sunday-international-round-up.img

Jogadores do Chelsea entram em campo por suas seleções na Europa e África

A atual pausa nos campeonatos europeus significou a realização de mais uma data FIFA. Desta vez, de grande importância, considerando o início das eliminatórias europeias para a Copa do Mundo de 2018, na Russia. Vários jogos da rodada contaram com jogadores do Chelsea, que fizeram sua parte e garantiram bons resultados para suas seleções.

A Inglaterra começou sua jornada – de técnico novo – em visita à Eslováquia. Com um gol nos últimos minutos, o English Team saiu vitorioso na partida mais difícil do grupo, segundo os próprios jogadores. Titular na defesa, Gary Cahill fez uma partida sólida e correspondeu quando exigido.

Pela seleção da Bélgica, Eden Hazard e Thibaut Courtois foram titulares na vitória contra Chipre, por 3 a 0. Michy Batshuayi também jogou, vindo do banco de reservas para os vinte minutos finais. Ele poderia ter feito mais, se não tivesse perdido um pênalti, que obviamente não influenciou no resultado. Pelo mesmo grupo, Asmir Begovic jogou os 90 minutos pela Bósnia na vitória sobre a Estônia, por 5 a 0.

Goleiro da Bósnia não sofreu gols em sua partida (Foto: Chelsea FC)
Goleiro da Bósnia não sofreu gols em sua partida (Foto: Chelsea FC)

Outro que jogou toda a sua partida foi N’Golo Kante. A França empatou fora de casa com Belarus, e o meia fez dupla com Paul Pogba num jogo de poucas oportunidades.

Recém contratado e ainda não utilizado, Eduardo foi um dos Blues que não saiu de campo feliz. O arqueiro de Portugal sofreu dois gols na derrota de sua seleção para a Suíça, por 2 a 0.

Na goleada da Espanha sobre Liechtenstein por 8 a 0, Diego Costa foi um dos destaques, marcando dois gols. O outro Blue convocado foi Cezar Azpilicueta, que acabou não jogando.

Pela Sérvia, Branislav Ivanovic participou do empate frustante em casa contra a República da Irlanda, por 1 a 1. Por outro lado, Nemanja Matic estava suspenso e não pôde ser relacionado.

Jogadores emprestados também entrama em campo. Andreas Christensen estreou pela Dinamarca jogando os 90 minutos da vitória simples sobre a Armênia. Ainda na defesa, Tomas Kalas não foi utilizado pela República Tcheca, que empatou sem gols em casa, contra a Irlanda do Norte.

Na África, Burkina Faso conquistou um resultado de grande expressão. Com a participação de Bertrand Traoré, Burkina marcou um gol aos 100 minutos de jogo e venceu Botswana, garantindo sua vaga na próxima Copa Africana de Nações.

Diego Costa disputa bola em goleada espanhola (Foto: Chelsea FC)
Diego Costa disputa bola em goleada espanhola (Foto: Chelsea FC)

As seleções de base também jogaram neste intervalo de datas FIFA. Pelo Sub-20, Fikayo Tomori participou da derrota da Inglaterra para o Brasil, por 2 a 1.  Tammy Abraham e Izzy Brown, lesionados, não jogaram. No Sub-19, a Inglaterra também foi derrotada, desta vez por 1 a 0 para a Bélgica. Trevoh Chalobah e Dujon Sterling jogaram os 90 minutos, enquanto Jay Dasilva foi substituído 15 minutos antes do fim.

O irmão mais novo de Jay, Cole, jogou pela seleção Sub-19 do País de Gales, que perdeu por 2 a 1 para a Islândia. Curiosamente, o gol da vitória islandesa foi marcado pelo filho do ex-Blue Eidur Gudjohnsen, Svein Aaron. Pela seleção inglesa Sub-18, Mason Mount participou de todos os minutos da goleada sobre Israel, por 5 a 1.

 

 

Compartilhe

Comments

Category: Jogos Internacionais

Tags: