2016-03-09t201829z_100556309_mt1aci14306038_rtrmadp_3_soc

Chelsea luta, mas é novamente eliminado pelo PSG em Stamford Bridge

Na partida de volta válida pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, o Chelsea recebeu o Paris Saint Germain. Com o tempo chuvoso e a desvantagem do jogo de ida (PSG 2 x 1 Chelsea) os Blues começaram o jogo nervosos e com dificuldades para ficar com a bola.

A derrota de 2 a 1 (4 x 2 no agregado) elimina o Chelsea da UEFA Champions League, pelo segundo ano consecutivo nas oitavas, para o Paris Saint-Germain e em Stamford Bridge. No próximo compromisso, os Blues enfrentam o Everton, pela FA Cup, no sábado, 12 de março.

Chelsea começa mal, sofre gol, melhora no jogo e empata

Com Kenedy na lateral esquerda, Pedro no meio de campo e Baba Rahman e Oscar no banco, Guus Hiddink escalou um Chelsea mais ofensivo para tentar surpreender o PSG e tirar a diferença do jogo de ida no Parc des Princes.

Os franceses começaram tocando a bola e melhor que os Blues, mas quem chegou primeiro foi o Chelsea quando, aos dois minutos, Diego Costa girou sobre a marcação e bateu colocado para boa defesa de Kevin Trapp. A resposta do PSG veio aos cinco minutos. Após boa jogada de Lucas, o jogador brasileiro achou Angel Di Maria infiltrando na defesa londrina, o argentino deslocou Thibaut Courtois, mas Branislav Ivanovic conseguiu desviar a bola para escanteio antes de ela entrar no gol.

O PSG continuou pressionando e poderia ter aberto o placar aos oito minutos com Zlatan Ibrahimovic, que driblou Courtois e empurrou para o fundo das redes, mas, estava impedido. Porém, aos 15 minutos, Di Maria achou Ibrahimovic nas costas da defesa, o sueco cruzou forte e rasteiro para Adrien Rabiot que desmarcado só teve o trabalho de empurrar para as redes. Chelsea 0 x 1 PSG.

Diego Costa desloca Trapp e empata o jogo para o Chelsea (Foto: globoesporte.com)

Após muita disputa no meio-campo e poucas chances de lado a lado, os Blues conseguiram ter mais a bola e exercer pressão sobre a defesa dos franceses até que, aos 26 minutos, Eden Hazard desarmou Thiago Motta, a sobra ficou com William que tabelou com o belga e na sequência passou para Diego Costa. O hispano-brasileiro se livrou de Thiago Silva e apenas deslocou o goleiro alemão Trapp. Chelsea 1 x 1 PSG.

Após o empate, o Chelsea seguiu melhor, impedindo a saída de bola do time francês e mais perto da virada aos 39 minutos em contra-ataque rápido que envolveu César Azpilicueta, William, Pedro Rodriguez e Cesc Fábregas, o volante espanhol acabou por finalizar para fora.

Os Blues continuaram pressionando a defesa parisiense e aos 42 minutos após jogada individual de Diego Costa a bola sobrou para Hazard, que finalizou fraco para fácil defesa de Trapp. Com 45 minutos jogados, Diego Costa fez jogada individual e finalizou, após desvio em Thiago Silva, Trapp teve dificuldades para segurar e Marquinhos afastou antes da chegada de Hazard.

Chelsea pressiona, PSG marca, domina e se classifica

O Chelsea iniciou o segundo tempo pressionando a posse de bola do PSG, enquanto os franceses tentavam dar velocidade ao jogo nos contra-ataques, principalmente com Lucas e Di Maria. Aos 55 minutos, o Chelsea poderia ter virado o jogo. Cahill passou para Hazard que fez um corta-luz para Diego Costa. O hispano brasileiro encobriu o goleiro Trapp, mas, o lance foi anulado por impedimento do atacante dos Blues.

Em tentativa de contra-ataque do Chelsea aos 57 minutos, Diego Costa sentiu uma lesão na perna direita e foi substituído por Bertrand Traore. Após a saída do atacante hispano brasileiro o PSG adiantou sua marcação e dificultou ainda mais a saída de bola do Chelsea. A pressão deu resultado.

Com 62 minutos jogados, Rabiot interceptou um passe de John Obi Mikel para Traore e acionou Ibrahimovic, que, sozinho com Courtois, se atrapalhou e já sem ângulo chutou em cima do goleiro belga para ganhar escanteio.

Pedro e Lucas dividem bola, após grande defesa de Trapp (Foto: Chelsea FC)

O Chelsea seguiu tentando virar o placar e pressionando a defesa francesa. Aos 64 minutos William fez jogada individual e finalizou da entrada da área para grande defesa de Trapp, no rebote Hazard bateu no contra pé do goleiro do PSG que fez outra grande defesa.

Como diz aquela velha máxima de “quem não faz leva”, aos 66 minutos após tabelamento de Di Maria e Thiago Motta pelo lado esquerdo de ataque, o argentino cruzou para Ibrahimovic apenas empurrar para as redes. Chelsea 1 x 2 PSG.

Após o gol, os Blues  se abateram e o PSG passou a tocar a bola e deixar o relógio correr. Aos 76 minutos, Hazard também sentindo dores, pediu para ser substituído e saiu para a entrada de Oscar. Após a substituição, quem seguiu melhor foi o time francês, que aos 79 minutos teve a oportunidade de definir o placar. Em infiltração de Di Maria pela esquerda, o argentino cruzou para Ibrahimovic dentro da área. Antes dele chegar, Ivanovic tentou cortar e, se não fosse Courtois, teria marcado contra.

Ao invés de segurar o resultado, o treinador francês adiantou ainda mais o time ao colocar Cavani e Van der Wiel no lugar de Di Maria e Matuidi, na tentativa de definir de vez o placar, porém o jogo ficou insosso com o PSG tocando a bola e o Chelsea, cansado, correndo atrás, mas com dificuldade de exercer alguma pressão.

Ficha Técnica

Estádio Stamford Bridge

Árbitro: Felix Brych

Chelsea (4-2-3-1): Courtois; Azpilicueta, Cahill, Ivanovic (c), Kenedy; Mikel, Fábregas; Pedro, Willian, Hazard (Oscar 76′); Diego Costa (Traore 57′).

Substitutos não-utilizados: Begovic, Baba Rahman, Matic, Loftus-Cheek e Remy.

Técnico: Guus Hiddink

Paris Saint Germain (4-3-3): Trapp; Marquinhos, Thiago Silva, David Luiz, Maxwell; Thiago Motta, Rabiot, Matuidi (Van Der Wiel 89′); Lucas(Pastore 76′), Di Maria (Cavani 81′), Ibrahimovic.

Substitutos não-utilizados: Sirigu, Kurzawa, Stambouli e Augustin.

Técnico: Laurent Blanc

Cartões Amarelos: Rabiot (PSG 34′), Thiago Motta (PSG 40′), Fábregas (CHE 44′), Mikel (CHE 52′), Matuidi (PSG 85′), Ivanovic (CHE 90′)

Compartilhe

Comments

Category: UEFA Champions League

Tags: