Chelsea abre dois de vantagem mas cede o empate contra a Juventus

Juventus estraga noite de Oscar. (Foto: Reuters)

Após a grande glória ao conquistar a última edição da UEFA Champions League, o Chelsea começava sua caminhada em busca da defesa do título contra a atual detentora do título da Séria A italiana. A Juventus conseguiu sagrar-se campeã sem perder nenhum jogo, o que mostra a força do elenco montado por Antonio Conte. A última vez que a Juventus disputou a Champions League foi em 2008, quando foi eliminada justamente pelos Blues, e, agora, queria revanche. O grupo de Chelsea e Juventus conta também com o ucraniano Shakhtar Donetsk e o dinamarquês FC Nordsjælland.

O jogo teve como destaque o brasileiro Oscar. Em sua primeira partida começando como titular na equipe de Roberto Di Matteo, o jogador de apenas 21 anos tomou para si a responsabilidade e respondeu a confiança do treinador, marcando dois gols, o segundo uma pintura. Vidal fez a sua parte pela Juventus, reduzindo o placar. O primeiro tempo foi dominado pelo Chelsea em termos de chances criadas, apesar do domínio de posse de bola da Juventus, com 54%. A partida foi bastante movimentada na primeira etapa.

Já no segundo tempo, o Chelsea tirou o pé do acelerador e acabou por sofrer as consequências. Com boas alterações e uma ressurgência de Marchisio, a Juventus conseguiu o empate. Marchisio fez a assistência a Quagliarella, que não teve problemas em frente a Cech, marcou o gol que definiu o placar da partida. O time italiano dominou boa parte da segunda etapa e poderia ter virado o jogo, não fosse pelo travessão que salvou outro bom chute de Quagliarella. Final de jogo e um placar de 2×2, justo, pelo que foi apresentado na partida.

A próxima partida da Champions League será contra o Nordsjælland no dia 2 de outubro e o Chelsea deve buscar a vitória contra um time inferior tecnicamente. Apesar de jogar fora de casa, os Blues são evidentes favoritos.

Com final de primeiro tempo emocionante, Oscar marca dois gols na primeira partida em que começa jogando

Apito soado, o Chelsea foi quem chegou primeiro ao ataque na partida. Ramires conseguiu sua arrancada clássica e tocou para Torres aos 2 minutos. O espanhol tentou passe para o meio da grande área buscando Hazard mas a defesa afastou para o primeiro escanteio do jogo. Logo em seguida, aos 3 minutos, em nova jogada de Torres, mais um escanteio foi cobrado e David Luiz arrematou de cabeça para as mãos de Buffon.

Ambas as equipes apresentavam formações bem ofensivas, o que resultou em um começo de jogo agitado e bastante correria. As chegadas da Juventus eram travadas pelo bom posicionamento da defesa do Chelsea, e a Velha Senhora não conseguia penetrar a grande área.

Mais um escanteio para o Chelsea aos 12 minutos de jogo. Ramires recebeu a bola na direita de Ivanovic. O brasileiro cruzou de primeira buscando Torres, mas a zaga afastou o perigo. Na jogada seguinte, Giovinco encontrou Marchisio livre no meio do campo, mas novamente o sistema defensivo do Chelsea se mostrou mais eficiente, roubando a bola.

A Juventus conseguiu seu primeiro escanteio em mais uma jogada de Giovinco aos 15 minutos, passando para Vidal, que chutou prensado na defesa do Chelsea. O escanteio foi facilmente defendido pela equipe Blue.

Mais uma jogada de perigo do Chelsea aos 18 minutos. Hazard cruzou da esquerda para Torres, que cabeceou ao chão e a zaga mais uma vez afastou para escanteio. Após a cobrança, os defensores da Juventus conseguiram afastar, mas a posse de bola se manteve com o Chelsea.

Jogada perigosa da Juventus quando Barzagli do campo defensivo fez belo lançamento a Marchisio, que, desmarcado, dominou e invadiu a grande área, mas Cech saiu para fazer a defesa. A bola resvalou e ainda sobrou nos pés de Vucinic na entrada da área, mas o chute saiu prensado e sem perigo.

O Chelsea seguia penetrando facilmente na grande área da Juventus. Em mais uma jogada pela esquerda, Hazard cruzou para o centro da área e encontrou Ramires, que dominou, tentou uma finta e , sem espaço, tocou para Torres. O espanhol se atrapalhou com a bola com a chegada dos defensores e acabou tentando passe para trás buscando Lampard, mas a defesa interceptou.  Até os 26 minutos, o Chelsea dominava a posse de bola com facilidade.

Aos 27 minutos, Lichsteiner recebeu na direita e cruzou para Vucinic, que demorou para bater mas conseguiu um escanteio quando chutou em cima de Terry. Nada de perigo ocorreu na cobrança.

Vucinic teve mais uma chance de marcar aos 29. Ivanovic tentou passe pelo meio e falhou miseravelmente. A bola caiu nos pés de Vidal, que encontrou Vucinic livre pela direita que invadiu a área e bateu firme e com efeito, mas à esquerda de Cech e para fora.

O primeiro gol do jogo saiu dos pés do brasileiro Oscar aos 31 minutos. Hazard pegou a bola pelo canto esquerdo e tocou para Oscar no centro. O brasileiro ajeitou de fora da área e bateu firme. A bola resvalou em Bonucci e enganou completamente o goleiro Buffon, GOL!

Mais um GOL de Oscar apenas dois minutos após o primeiro. Aos 33, o brasileiro recebeu um passe de Ashley Cole em meio a dois jogadores adversários. De primeira, dominou driblando Pirlo com uma meia lua para trás do italiano e, logo em seguida, bateu colocado tirando do alcance de Buffon, marcando um verdadeiro golaço.

A Juventus conseguiu reduzir o placar logo aos 38 minutos. Vidal recebeu boa bola de Marchisio na entrada da grande área e fintou para a esquerda enganando Luiz, batendo em seguida no cantinho para marcar para a Juventus, GOL!

Aos 43 minutos, Torres invadiu a grande área novamente e tocou de calcanhar para Ramires, que chegava logo atrás. O Brasileiro bateu firme de três dedos e Buffon espalmou perto de Oscar, mas o brasileiro não conseguiu o domínio e a bola ficou para a defesa da Juventus. Logo em seguida, Vidal chegou novamente com perigo e bateu pro gol na entrada da área, mas a bola ficou prensada na defesa Blue.

A Juventus teve falta perigosa para bater aos 46 minutos. Pirlo bateu colocado com a classe de sempre, mas a bola não encontrou o alvo, passando perto da trave direita de Cech. Em seguida foi dado o apito final ao primeiro tempo da partida. Apesar do domínio dos Blues, a Juventus ficou mais tempo com a bola nos pés, com 54% da posse.

Juventus ressurge na segunda etapa e consegue o empate com Quagliarella

Os dois times voltaram a campo com as mesmas formações para a segunda etapa. Apesar de mancando, Vidal continuou na partida.

O Chelsea já começou atacando primeiro. Com cruzamento de Hazard pela esquerda ao receber a bola de Torres, Ramires tentou cabecear a bola mas apenas raspou e não conseguiu o arremate.

Com boa troca de passes, o Chelsea buscava rodar o jogo e encontrar uma brecha. Aos 50 minutos, Ivanovic recebeu bola de Lampard e não pensou duas vezes, chutou a gol. A bola pegou um efeito complexo e caiu rapidamente, mas Buffon também foi ao chão para fazer a defesa no cantinho direito de seu gol. No lance seguinte, aos 52 minutos, Lampard sofreu falta na entrada da grande área e ele mesmo bateu forte, mas Buffon espalmou e a defesa da Juventus isolou com rapidez.

Aos 54 minutos, Ramires ficou caído no chão após choque com Buffon. Torres lançou uma bola na área buscando o brasileiro, que tentou o cabeceio e trombou com Buffon. Após o atendimento médico, o jogador voltou ao campo sem problemas.

Mikel fez belo lançamento aos 57 minutos e encontrou Hazard pela esquerda livre. O francês dominou e arrancou em direção ao gol, invadindo a grande área com Barzagli em sua cola. Hazard caiu dentro da área e pediu pênalti, mas o juíz não marcou nada. Na jogada seguinte, aos 59 minutos, Ramires fez falta dura e recebeu o primeiro cartão amarelo do jogo. Giovinco foi para a batida mas não conseguiu acertar o alvo.

Giovinco fez boa jogada individual pela esquerda aos 63 minutos e bateu colocado a gol, mas Ashley Cole, na frente de Cech, cabeceou para fora afastando o perigo. O escanteio batido por Giovinco rendeu uma cabeçada de Lichsteiner, mas a bola foi para fora, tiro de meta para o Chelsea. A Juventus tentava incomodar e rodava a bola em busca de uma abertura. Aos 65 minutos, Marchisio recebeu bola na entrada da grande área e bateu prensado em Terry e a bola foi para escanteio. Em seguida, na saída para o contra ataque do Chelsea, Vidal puxou Oscar e recebeu um cartão amarelo.

Em mais uma chegada da Juventus, que partia para cima, Asamoah fez troca de passes com Vidal e invadiu a grande área dos Blues, mas a defesa conseguiu desarmar a jogada. Em dividida com Bonucci, Oscar sentiu o pé e ficou caído no chão.

Substituição aos 68 minutos. Ramires saiu de campo para a entrada de Ryan Bertrand.

Com 72 minutos jogados, ambas as equipes mostravam menos disposição em manter o ritmo do jogo acelerado. Na tentativa de manter o fôlego da equipe aos 74 minutos, Di Matteo faz a segunda substituição da partida, tirando o destaque do jogo, Oscar, para a entrada de Juan Mata. Em seguida, o treinador Massimo Carrera também faz a sua substituição. Saída de Giovinco para a entrada de Quagliarella.

A temporada de substituições foi aberta, e Isla entrou em campo. Lichsteiner é quem saiu aos 77 minutos. Em seguida, em belíssima jogada de Hazard e Mata, que tabelaram até que o espanhol recebesse a bola dentro da grande área chutando de esquerda e acertando a rede pelo lado de fora. Parte da torcida gritou gol.

Empate da Juventus aos 80 minutos de jogo. Mikel errou passe e deu a posse para Marchisio, que fez belo passe para Quagliarella. O italiano, cara a cara com Cech, bateu entre as pernas do goleiro e marcou.

Quagliarella entrou querendo mudar a cara do jogo. Aos 86 minutos, o italiano recebeu bola na entrada da área e bateu colocadíssimo mirando no ângulo direito de Cech, mas a bola resvalou no travessão. Quase a virada da Juventus.

Mais uma substituição aos 87 minutos, Vucinic saiu para a entrada de Matri. Chelsea tentava pressionar. Em batida de falta, a bola sobra para Torres, que bate dentro da área mas a quantidade de defensores bloqueia a tentativa. A bola ainda sobra para Hazard, mas a jogada não tem sucesso.

A Juventus ficou fechada em seu campo de defesa após o empate. O Chelsea tentava buscar maneiras de invadir a área adversária mas a defesa italiana bloqueava todas as chances. O Chelsea se mantinha praticamente todo no campo de ataque, buscando a vitória.

Com o apito final soado, a Juventus permanece invicta ainda nesta temporada. O destaque da partida fica para Oscar, que marcou dois gols.

Ficha Técnica

Chelsea (4-2-3-1): Cech; Ivanovic, Luiz, Terry, Cole; Mikel, Lampard; Ramires (Bertrand, 68′), Oscar (Mata, 74′), Hazard; Torres

Substitutos: Turnbull, Azpilicueta, Cahill, Bertrand, Romeu, Mata, Moses

Juventus (3-5-2):Buffon; Chiellini, Barzagli, Bonucci; Lichsteiner (Isla, 77′), Marchisio, Pirlo, Vidal, Asamoah; Vucinic (Matri, 88′), Giovinco (Quagliarella, 75′)

Substitutos: Storari, Lucio, Giaccherini, Isla, Marrone, Quagliarella , Matri

Gols: Oscar (31′, 33′), Vidal (38′), Quagliarella (80′)

Cartão amarelo: Ramires (59′), Vidal (65′)

Árbitro: Pedro Proença

Estádio: Stamford Bridge

Público: 40,918

COMENTE!