Lukaku marca hat-trick pela Bélgica; Com Nathaniel Chalobah, Inglaterra perde para o Brasil no Torneio Toulon

Romelu Lukaku marca hat-trick pela Bélgica (Foto: Chelsea FC)

Romelu Lukaku marca hat-trick pela Bélgica (Foto: Chelsea FC)

Em uma noite inspirada e inesquecível, Romelu Lukaku marcou um hat-trick jogando pela Bélgica numa confortável vitória de 5-1 sobre Luxemburgo, em Genk. O atacante do Chelsea, depois de uma impressionante temporada emprestado ao Everton, deu a Bélgica a liderança no placar depois de apenas três minutos e restaurou a vantagem da seleção aos 20 minutos depois de Luxemburgo ter empatado.

Lukaku completou o seu hat-trick aos oito minutos do segundo-tempo depois de vencer dois zagueiros e chutar no canto inferior do gol, antes de Nacer Chadli e o ex-azul Kevin De Bruyne acrescentaram seus nomes ao placar.

Eden Hazard iniciou o jogo, mas foi retirado no intervalo, substituído por por Adnan Januzaj, do Manchester United. Thibaut Courtois foi poupado por ter jogado a final da Liga dos Campeões no sábado para o clube de empréstimo, o Atlético Madrid.

Dois jogadores do Chelsea estavam envolvidos no Torneio Toulon com o Brasil que derrotou a Inglaterra por 2-1 , no Grupo B. Nathaniel Chalobah, suplente não utilizado durante o primeiro jogo da Inglaterra na competição, começou no meio-campo, com a equipe de Gareth Southgate mal no jogo.

O Brasil assumiu a liderança depois de apenas oito minutos, quando uma confusão na defesa inglesa permitiu que Allison marcasse. Os três leões responderam bem ao ficar atrás. Chalobah escapou de ferimentos graves depois de ser chutado no rosto por Doria, do Brasil, que recebeu um cartão amarelo. Seis minutos para o segundo-tempo e o Brasil dobrou sua vantagem quando Lucas Silva aproveitou uma bola perdida e finalizou bem.

Pouco antes da hora, um outro jogador do Chelsea foi introduzido, Lucas Piazon substituiu Thalles para o Brasil. James Ward-Rowse marcou o único gol da Inglaterra, com uma impressionante cobrança de  falta aos 19 minutos do segundo tempo. E agora são três vitórias em três partidas para o Brasil, que joga o sua partida final do grupo contra o Qatar na sexta-feira.

A Inglaterra de Josh McEachran, que foi suplente não utilizado, terá a esperança de voltar a vencer quando enfrentar a Coréia do Sul na quarta-feira.

Na Elite Round de classificação para o Campeonato da Europa Sub-19, Lewis Baker foi o herói da Inglaterra, pois veio de trás para bater a Escócia por 2-1. O meio-campista do Chelsea marcou dois gols num espaço de seis minutos no segundo tempo para virar o jogo depois da Escócia ter uma vantagem inicial. Baker já marcou três gols no dois primeiros jogos de classificação, depois de marcar um gol de pênalti na vitória por 6-0 de sábado sobre Montenegro. Ola Aina também completou aos 90 minutos, enquanto Ruben Loftus-Cheek ficou 19 minutos fora do banco. John Swift foi suplente não utilizado.

Em outra parte da Elite Round de classificação, Isak Sswankambo jogou os 90 minutos enquanto a Suécia registrava uma impressionante vitória por 3-1 contra a Itália. O resultado os leva para o segundo lugar do Grupo 2, três pontos atrás da líder Bulgária. Suécia joga contra a República Tcheca na quinta-feira.

No domingo (ontem), Demba Ba fez parte do time de Senegal que bateu Kosovo 3-1 em um amistoso.

Christian Cuevas, por sua vez, jogou pelo Chile que obteve um empate por 3-3 contra a China no Torneio Toulon. Cuevas jogou 70 minutos antes de ser substituído por Guillermo Diaz.

Julia Lourenço