gun__1381310671_uefa_champions_league

Na França, Chelsea faz primeira decisão contra PSG

Após massacrar o Newcastle na última rodada da Premier League, o Chelsea terá pela frente um dos jogos mais importantes da temporada. No Parc des Princes, os Blues enfrentam o PSG, líder absoluto da Ligue 1, nesta terça-feira (16), em partida válida pelas oitavas de final da UEFA Champions League, maior objetivo do clube londrino na temporada. A partida acontece às 17h45 (horário de Brasília) e terá transmissão do canal EI MAXX. Você também fica por dentro de tudo o que acontece na partida em nosso twitter, o @Chelseabrasil.

John Terry é baixa e jovens zagueiros são relacionados

Após deixar a partida contra o Newcastle machucado, o zagueiro e capitão do Chelsea, John Terry, ficará de fora do confronto inicial contra o Paris Saint-Germain. O jogador de 35 anos não se recuperou a tempo de um problema na coxa. A boa notícia fica por conta do retorno de Oscar à relação do treinador Guus Hiddink, que não pôde contar com o brasileiro no último final de semana. Outras novidades na relação são as presenças do recém-contratado Matt Miazga e de Jake Clarke-Salter, zagueiro da base dos Blues. Por último, Alexandre Pato ainda não tem condições de jogo e Nemanja Matic está suspenso.

Aurier é suspenso pelo PSG e Verratti não deve ser titular

Após publicar um polêmico vídeo com ofensas ao treinador Laurent Blanc e outros companheiros de equipe, o lateral Serge Aurier foi suspenso pelo Paris Saint-Germain e está fora do confronto contra o Chelsea. Além disso, como retornou de lesão há pouco tempo é improvável que o meio-campista italiano Marco Verrati seja titular na partida, embora seja opção. Após serem poupados no final de semana, o zagueiro Thiago Silva, o volante Thiago Motta e o centroavante Zlatan Ibrahimovic estão confirmados e enfrentam os Blues.

Prováveis escalações

Chelsea (4-2-3-1): Courtois; Azpilicueta, Cahill, Ivanovic, Baba Rahman; Mikel, Fàbregas; Willian Hazard, Pedro (Oscar); Diego Costa. Téc.: Guus Hiddink

Paris Saint-Germain (4-3-3): Sirigu (Trapp); van der Wiel (Marquinhos), David Luiz, Thiago Silva, Maxwell; Thiago Motta, Stambouli (Verratti/Rabiot), Matuidi; Cavani (Lucas), Ibrahimovic, Di María. Téc.: Laurent Blanc

Entrevistas Pré-Jogo

Guus Hiddink (Chelsea)

Hiddink disse que Chelsea e PSG têm as mesmas chances (Foto: Chelsea FC)
Hiddink disse que Chelsea e PSG têm as mesmas chances (Foto: Chelsea FC)

Em sua entrevista coletiva, Guus Hiddink comentou a ausência de John Terry, falou sobre o momento do Chelsea e as chances contra o Paris Saint-Germain.

“Nós treinamos com outras pessoas na defesa central, então não foi surpresa para os jogadores termos que fazer algumas mudanças. É claro, não ter John (Terry) é um revés. Ele é um líder. Mas eu não sou o tipo de treinador que reclama e reclama. Temos que ir adiante. Tenho completa fé nos jogadores que o substituirão.

(A disputa da Champions League) Não (é sobre garantir vaga na próxima edição). É sobre vencer a Champions League, não olhando apenas para voltar a ela no próximo ano. Você tem muitos times bons, então é muito difícil. É bonito vencer uma grande, grande copa.

Estamos evoluindo. Todos sabem da situação do Chelsea nos últimos meses e semanas. Nós temos, passo a passo, tentado estabelecer mais segurança no time. Para jogar com a qualidade dos jogadores que temos. Ainda não estamos completamente onde gostaríamos de estar. Nós gostaríamos de ter uma sequência de jogos em que pudéssemos impor a forma como gostamos de jogar. Tentamos fazer isso passo a passo. Mas para dar ainda mais segurança, você precisa de um número de partidas vencidas em que você controlou e foi dominante.

(O jogo contra o PSG) É 50-50. Se você vê onde estamos agora e onde o PSG está agora, eles estão construindo um time muito forte e dominando completamente a liga francesa. Eles estão 24 pontos à frente e estão focando em conseguir esta Champions League. Um grande clube tem que vencer a Champions League.

A liga não começou bem para nós neste ano, e tivemos alguma recuperação de dezembro até agora, mas estamos desesperados para chegar à próxima fase da Champions League. É um grande teste para nós chegar à próxima fase e espero que possamos fazer algo para levar isso em nosso benefício”.

Laurent Blanc (Paris Saint-Germain)

Blanc disse que quer impor seu jogo (Foto: PSG.fr)
Blanc disse que quer impor seu jogo (Foto: PSG.fr)

Comandante do PSG, Laurent Blanc falou das dificuldades que espera do jogo contra o Chelsea e sobre suas dúvidas para a partida.

“Eu não mudo meu onze inicial com base na presença ou não de John Terry. Nós temos que impor nosso jogo contra um time que é duro de jogar, que pode nos vencer. Os dois times estão em condições iguais. O treinador (Guus Hiddink) tem muita experiência na Champions League. Ele trouxe calma e serenidade ao clube. Eles estão recuperando sua forma e construindo confiança. Será delicado, apertado, agressivo. Nossa intenção é impor nosso jogo.

Nossos jogadores estão se conhecendo melhor e melhor, e alguns que já venceram a Champions League com outros clubes juntaram-se a nós. Estamos lutando em uma classe de um peso que não é muito comum para um time francês. É aí que o Paris Saint-Germain precisa provar o progresso que tem feito. Penso que a reputação do Paris como uma equipe poderosa está crescendo fora do país. Isso prova que estamos no caminho certo.

No meu time tenho duas dúvidas: a lateral direita e uma outra posição. Meu time esteve distraído? Sim, não pensamos que nos encontraríamos em uma situação como essa. Mas eu tenho praticamente todo o meu elenco para escolher. Fisicamente, nós estamos de mãos atadas, como tivemos que jogar contra o Lille. Então jogaremos essa partida sem uma preparação exaustiva, sem todo o trabalho tático que eu gostaria de ter feito para uma partida tão grande. Mas o Chelsea está no mesmo barco”.

Último encontro

O PSG eliminou o Chelsea da última edição da Champions (Foto: Chelsea FC)
O PSG eliminou o Chelsea da última edição da Champions (Foto: Chelsea FC)

A última vez em que Chelsea e PSG se enfrentaram não traz boas recordações para os torcedores do clube londrino. Pelas oitavas de final da última edição da Champions League, os Blues receberam o time francês em Stamford Bridge e foram eliminados no critério do gol marcado fora de casa. Na ocasião, Gary Cahill abriu o placar para o time da casa e David Luiz empatou para os parisienses, levando a partida para a prorrogação. Na disputa, Eden Hazard voltou a colocar o Chelsea em vantagem, mas Thiago Silva decretou a eliminação azul.

Fique de olho

Ibra vive ótimo momento (Foto: PSG.fr)
Ibra vive ótimo momento (Foto: PSG.fr)

Craque e estrela maior da companhia francesa, o centroavante Zlatan Ibrahimovic está em grande fase e chega ao confronto contra o Chelsea descansado, após ter sido poupado no final de semana. Depois de ser expulso no último confronto entre os Blues e o PSG, Ibra deve chegar querendo mostrar serviço, algo que tem feito com muita eficiência. Na temporada, o sueco tem 27 gols e 11 assistências em 32 jogos, números impressionantes.

Curiosidades

– Chelsea e PSG se enfrentaram seis vezes na história. No total, os Blues venceram duas, empataram três e perderam apenas uma;

– A maior vitória do Chelsea no confronto aconteceu na temporada 2004-2005, quando bateu os parisienses por 3×0, em Paris. John Terry e Didier Drogba, duas vezes, foram os artilheiros do jogo;

– É a terceira vez consecutiva que Chelsea e PSG se enfrentam no mata-mata da Champions;

– Quatro dos últimos cinco jogos do Chelsea fora de casa na fase de mata-mata da Champions terminaram empatados.

Compartilhe

Comments

Category: UEFA Champions League

Tags: