Cahill - PSG 2x1 - Chelsea

Cahill fala sobre derrota para o PSG: “É apenas metade do confronto”

Gary Cahill voltou a ser titular no jogo contra o PSG na noite de terça-feira (16). Com as lesões de Kurt Zouma e John Terry, o camisa 24 formou dupla bastante segura ao lado de Branislav Ivanovic no centro da defesa.

Impressionado com a linha de frente do Paris Saint-Germain, que foi bem mais perigoso durante o primeiro jogo das oitavas de final da Liga dos Campeões, Cahill deixou o Parc des Princes acreditando que o Chelsea poderia ter mantido o empate no jogo:

“Nós trabalhamos duro. É um lugar muito difícil para ir e jogar. Do início ao fim, foi difícil, mas nos defendemos muito bem durante todo o jogo e o 1-1 teria sido um resultado fantástico para jogarmos em casa.

Estamos desapontados com o gol (sofrido) no final. Nós não estávamos sem chances. O goleiro (Trapp) salvou uma inacreditável cabeçada de Diego (Costa) no início. Se isso tivesse acontecido (o gol), poderia ter mudado a dinâmica do jogo.

Nós buscamos ser sensatos na defesa e tentamos atingi-los quando tivéssemos a oportunidade e nós fizemos isso”.

Esse é o terceiro duelo entre Chelsea e PSG nos últimos três anos e assim como nos outros dois encontros anteriores, o jogo final será, mais uma vez, decidido em Stamford Bridge. Agora, Cahill espera que o fator casa seja preponderante na classificação dos Blues:

“Sabemos que, no final do jogo, é apenas metade do confronto. Sabemos o que temos de fazer em casa. O 1-0 nos classifica. Nós sabemos que eles estão confiantes em casa e vimos o que eles têm feito na liga e na Europa, mas é um lugar diferente para chegar a Stamford Bridge.

O jogo em casa pode ser um pouco diferente e estaremos no ataque. É difícil quando você joga fora. Todo mundo tenta aproveitar sua oportunidade quando está jogando em casa e o gol fora de casa é enorme. Terminar a segunda parte do confronto em casa é uma vantagem para nós”.

Compartilhe

Comments

Category: UEFA Champions League

Tags: