Mesmo com a vitória, treinador continua insatisfeito com arbitragem (Foto: Chelsea FC)

Mourinho comenta primeira vitória na Premier League: “Foi difícil, mas merecido”

Mesmo com a vitória, treinador continua insatisfeito com arbitragem (Foto: Chelsea FC)
Mesmo com a vitória, treinador continua insatisfeito com arbitragem (Foto: Chelsea FC)

Em visita ao West Bromwich Albion, o Chelsea conquistou sua primeira vitória na Premier League 2015/16. O jogo foi marcado – mais uma vez – por polêmicas com a arbitragem e o destaque foi para a boa atuação dos espanhóis Pedro, Diego Costa e Cezar Azpilicueta, autores dos gols blues no jogo.

Após a partida, o treinador José Mourinho comentou o desafio dramático da partida, assim como mais uma situação de jogador expulso:

“Merecemos a vitória.” – comentou Mourinho. “Foi difícil, mas merecido.”

“O placar de 3 a 1 já estava apertado com 11 contra 11, considerando as chances que criamos, os espaços encontrados e a forma que atacamos. Daí ficamos com um a menos – estamos ficando experientes nisso – e conseguimos nos adaptar bem, mas sofremos o gol e depois tivemos as melhores oportunidades de marcar.”

“Estou feliz por termos controlado o jogo e pelo espírito dos jogadores, eles realmente queriam vencer.”

Mourinho também foi perguntado sobre a estreia do espanhol Pedro, que marcou um gol e distribuiu uma assistência:

“Ele é muito bom jogador. Existe sempre aquela dúvida sobre bons jogadores que chegam na Premier League e não conseguem o resultado esperado imediatamente. Temos exemplo no nosso clube e também em outros clubes, então é muito legal para ele chegar e jogar como jogou.”

“Já esperava que ele jogasse daquela maneira porque ele teve uma ótima pré-temporada, e jogou três partidas oficiais. Ele chegou com minutos jogados e intensidade, então não era uma questão de condicionamento, era uma questão de entendimento da nova realidade.”

“Fizemos treinos táticos todos os dias desde que Pedro chegou, para ele tentar entender o time e vice-versa. Foi uma ótima apresentação.”

Ainda sobre o jogo, Mourinho falou da expulsão de John Terry (sua primeira na Premier League desde 2010). O capitão blue foi excluído da partida ao derrubar Salomon Rondon fora de campo.

“Prefiro focar em nós. Em vez de falar sobre a expulsão, poderia falar de muitas outras coisas do jogo, algumas que vocês viram, e outras que eu vi.”

“Tenho que fazer o que está em minhas mãos, que é treinar. Temos que treinar 10 contra 11. Já fizemos isso algumas vezes no Canadá. Temos que fazer mais vezes para saber o que fazer com 10 homens quando estamos vencendo, perdendo, ou perseguindo o resultado.”

“A diferença entre hoje e o jogo contra o Swansea é exatamente essa. Naquele dia, tínhamos 10 em campo e queríamos mudar o resultado. Hoje tínhamos 10 e queríamos mantê-lo.”

Compartilhe

Comments

Category: English Premier League

Tags: