderland

Pickford; Jones, O’Shea e Lescott; Manquillo, Larsson, Cattermole, Rodwell e Oviedo; Januzaj e Borini.

Entraram: Gooch e Gibson

Técnico: David Moyes

Gol: Manquillo (3)

“Estou ansioso para o próximo capítulo da minha vida e os desafios pela frente”, concluiu John Terry. Atualmente, Terry é integrante da comissão técnica do Aston Villa, na Premier League 2020/21.

Diego Costa

Diego Costa apresenta números positivos com a equipe de Londres. (Foto: Chelsea FC)

120 jogos, 59 gols e 24 assistências. Além disso, Diego Costa conquistou dois Campeonatos Ingleses, nas temporadas 2014/15 e 2016/17. Nascido no dia 7 de outubro de 1988, o hispano-brasileiro recebeu a premiação de Atleta do Mês em duas oportunidades na Premier League. Primeiramente, em agosto de 2014. Posteriormente, no mês de novembro de 2016. O Chelsea foi o segundo time que Diego Costa mais jogou, atrás dos 211 jogos no Atlético de Madrid. Vale relembrar que o atacante de 32 anos acumulou números expressivos no clube londrino. Principalmente, na Premier League.

Diego Costa somou 89 jogos pelo Campeonato Inglês e o atacante participou de 70 gols do clube londrino. Ou seja, 52 gols e 18 assistências. Mais de 7 mil minutos de jogo com o Chelsea no Campeonato Inglês. Em sua despedida do Chelsea, o futebolista publicou em suas redes sociais mensagens de carinho e agradecimento ao clube de Stamford Bridge.

Palavras de Diego Costa
Diego Costa e Cesc Fàbregas formaram uma das parcerias mais prolíficas da Premier League (Foto: Goal)

Por fim, Diego Costa, Cesc Fàbregas, Azpilicueta e Thibaut Courtois posam com título do Campeonato Inglês.(Foto: Goal)

Há ciclos que se abrem e ciclos que se fecham. O meu ciclo no Chelsea iniciou-se há três anos, três anos marcantes em todos os aspetos, e que jamais esquecerei. Dois títulos de campeão, uma Supertaça Inglesa, 120 jogos, 59 gols e 24 assistências depois este ciclo encerra. Não da forma que desejava (longe disso), mas da forma possível”, declarou o atleta brasileiro naturalizado espanhol.

“Na memória e no coração ficarão para sempre os maravilhosos adeptos de um grande clube e todos os companheiros com quem estive no campo e no vestiário, bem como todo o staff logístico, administrativo e clínico. Levo-os comigo com a certeza de que sempre irei estar ao seu lado da mesma forma que, acredito, eles entenderão a razão pela qual este meu ciclo teve de chegar agora ao fim. Porque não podia perder a crença em mim. Obrigado por tudo, Chelsea”, disse Diego Costa.

Outros clubes na Espanha e advertências

Além de Atlético de Madri e Chelsea, Diego Costa atuou por outras equipes espanholas. Segundo o Transfermarkt, o futebolista atuou em 16 jogos no Rayo Vallecano, 30 jogos no Celta de Vigo e 35 embates no Albacete. Por fim, em território espanhol, Diego atuou em 36 oportunidades com o Real Valladolid CF. Por falar no Valladolid, o hispano-brasileiro acumulou nove gols, seis assistências e nove cartões amarelos na equipe espanhola.

Por fim, Diego Costa sempre teve uma fama de se doar muito durante os jogos. E em alguns momentos, o futebolista passava um pouco da conta. Por isso, o atleta recebeu 138 cartões amarelos em 470 jogos na carreira. No Chelsea FC, foram 30 advertências em 120 jogos. Um cartão amarelo a cada quatro jogos com a camisa do time londrino, de acordo com os dados do Transfermarkt.

7 de outubro. Aniversário de Diego Costa. 7 de outubro. Aposentadoria de John Terry.

João Vitor Marcondes

Taubateano e jornalista.