Hazard decide, Chelsea vira pra cima do Liverpool e avança na Carabao Cup

O Chelsea foi a campo nessa quarta (26) para enfrentar o Livepool em Anfield, em jogo válido pela Carabao Cup, a famosa Copa da Liga. Os Blues triunfaram para cima dos Reds pelo placar de 2 a 1. Os gols foram marcados por Emerson e Eden Hazard pelo lado do Chelsea, enquanto o tento do Liverpool foi marcado por Daniel Sturridge. Com a vitória, os Blues avançam para a próxima fase.

Maurizio Sarri e Jurgen Klopp mandaram times mistos a campo. Pelo lado do Chelsea, Moses voltou a figurar na equipe titular, atuando como Winger, abandonando a antiga função de ala no time de Antonio Conte. Morata foi titular mais uma vez e deixou a desejar no comando de ataque dos Blues.

Primeiro tempo disputado e placar inalterado

Klopp elogiu o trabalho precoce de Sarri a frente do Chelsea (Foto: Getty Images)

Os Blues começaram o jogo se impondo sobre os rivais e dominando as ações nos primeiros minutos, mas sem levar muito perigo à meta de Mignolet. O Liverpool se mantinha mais recuado, apesar de estar jogando em casa. O time de Sarri tentava impor seu jogo de posse de bola para cima dos donos da casa.

A primeira grande chance do jogo foi do Chelsea, em jogada que surgiu do pés de Cesc Fàbregas aos 17′. Após troca de passes no meio de campo, o espanhol aplicou um lançamento primoroso para o compatriota Álvaro Morata. O atacante se adiantou ao defensor, dominou e tentou um toque por cima, mas Mignolet defendeu. Dois minutos depois, Morata recebeu bola de William dentro da área, limpou o marcador e chutou forte contra a meta adversária, mas o arqueiro belga fez mais uma boa defesa.

O Chelsea mantinha o domínio da posse de bola e por vezes o Liverpool atacava com boas subidas, mas assim como os Blues, não conseguiam levar muito perigo à meta de Caballero. Os visitantes eram mais agressivos até então, mas já na marca dos 30′, o Chelsea tocava a bola e o Liverpool subia a marcação, dificultando a saída e evolução do jogo dos comandados de Sarri.

Os Reds levaram perigo aos 34′ em jogada confusa dentro da área. Após disputa de bola no meio de campo, a posse sobrou pra Mané na ala esquerda, que foi até a linha de fundo e cruzou com perigo para a grande área. No entanto, a defesa dos Blues afastou o perigo após ela passear com perigo na grande área.

Dois minutos depois, foi a vez de Keita criar grande oportunidade para os donos da casa. Em saída rápida de contra ataque, o volante carregou até a entrada da área, se livrou da marcação e aplicou um lindo chute de fora da área, mas Caballero voou para fazer uma defesa monumental e manter o 0 a 0 no placar.

O Liverpool gostou do jogo e em mais uma jogada de contra ataque, aos 38′, levou muito perigo aos Blues. Shaqiri recebeu livre na ala direita, limpou a marcação e cruzou para Mané que apareceu sozinho na área para cabecear no contra pé do arqueiro Argentino, que mostrou grande elasticidade para fazer mais uma grande defesa na partida.

Segundo tempo elétrico e virada do Chelsea nos minutos finais

Hazard marcou um golaço em Anfield que deu a vitória aos Blues (Foto: Getty Images)

Apenas aos 30 segundos do segundo tempo, Christensen recuou muito mal para Caballero e a bola sobrou para Sturridge, que sozinho driblou o goleiro e… perdeu o gol! Chance incrível desperdiçada pelo atacante inglês nos primeiros instantes do jogo. Aos 46′, foi a vez do Chelsea desperdiçar uma ótima chance. William cruzou e colocou a bola na cabeça de Álvaro Morata na grande área, que se adiantou à marcação e cabeceou por cima da meta de Mignolet.

Os donos da casa quase abriram o placar mais uma vez aos 51′ após erro do Chelsea. Barkley recuou mal e a bola ficou com Mané dentro de área, que foi atrapalhado por Moses e não conseguiu finalizar como queria, facilitando a defesa de Caballero. O Liverpool ensaiava uma pressão para cima dos Blues.

Sarri resolveu mexer no time aos 55′, mandando Eden Hazard a campo no lugar do brasileiro William. Aos 58′, o Liverpool pressionou a saída de bola do Chelsea. Na tentativa de sair tocando, Azpilicueta errou e a bola sobrou para Keita na grande área, que ajeitou e chutou colocado para a meta de Caballero. O arqueiro fez uma boa defesa, mas espalmou para a entrada da área, onde Sturridge aplicou um bonito voleio para abrir o placar para os donos da casa.

Passados 15 minutos do segundo tempo e o Chelsea não conseguia repetir as ações do primeiro tempo, com o Liverpool pressionando muito a saída de bola e dificultando o estilo de jogo dos Blues e forçando o erro dos visitantes. O jogo ficou burocrático e sem

O Chelsea empatou a partida aos 78′. Hazard cruzou para a área em cobrança de falta e Barkley desviou, obrigando Mignolet a fazer grande defesa, mas a bola sobrou para Emerson, que só fez empurrar para o fundo das redes para empatar a partida para os Blues.

Os visitantes aproveitaram o embalo para tentar uma virada, mas foi o Liverpool que quase tomou a frante novamente aos 83′. Sturridge pegou muito bem de fora da área e a bola carimbou o travessão de Caballero, levantando suspiros da torcida.

No entanto, aos 85′, Eden Hazard chamou a responsabilidade pra si e fez uma pintura em Anfield. O belga se livrou dos marcadores na ala direita, invadiu a área e limpou lindamente o defensor do Liverpool para mandar uma bomba para a meta de Mignolet e colocar o Chelsea a frente do placar. Golaço!

Após ficar atrás no placar, Klopp mandou Salah a campo aos 86 no lugar do brasileiro Fabinho. O Liverpool tentou pressionar os Blues atrás do empate. O Chelsea segurava muito bem a bola, tanto na defesa, quanto no ataque. Foram 5 minutos de acréscimo e uma eternidade até o juiz apitar

Ficha Técnica:

Chelsea (4-3-3): Caballero; Azpilicueta, Cahill (C), Christensen (David Luiz 73′), Emerson; Kovacic (Kanté 64′), Fàbregas, Barkley; William (Hazard 56′), Morata, Moses.

Reservas não-utilizados: Bulka, Zappacosta, Jorginho, Hudson-Odoi

Liverpool (4-3-4): Mignolet, Moreno, Lovren, Matip, Clyne; Fabinho (Salah 87′), Milner (Henderson 60′), Keita; Shaqiri, Sturridge, Mané (Firmino 71′)

Reservas não-utilizados: Grabara, J. Gomez, C. Jones, Solanke

Gols: Sturridge 58′ (LIV), Emerson 79′ (CHE), Hazard 85′(CHE)

Túlio Henrique