Em Stamford Bridge, Chelsea vence Watford em jogo recheado de gols

Na primeira partida após a conquista do título antecipado da Premier League 2016/17, o Chelsea jogou em Stamford Bridge e venceu mais um jogo. No confronto entre os Blues e o Watford, que aconteceu nesta terça-fera (15/05), sete gols foram marcados, e o placar final foi de 4 a 3 para os donos da casa.

O técnico Antonio Conte mesclou o time com jogadores experientes e jovens. O resultado foi positivo, o campeão conquistou mais três pontos e está dez à frente do vice-líder, Tottenham Hotspur. Jovens atletas como: Nathan Aké, Nathaniel Chalobah, Michy Batshuayi, Ola Aina e Kurt Zouma fora utilizados e fizeram boa partida. O ídolo da camisa 26, John Terry, foi quem abriu o placar e mais uma vez foi protagonista com a camisa azul.

Primeira etapa da partida com a superioridade azul em Stamford Bridge

Quando os vencedores do campeonato inglês entraram em campo, passando pelo tradicional “corredor” feito pelo time adversário, que aplaudia, a torcida dos Blues cantou e apoiou o time.

O jogo começou com pressão do Chelsea, no campo do adversário. A primeira boa jogada do duelo começou com Willian, pela direita, que levou e passou pela marcação, tocou atrás para Eden Hazard, que bateu com firmeza, mas a bola parou na zaga. Até os dez minutos, o Watford fazia dura marcação e já colecionava dois cartões amarelos. Aos 11, Willian cobrou falta e levantou na área, mas o goleiro Gomes saiu e segurou. Hazard também tentou boa jogada pelo lado esquerdo, puxou para a perna direita e foi travado. Com 20 minutos, Chalobah deu um passe de calcanhar, com categoria, Batshuayi recebeu e bateu, a bola desviou e o escanteio foi marcado.

Era o momento de Terry mais uma vez balançar as redes pelo seu time. Vinte e um minutos de jogo e Willian cobrou escanteio, a bola ficou viva e o capitão, dentro da pequena área, deslizou e com um chute forte, colocou a “redonda” dentro do gol e abriu o placar.

Terry bate no peito, e no escudo, em comemoração de gol pelo Chelsea (Foto: AP)

Três minutos depois, o Watford diminuiu com Capoue. A jogada partiu do lado esquerdo do campo, a bola foi levantada na área e Aké subiu de cabeça. Terry fez o mesmo, mas errou e a bola parou na testa do atacante, que estufou as redes e empatou o placar.

Aos 29, Kanté fez belo lançamento, que partiu do meio do campo para Hazard. O camisa 10 matou e tentou driblar o goleiro, mas Gomes, com segurança, recuperou a bola. Trinta e um minutos e novamente Hazard fez jogada de ataque, recebeu pelo lado esquerdo, puxou para a perna direita e bateu mas a trave estava no meio do caminho.

Três minutos depois, o belga tocou para o brasileiro Kennedy, o ala tentou o cruzamento e ganhou escanteio. Hazard cobrou, a bola foi desviada e caiu nos pés de Azpilicueta, o espanhol mirou o canto esquerdo e bateu rasteiro, mas com força, o Chelsea liderou retomou a liderança do placar.

Jogo equilibrado e placar desempatado com Fàbregas nos últimos minutos

A etapa complementar da partida foi iniciada com a ampliação do placar para o time de Stamford Bridge. Com 48 minutos, Kennedy bateu de fora da área, Aké matou e com calma e categoria, deu assistência para Batshuayi, livre, marcar o segundo dele em duas partidas seguidas pela Premier League – o atacante foi o autor do gol que garantiu o título antecipado. Mas o Watford mais uma vez mostrou seu poder de reação e diminuiu dois minutos depois – Janmaat recebeu na área e fez um golaço.

Aos 64 minutos, Kanté tabelou com Azpilicueta e invadiu a área, acertou bom passe para Batshuayi, que segurou, girou e bateu bem, mas Gomes fez mais uma grande defesa. O goleiro apareceu mais uma vez em chute de Azpilicueta, aos 69 minutos. O empate do time visitante chegou aos 73 minutos. Cleverley levantou e a zaga não se livrou bem da jogada perigosa, a bola caiu nos pés de Okaka, que bateu direto e igualou tudo.

Após vitória em Stamford Bridge, os jogadores do Chelsea comemoraram com Antonio Conte. (Foto: Reuters)

O Chelsea buscava a vitória dentro de casa, com sua torcida no apoio. Conte colocou Fàbregas em campo e os Blues pressionaram com Terry de cabeça, mas não marcaram. Aos 87 minutos, Willian entrou na área do Watford pelo lado direito, pedalou, brecou e deu uma assistência para o camisa 4, bem posicionado e recém-chegado no jogo, bater com categoria e levantar os fãs do campeão.

Gols da Partida

 Ficha Técnica

Chelsea (3-4-3): Asmir Begovic; Kurt Zouma, John Terry (C) e Nathan Aké; César Azpilicueta, N’Golo Kanté, Nathaniel Chalobah (Cesc Fàbregas 78′) e Kennedy (Ola Ainda 75′); Willian, Eden Hazard e Michy Batshuayi (Pedro 83′).

Reservas não utilizados: Eduardo, Marcos Alonso, Gary Cahill e Diego Costa.

Watford (3-5-2): Gomes; Mariappa, Daryl Jamaat e Sebastian Plodl; José Holebas, Tom Cleverley, Valon Behrami, Abdoulaye Doucouré, e Nordin Amrabat;  Étienne Capoue (Troy Deeney 90′) e M’Baye Niang (Okada 71′).

Reservas não utilizados: Pantilimon, Mason, Zúñiga e Pereira.

Gols: John Terry 21′ (CHE), Capoue 24 (WAT), Azpilicueta 35′ (CHE), Batshuayi 48′ (CHE), Okada 73′ (WAT) e Fàbregas 87′ (CHE).

Cartão Amarelo: Holebas 03′ (WAT), Amrabat 10′ (WAT), Aké 29′ (CHE), Chalobah 57′ (CHE), Prodl 82′ e 91′(WAT).

Cartão Vermelho: Sebastian Plodl (WAT).

Estádio: Stamford Bridge.

Category: English Premier League

Tags:

Article by: Thiago D'Almeida