Pós-Rodada #30: derrota em casa pouco ameaça, mas chama a atenção na briga pela Premier League

A 30ª rodada da Premier League não foi como imaginava-se em Stamford Bridge. A partida contra o Crystal Palace era uma boa oportunidade para abrir maior vantagem na liderança, considerando ainda os compromissos dos rivais diretos nas primeiras colocações.

Porém, os comandados de Antonio Conte foram surpreendidos e sofreram a virada dentro de casa. Somando ainda a vitória do Tottenham sobre o Burnley e o empate entre Arsenal e Manchester City, a vantagem dos Blues na liderança ficou em nove pontos ao fim da rodada.

Jogos da Rodada

Liverpool 3×1 Everton

O Merseyside Derby não podia ser melhor para o Liverpool. Em grande atuação, os Reds venceram o clássico com autoridade e assumiram a terceira posição na tabela.

Ao contrário da maioria das equipes, o Liverpool já jogou 30 partidas, e agora está a dez pontos de distância do Chelsea. Na pior das hipóteses, a equipe de Jurgen Klopp cai uma posição após o número de partidas se igualar. A situação do Everton não é tão boa. Também com 30 jogos, os azuis de Liverpool estão na sétima posição, e brigam apenas por vaga nas competições europeias, com foco na UEFA Europa League.

Chelsea 1×2 Crystal Palace

Os Blues tiveram o resultado mais inesperado da rodada. Em casa e contra um time ameaçado de rebaixamento, o Chelsea abriu o placar nos primeiros minutos de jogo, com Cesc Fàbregas. Antes mesmo dos 20 minutos jogados, o Palace já tinha virado o jogo, e com gol de quem não balançava as redes há dois meses: Benteke.

Os Eagles ainda estão em perigo, mas cada ponto conquistado é um alívio na luta contra o descenso – atualmente estão em 16º. Os Blues ainda respiram com folga. Com nove pontos de vantagem e nove partidas a jogar, os londrinos só dependem de si para levantar mais um troféu da Premier League.

Manchester United 0x0 West Bromwich

Os Red Devils não vivem um bom momento, e a crítica não vem de hoje. Nem tudo é um desastre, pois o United perdeu poucos jogos em sua sequência recente. O problema está nos empates, que assombram Old Trafford. Os vermelhos de Manchester somam 11 empates em 28 jogos – o maior número do campeonato, junto com o Middlesbrough, vice-lanterna.

Após mais esse empate, o United chega a 53 pontos e ocupa a quinta colocação. Já o West Bromwich está em situação, de certa forma, confortável. a equipe tem 44 pontos e está em oitavo, posição muito boa para as pretensões do time.

Leicester City 2×0 Stoke City

Após a demissão de Claudio Ranieri, os atuais campeões esboçam alguma reação na Premier League. Há poucos meses, os Foxes estavam ameaçados de rebaixamento e não tinham perspectiva de melhora, conciliando ainda os jogos nacionais com a UEFA Champions League.

Agora, o Leicester já está em 13º, e caminha para se manter na elite do futebol inglês. O Stoke City já está em situação mais segura, e ocupa a nona colocação na tabela.

Watford 1×0 Sunderland

O jogo marcou o encontro entre equipes da parte de baixo da tabela. A vitória colocou o Watford em um posição mais confortável no campeonato, e agora a equipe corre menores riscos ao ocupar a 12ª posição. Já o Sunderland parece não ter escapatória. A equipe do norte da Inglaterra ocupa a lanterna e não é de hoje, e se afunda a cada rodada. Restando nove jogos, os Black Cats precisam de nove pontos para superar seus adversário na luta contra a queda.

Burnley 0x2 Tottenham

O Tottenham conquistou uma importante vitória, e não desiste do título inglês. Aproveitando ainda da derrota do Chelsea em casa, os Spurs se impuseram sobre o Burnley seguem na caça ao líder, com sete pontos a menos e nove jogos restantes.

O Burnley ainda está em situação de risco. Em 15º, os Clarets estão cinco pontos acima da zona de rebaixamento e, ao contrário de alguns rivais diretos na tabela, tem apenas oito jogos até o fim do campeonato.

Hull City 2×1 West Ham 

No jogo de dois times assombrados pela zona de rebaixamento, melhor para o time de Hull. Os Tigers conquistaram apenas sua sétima vitória no campeonato e continuam em 18º, primeira posição dos times rebaixados. O West Ham está melhor, mas não pode comemorar nada. Em 14º, os Hammers têm seis pontos de vantagem exatamente sobre o Hull, primeiro time da zona de rebaixamento.

Southampton 0x0 Bournemouth

No confronto entre as duas equipes do meio da tabela, ninguém saiu no lucro. O empate manteve Southampton e Bournemouth com as mesmas pontuações, mesmo número de vitórias e de empates. Pelo saldo de gols, os Saints levam vantagem e ocupam a 10ª posição.

Swansea City 0x0 Middlesbrough

O empate entre a equipe de Gales e o Boro foi péssimo para ambos. Na luta contra o rebaixamento, as duas equipes têm chances reais de jogar a Championship em 2017/18. Pior Para o Middlesbrough, que é o vice-lanterna e precisa de cinco pontos para alcançar exatamente o Swansea, 17º colocado com 28 pontos.

Arsenal 2×2 Manchester City

O grande jogo da rodada não teve vencedor, e beneficiou apenas o líder Chelsea. Em meio a uma grave crise e pedidos insistentes pela saída do técnico Arsene Wenger, os Gunners saíram perdendo, mas buscaram um ponto dentro de casa.

Com o fim da rodada, os londrinos terminaram em sexto lugar, com 51 pontos e chances de briga apenas por vaga nas competições europeias. Os Citizens lamentaram o empate, e foram ultrapassados pelo Liverpool. Agora ocupam a quarta posição, com 58 pontos, 11 a menos que o Chelsea.

Classificação

Artilharia

Melhor Ataque/Defesa

Liverpool – 64 gols marcados

Tottenham – 21 gols sofridos

Lucas Sanches

Eterno projeto de jornalista. Apaixonado por futebol e viúvo do Fernando Torres. Hazard é o melhor jogador do mundo. Twitter: sanches_07