Crânio - Cech lesão

Inesquecível Futebol Clube – A grave lesão de Petr Cech

O Inesquecível F.C volta ao dia 14 de outubro de 2006 e lembra uma partida simplesmente impossível de se esquecer. Todavia, o jogador que virou manchete de jornal e foi o centro das atenções durante e depois do jogo, não se lembra de absolutamente nada.

A partida era válida pela Premier League, e o adversário era o Reading Football Club. Mais uma partida comum na história do Chelsea, talvez. Mas não uma partida comum na vida do seu jogador Petr Cech. O goleiro, que um ano antes do ocorrido recebia o prêmio de melhor goleiro do mundo, viu sua carreira brilhante de arqueiro correndo risco de ser encerrada prematuramente além de ter sua saúde também em jogo.

Começo de tudo

Logo aos 16 segundos de partida, o goleiro dos Blues saiu em uma dividida de bola com o meio campista irlandês Stephen Hunt. E, após ser atingido pelo joelho do adversário, Cech sofreu afundamento em uma parte do crânio. Depois de um atendimento de quase cinco minutos, o goleiro saiu do gramado carregado em uma maca e foi aplaudido por todo o estádio – o que é comum na Inglaterra após graves lesões de jogadores. Cech foi substituído por Cudicini.

Tratamento

Depois da grave lesão, o goleiro precisou passar por uma operação por causa da fratura no crânio. As previsões para a volta aos campos de Petr Cech não eram maravilhosas, mas podiam ser consideradas boas. A princípio, os médicos estipulavam que a sua recuperação levaria, pelo menos, seis meses.

Especialistas em neurocirurgias diziam na época: “Se ele não respeitar o tempo de recuperação, que geralmente fica em seis meses, pode até ser fatal”. Os médicos temiam que um segundo choque pudesse ocorrer, o que colocaria sua saúde e carreira em risco: “Na hipótese de a primeira lesão não estar totalmente curada e ocorrer um novo choque, o cérebro será afetado”.

Após a operação bem sucedida de Cech, o Chelsea publicou uma nota oficial:

“O Chelsea se alegra em dizer que o estado de saúde de Petr Cech melhora. (Ele) está plenamente consciente, após ter sido submetido a uma operação. (Ele) Comunica-se e tem falado com sua mulher, Martina, assim como com os médicos do hospital, que já deram autorização para visitas. Vários integrantes do corpo técnico e da equipe do Chelsea, entre eles, o técnico português José Mourinho e o capitão John Terry, visitaram-no”, acrescenta a nota.

Uma das frases de Petr Cech após sua recuperação: “Quando eu preciso sair nos pés dos adversários, eu só tenho um objetivo, salvar a bola e faço o que for preciso. A desvantagem do futebol é a lesão, mas você não pode controlar isso”.

Agressão ou acidente?

A lesão repercutiu muito na imprensa,e foi levantada a possibilidade de maldade por parte de Hunt no lance do choque. Intencionalmente ou não, o jogador até hoje quando enfrenta o Chelsea é vaiado por toda a torcida Blue.

“Foi chato, de repente ficaram todos os holofotes sobre esse acidente. Em um jogo, eu tinha ido de total anonimato a todos saberem quem eu sou, o que foi um pouco estranho. Mas eu quero ser conhecido pela maneira como eu jogo, não pelo que infelizmente aconteceu com Petr Cech”, afirmou o irlandês.

Na época, o episódio provocou uma reação furiosa de Mourinho, que descreveu o lance como uma “desgraça” e acusou Hunt de rir depois da lesão do goleiro. Didier Drogba também alegou que “não foi um acidente”, declarando: “Algumas pessoas vão usar quaisquer meios para nos vencer”.

Hunt se defendeu das declarações do “Special One“:

“Depois do jogo, ouvi os comentários feitos por José Mourinho. Ele disse que eu estava rindo da lesão. E eu certamente não estava. O choque foi um acidente completo. Eu não sou o tipo de pessoa que pensa em ferir um adversário. Foi só depois do jogo que eu percebi o quanto ele estava gravemente ferido. Foi anunciado que ele tinha uma fratura no crânio. E eu senti bastante por ele”.

“Poucos dias depois no campo de treinamento eu abri uma carta de ameaça de morte de um torcedor do Chelsea. Eu não sabia se era verdade, mas o clube levou a sério. Se as pessoas querem escrever ameaças de morte, eu não posso controlar isso. Foi um choque, mas ainda temos uma boa segurança no campo de treinamento”.

Recomeço e volta aos gramados

Após os tratamentos, Cech voltou para casa em 24 de outubro de 2006 e na semana seguinte já voltou a fazer treinos leves. No entanto, o Chelsea anunciou que o goleiro estaria fora por três meses, esse era o tempo necessário para que a recuperação da fratura no crânio fosse completa (inicialmente os médicos previam, pelo menos, seis meses).

Sua volta ao campo em uma partida oficial aconteceu contra o Liverpool em 20 de janeiro de 2007, jogo em que os Blues foram derrotados por 2-0. Embora Cech tenha sofrido dois gols em sua volta, depois da partida contra o Liverpool ele ficou aproximadamente 810 minutos de Premier League sem sofrer gol – marca sensacional do goleiro. E em 11 de abril de 2007, Cech foi premiado pela F.A como jogador do mês de março. Sua invencibilidade foi encerrada durante a vitória do Chelsea por 4-1 sobre o West Ham United em 18 de Abril de 2007, quando Carlos Tévez marcou contra ele.

O famoso e polêmico “Capacete”

Na partida de sua volta aos gramados o goleiro entrou em campo usando o “capacete” de rúgbi (Scrum Cap) feito pela marca Canterbury, da Nova Zelândia, uma empresa especializada em equipamentos de proteção no rúgbi. O goleiro não se sentia incomodado com o acessório:

“Não vai me limitar em nada. Venho trabalhando com ele há algum tempo (nos treinos) e já estou acostumado”.

O uso do scrum cap de outra marca, não agradou a Adidas, patrocinadora do Chelsea, que não ficou satisfeita por um jogador do clube, aparentemente, fazer publicidade para outra empresa.

Na época, uma pessoa ligada a Cech disse que se a Canterbury não fabricasse o capacete, ele não jogaria. E que usando o acessório com o logotipo da marca neozelandesa, era uma forma de agradecimento a empresa. Mas a polêmica acabou rapidamente, pois a logotipo da concorrente foi removida da proteção do goleiro. A Adidas, em seguida, ofereceu um novo contrato a Cech e passou a desenvolver um “capacete” que carregava a sua logo em um projetado especificamente para Cech.

Formações  das equipes na partida de sua lesão:

Reading: Hahnemann; Murty (c) (Bikey 35), Sonko, Ingimarsson, Shorey; Seol (Little 62), Sidwell, Harper, Hunt; Doyle, Lita (Long 72).
Chelsea: Cech (Cudicini 5); Ferreira, Boulahrouz, Terry (c), Bridge; Mikel, Essien, Lampard, Shevchenko (J Cole 62), Drogba, Robben (Kalou 81).
Expulsos: Bikey (82) e Mikel (61)
*Gol: Ingimarsson (Contra)
Público: 24,025
*Só para informar o Chelsea venceu o jogo por 1×0.

Formações e gols da partida de sua volta ao campo:

Liverpool: Reina; Finnan, Carragher, Agger, Aurelio; Pennant, Alonso, Gerrard (c), Riise; Kuyt (Gonzalez 90), Crouch (Bellamy 85).
Scorers Kuyt (3), Pennant (17).
Chelsea: Cech; Geremi, *Ferreira, *Essien, A Cole; Ballack, Mikel (Shevchenko 72), Lampard (c); Kalou, Drogba, Robben (Wright-Phillips 20).
Gols: Kuit (3), Pennant (17).
Público: 44,245
*A zaga do Chelsea contra o Liverpool era composta por Essiem e Paulo Ferreira, improvisados.

Cudicini também saiu do jogo lesionado

Voltando à história do jogo contra o Reading, quando Cech saiu de campo lesionado, Cudicini foi seu substituto na partida. Mas a bruxa estava solta e o goleiro italiano também saiu machucado após choque em uma saída de bola no alto. O jogo, porém, já estava nos acréscimos.

A lesão de Cudicini também foi grave e o arqueiro foi direto para o hospital por medida de segurança e pelo receio da lesão de Cech. Desta vez, Ibrahima Sonko foi o “culpado” da lesão (ele também tinha seu nome citado na carta de morte para Hunt).

Sem goleiro, quem iria para o gol?

Ainda faltavam poucos segundos para acabar uma partida desastrosa na vida dos goleiros do Chelsea. Nosso capitão, que já defendeu muitos gols (com a cabeça, pés, etc.) em cima da linha, desta vez vestiu o uniforme de goleiro e foi literalmente defender o gol do clube, que está em seu sangue e na sua alma.

*Fotos sem crédito: Reprodução / Chelsea FC

Compartilhe

Comments

Category: Conteúdos Especiais

Tags:

40 comments

  1. Esse foto foi Foda! Terry no Gol e ele deu ponte e tudo… HAHAHA

    Porra, ai parabéns MESMO pela postagem…. Ficou muito boa!

    Parabéns, a melhor que eu já vi.

  2. Esse foto foi Foda! Terry no Gol e ele deu ponte e tudo… HAHAHA

    Porra, ai parabéns MESMO pela postagem…. Ficou muito boa!

    Parabéns, a melhor que eu já vi.

  3. LUAN GOMES, SIMPLESMENTE SEM PALAVRAS CARA. PARABÉNS.

    EU ADMITO QUE QUASE CHOREI AO LER ESSA MATÉRIA, PORQUE ESSE EPISÓDIO ME MOSTROU COMO É BONITO TORCER PRO CHELSEA F.C. QUANDO FUI A LONDRES, E PEGUEI UMA CAMISA AUTOGRAFADA POR CECH E LAMPARD, EU DISSE AO CECH: “YOU ARE A WINNER”.

    MAS PARABENS MESMO CARA, EXCELENTE POST, MECHEU COMIGO MESMO…

  4. LUAN GOMES, SIMPLESMENTE SEM PALAVRAS CARA. PARABÉNS.

    EU ADMITO QUE QUASE CHOREI AO LER ESSA MATÉRIA, PORQUE ESSE EPISÓDIO ME MOSTROU COMO É BONITO TORCER PRO CHELSEA F.C. QUANDO FUI A LONDRES, E PEGUEI UMA CAMISA AUTOGRAFADA POR CECH E LAMPARD, EU DISSE AO CECH: “YOU ARE A WINNER”.

    MAS PARABENS MESMO CARA, EXCELENTE POST, MECHEU COMIGO MESMO…

  5. Esse é o Chelsea… não desiste nunca… Excelente post… incrível…
    É de emocionar rever esses lances

  6. Esse é o Chelsea… não desiste nunca… Excelente post… incrível…
    É de emocionar rever esses lances

  7. Quando ouvi a notícia de que o Cech pudesse parar de jogar futebol, eu quase morri! Matéria bem completa, parabéns!

  8. Quando ouvi a notícia de que o Cech pudesse parar de jogar futebol, eu quase morri! Matéria bem completa, parabéns!

  9. Nossa! Me arrepiei com esse jogo. Aconteceu de tudo nele. Cech, Cudicini…e o Terry agarrando.
    Foi um jogo de fortes emoções.
    Parabéns ao Luan por mais um excelente post \o/

  10. Nossa! Me arrepiei com esse jogo. Aconteceu de tudo nele. Cech, Cudicini…e o Terry agarrando.
    Foi um jogo de fortes emoções.
    Parabéns ao Luan por mais um excelente post o/

  11. o capacete do cech…é uma coisa desagradável pelos fatos do passado,mais é um diferencial,tenho certeza que os outros goleiros ficam com um pouquinho de inveja…afinal,apesar de já fazer tempo,o capacete do cech,sempre é uma atração a parte e sempre chama muito atenção!

    quanto ao terry…
    galera não tenho nem palavras para discrever esse jogador e tudo que ele representa pra mim e para o chelsea e toda a sua fanática torcida por todo o mundo.
    o john terry é o meu jogador favorito no elenco atual do chelsea!
    eterno capitão!

  12. o capacete do cech…é uma coisa desagradável pelos fatos do passado,mais é um diferencial,tenho certeza que os outros goleiros ficam com um pouquinho de inveja…afinal,apesar de já fazer tempo,o capacete do cech,sempre é uma atração a parte e sempre chama muito atenção!

    quanto ao terry…
    galera não tenho nem palavras para discrever esse jogador e tudo que ele representa pra mim e para o chelsea e toda a sua fanática torcida por todo o mundo.
    o john terry é o meu jogador favorito no elenco atual do chelsea!
    eterno capitão!

  13. puta que pariu…já tava me esquecendo…ótimo post…parabens pela postagem luan gomes…realmente ficou muito bom…é uma pena que seja um assunto um tanto quanto desagradável…mais é como o cech disse…a lesão é a parte ruim do futebol.

  14. puta que pariu…já tava me esquecendo…ótimo post…parabens pela postagem luan gomes…realmente ficou muito bom…é uma pena que seja um assunto um tanto quanto desagradável…mais é como o cech disse…a lesão é a parte ruim do futebol.

  15. ara quem machucou chech tinha que ser banido do futebol seu filho da puta sou goleiro e sei o que isso (terry no gol tenso)

  16. ara quem machucou chech tinha que ser banido do futebol seu filho da puta sou goleiro e sei o que isso (terry no gol tenso)

  17. sou colero e me expiro em vc, cech vc e o cera, mesmo se machucando ergueu a cbaça e seguiu em frente,pegue todas para nos canhrmos do barcelona, que nem vc fez no jogo passado.

  18. sou muito fã de Petr Cech eu ja fui goleiro e sei como um goleiro sofre no gol,pois tambem tive que para por causa de contusões so que no meu caso não tão grave,pois foi no braço,mais pra mim cech e sempre será o melhor goleiro do mundo.

  19. Que azar!!!dois goleiros do mesmo time no mesmo jogo ter que sair do campo direto pro hospital.Sorte que o Petr Cech não perdeu a memória e nem morreu

Comments are closed.