Confira a campanha do time campeão da FA Cup

A caminhada começou no dia 8 de Janeiro de 2012, quando o Chelsea bateu o Portsmouth por 4×0, ainda sob comando de André Villas-Boas. O time avançou de fase e venceu o QPR, em confronto polêmico, tanto pelo re-encontro de Terry com Anton Ferdinand, quanto por um pênalti controverso marcado sobre Sturidge e convertido por Mata para a vitória por 1×0.

As coisas pareciam se desandar quando o time empatou por 1×1 com o Birmingham, que fazia campanha discreta na 2ª divisão. Os Blues chegaram a sofrer o gol e desperdiçar um pênalti, mas um gol salvador de Daniel Sturridge livrou a cara de AVB de uma eliminação.

Roberto Di Matteo assumiu e logo arrumou a casa. Sua estreia foi no replay, mais uma vez contra o Birmingham, em vitória por 2×0 com gols de Meireles e Mata, e novo pênalti desperdiçado pelo camisa 10. Após a heroica classificação contra o Napoli, o time liquidou o Leicester City, em Stamford Bridge, ao vencer por 5×2 com dois gols de Fernando Torres.

Na fase seguinte, nova goleada, desta vez, imprevista e sobre um time que era apontado por alguns como favorito para o confronto: 5×1 sobre o Tottenham, com golaços de Drogba, Ramires e Lampard e um polêmico gol de Juan Mata. Foi a grande prova de que o time deu que seria capaz de eliminar o Barcelona, fato que ocorreu duas semanas depois.

Agora, na final, mais uma vitória, por 2×1 com gols de Ramires e Drogba. O Chelsea é hepta campeão da FA Cup! Confira as escalações de todos os jogos:

Chelsea 4 x 0 Portsmouth

(4-3-3) Cech; Bosingwa, Luiz, Terry e Cole (Bertrand); Meireles, Ramires e Lampard; Mata, Torres (Lukaku) e Malouda (Romeu). Téc: André Villas-Boas

Gols: Mata, Ramires, Ramires e Lampard

QPR 0 x 1 Chelsea

(4-3-3) Cech; Ivanovic, Luiz, Terry e Cole; Meireles, Ramires (Romeu) e Malouda; Sturridge, Torres e Mata (Essien). Téc: André Villas-Boas

Gol: Mata

Chelsea 1 x 1 Birmingham

(4-3-3) Cech; Ivanovic, Cahill, Luiz e Bertrand; Mikel, Meireles e Ramires; Sturridge, Torres e Mata. Téc: André Villas-Boas

Gol: Sturridge

Birmingham 0 x 2 Chelsea

(4-2-3-1) Cech; Ivanovic, Cahill, Luiz e Bertrand; Mikel, Meireles, Ramires (Lampard), Mata (Essien) e Kalou (Sturridge); Torres. Téc: Roberto Di Matteo

Gols: Mata e Meireles

Chelsea 5 x 2 Leicester City

(4-2-3-1) Cech; Bosingwa, Ivanovic (Luiz), Cahill e Bertrand; Mikel, Meireles, Sturridge, Mata (Malouda) e Kalou (Essien); Torres. Téc: Roberto Di Matteo

Gols: Cahill, Kalou, Torres, Meireles e Torres

Tottenham 1 x 5 Chelsea

(4-2-3-1) Cech; Bosingwa, Luiz (Cahill), Terry e Cole; Mikel, Lampard, Ramires (Malouda), Mata e Kalou; Drogba (Torres). Téc: Roberto Di Matteo

Gols: Drogba, Mata, Ramires, Lampard e Malouda

Chelsea 2 x 1 Liverpool

(4-2-3-1) Cech; Bosingwa, Ivanovic, Terry e Cole; Mikel, Lampard, Ramires (Meireles), Mata (Malouda) e Kalou; Drogba

Gols: Ramires e Drogba

Números

Gols Marcados: 21
Gols Sofridos: 5
Vitórias: 6
Empates: 1
Derrotas: 0

Artilheiros

Mata e Ramires – 4 gols

Drogba, Torres, Meireles e Lampard – 2 gols

Sturridge, Cahill, Kalou e Malouda – 1 gol

Rodrigo Q