Elenco comemora vitória suada em 2009, sob o comando de Guus Hiddink (Foto: News Group)

Chelsea, Everton e a histórica final da FA Cup 2008/09

Prestes a se enfrentar novamente pela FA Cup, Chelsea e Everton já marcaram seu nome na história da competição. Na temporada 2008/09, eles fizeram a final do torneio em Wembley, que acabou consagrando os Blues como campeões. Desta vez, o encontro vale pela sexta fase da copa doméstica, porém representa a única chance real de título para as duas equipes na temporada 2015/16.

Como em todas as edições da FA Cup, os times da Premier League estreiam apenas na terceira fase. Em 2008/09 não foi diferente. O Chelsea precisou do replay para eliminar o Southend United, que hoje frequenta a terceira divisão nacional (1 a 1 em Stamford Bridge; 4 a 1 em Roots Hall). O Everton também não teve vida fácil, mas eliminou em partida única o Macclesfield Town, vencendo por 1 a 0.

A quarta fase reservou grandes emoções para o Everton, que enfrentou seu grande rival, o Liverpool, no Merseyside Derby. Após empate nas duas partidas, a prorrogação no replay decidiu a favor dos Toffees, que venceram por 1 a 0. Por outro lado, os Blues passaram pelo Ipswich Town sem dificuldades, vencendo por 3 a 1. A quinta fase também foi mais tranquila, agora para ambos os lados. O Chelsea venceu o Watford fora de casa e o Everton superou o Aston Villa, ambos por 3 a 1.

A partir das quartas de final, a situação começou a se complicar para os azuis tanto de Londres quanto de Liverpool. Enquanto o Chelsea passou dificuldades para vencer o Coventry City por 2 a 0, o Everton teve que se superar e virar o jogo contra o Middlesbrough, por 2 a 1. Com as vitórias, ambos estavam classificados para as semifinais, tradicionalmente disputadas em Wembley. Nas partidas decisivas, o Chelsea venceu o clássico londrino contra o Arsenal por 2 a 1, enquanto o Everton precisou das penalidades para eliminar o Manchester United. Assim foi construída a final daquela temporada.

Em 30 de maio de 2009, Chelsea e Everton se encontraram na grande final da FA Cup. Com apenas um minuto jogado, Louis Saha colocou os Toffees à frente no placar, mas o Chelsea foi buscar o resultado, e empatou aos 21 minutos, com Drogba, o “Rei de Wembley”. Já na reta final do jogo, um chute de fora da área de Frank Lampard selou a virada e a vitória. O Chelsea se sagrava campeão pela quinta vez. Ashley Cole foi o melhor jogador da final, e Nicolas Anelka foi um dos artilheiros, com quatro gols.

Ficha Técnica:

Chelsea (4-2-1-3): Cech; Bosingwa; Alex; Terry; A. Cole; Mikel; Essien (Ballack 46′); Lampard; Anelka; Malouda; Drogba.

Técnico: Guus Hiddink

Everton (4-4-2): Howard; Hibbert (Jacobsen 46′); Yobo; Lescott; Baines; Osman (Gosling 82′); P. Neville;  Pienaar; T. Cahill; Fellaini; Saha (Vaughan 75′).

Técnico: David Moyes

Gols: Saha 1′ (EVE); Drogba 21′; Lampard 72′ (CHE)

Árbitro: Howard Webb

Local: Wembley Stadium

Público: 89.931

Na atual temporada, a FA Cup é a única esperança real de títulos para Chelsea e Everton. Além de ser a única copa ainda em disputa para ambos, a classificação atual na Premier League dificilmente levará um deles ao título – os Blues estão em 10º e os Toffees em 12º. Ou seja, esforços não deverão ser medidos para vencer a partida do próximo dia 12 de março, em Goodison Park.

Compartilhe

Comments

Category: Conteúdos Especiais

Tags: