Chelsea-Chelsea-News-Chelsea-Result-Chelsea-Score-Chelsea-Goals-Chelsea-Highlights-Chelsea-v-West-Brom-Guus-Hiddink-634485

Embora desapontado, Hiddink aceita o empate, em casa, contra o WBA: “Foi um resultado justo”

Chelsea-Chelsea-News-Chelsea-Result-Chelsea-Score-Chelsea-Goals-Chelsea-Highlights-Chelsea-v-West-Brom-Guus-Hiddink-634485
Mais uma noite desapontante para os comandados de Hiddink (Foto: Getty Images)

Após mais um jogo frustrante para as pretensões do Chelsea na Premier League, Guus Hiddink refletiu sobre o que acabou por ser uma noite decepcionante para os Blues depois de sofrer o empate no minuto 86 contra o West Bromwich, em Stamford Bridge. O empate em 2 a 2 mantém o Chelsea na modesta 14ª colocação, com o sonho do quarto lugar praticamente se tornando um enorme pesadelo.

César Azpilicueta tirou o zero do placar depois do cruzamento de Branislav Ivanovic cruzar a área adversária e chegar ao espanhol. Em erro de Pedro, Graig Gardner roubou a bola, carregou para perto da meta de Thibaut Courtois e chutou sem que houvesse chance de defesa do goleiro belga. Na segunda etapa os Blues alcançaram a liderança no placar com o gol contra de Gareth McAuley, mas os visitantes conseguiram buscar o empate com James McClean, já no final do jogo.

Para Hiddink, o time deveria ter capitalizado sua superioridade na primeira etapa da partida, quando após abrir o placar, houve algumas oportunidades para deixar o marcador ainda mais favorável para os mandantes. Apesar do time buscar a vitória, o técnico holandês considerou como justo o empate:

“No final, acho que foi um resultado justo, embora no primeiro tempo, depois do 1 a 0, tivemos algumas chances para fazer o 2 a 0, o que não aconteceu. Então sofremos um gol infeliz, no qual nós os deixamos penetrar com muita facilidade. Eles marcaram com dois chutes de fora da área e eram gols fáceis (de se evitar). O resultado é o resultado”.

Hiddink disse entender a frustração da torcida com o 2 a 2. O treinador interino afirmou ainda que gostou do jogo, mas que queria mesmo era a vitória para coroar uma semana repleta de bons resultados:

“A torcida sempre quer ganhar, mas foi um jogo muito divertido, de alta intensidade, alta velocidade e ritmo elevado de ambos os lados, mas no final nós gostamos de ganhar. Especialmente com a semana temos. Nós estamos na próxima fase da FA Cup e temos o jogo contra o Everton no sábado (16). Teria sido a semana perfeito se pudéssemos ter vencido todos os três (jogos), o que era nosso objetivo”.

O brasileiro Kenedy entrou no lugar de Pedro para a segunda parte do jogo e foi fundamental ao participar da jogada do segundo do Chelsea, além de buscar o jogo e finalizar com perigo na meta adversária. Hiddink aproveitou para falar dos meninos blues:

“Nós não antecipamos muito bem a perda da bola (no primeiro gol). Estamos agora em um período em que queremos dar aos jovens algumas chances. Kenedy é um cara jovem e esteve envolvido em nosso (segundo) gol. No último jogo nós trouxemos (Ruben) Loftus-Cheek e de vez em quando eles devem ter essa experiência”.

O chefe dos azuis comentou sobre a batalha que ocorreu entre Diego Costa e os defensores West Bromwich e disse que o time precisa melhorar seu aproveitamento nos jogos dentro de casa. Na atual temporada, pela Premier League, foram 11 partidas disputas com apenas quatro vitórias, três empates e quatro derrotas, tendo o time marcado 17 vezes e levado 16 tentos.

“Eles estavam desafiando uns aos outros. Havia um pouco de provocação, mas esse é a característica do WBA. Eu não vejo quaisquer coisas ruins. Enquanto for possível, matematicamente,  alcançar o quarto lugar, vamos focar nisso. Temos que vencer todos os nossos jogos em casa, pelo menos. Precisamos de uma média de 2,8 pontos, o que é difícil. Você tem que vencer seus jogos em casa”, finaliza.

Compartilhe

Comments

Category: English Premier League

Tags: