13076680_951932444925981_8486724495842817057_n

Em jogo que pode valer o título inglês ao Leicester, Chelsea recebe Tottenham

Após vencer o Bournemouth na última rodada da Premier League, 4×1, o Chelsea volta a entrar em campo nesta segunda-feira (02). Atuando em Stamford Bridge, os Blues recebem o Tottenham, que ainda luta pelo título da competição. Eventual tropeço dos Spurs, até mesmo um empate, coloca um ponto final na luta pela conquista e consagra o Leicester City. O encontro acontece às 16h00 (horário de Brasília) e terá transmissão do canal ESPN Brasil. Você também acompanha tudo sobre o encontro em nosso twitter, o @Chelseabrasil.

Terry pode voltar ao time

Recuperado de lesão o capitão do Chelsea, John Terry, pode voltar ao time no derby contra o Tottenham. Além dele, Gary Cahill, que, doente, ficou afastado da última partida está à disposição do treinador Guus Hiddink e pode voltar a ser titular. Por outro lado, Thibaut Courtois completará sua suspensão de duas partidas, enquanto os franceses Loïc Rémy e Kurt Zouma são baixas confirmadas em razão de lesões.

Dier é dúvida e Dele Alli está suspenso

O treinador do Tottenham, Mauricio Pochettino, terá problemas para escalar seu meio-campo. Em recuperação, o volante Eric Dier não tem presença confirmada e, suspenso por três jogos, Dele Alli está fora. Além deles, quem também desfalca os Spurs é o volante argelino Nabil Bentaleb, que sofreu lesão no tornozelo.

Prováveis escalações

Chelsea (4-2-3-1): Begovic; Ivanovic, Cahill, Terry (Baba Rahman), Azpilicueta; Mikel, Fàbregas; Willian, Hazard, Pedro; Diego Costa. Téc.: Guus Hiddink

Tottenham (4-2-3-1): Lloris; Walker, Alderweireld, Vertonghen, Rose; Mason (Dier), Dembele; Lamela, Eriksen, Son (Chadli); Kane. Téc.: Mauricio Pochettino

Entrevistas Pré-Jogo

Guus Hiddink (Chelsea)

Hiddink espera um Chelsea mais forte na próxima temporada (Foto: Chelsea FC)
Hiddink espera um Chelsea mais forte na próxima temporada (Foto: Chelsea FC)

Em sua coletiva Guus Hiddink disse que espera uma Premier League ainda mais competitiva na próxima temporada, dando méritos ao Leicester pela excelente campanha e revelando que espera ver o Chelsea na luta por títulos em 2016-2017.

“No próximo ano, precisamos ver o Chelsea lutando por títulos e estando no topo novamente. Penso que haverá muitos times lutando pelo título. Cinco ou seis clubes precisam sempre mostrar seu desejo pelo título, incluindo o Chelsea.

É como você lida com a pressão, mas sempre há pressão nos grandes clubes, especialmente quando outros estão batendo à porta e você tem que competir com os outros estabelecidos, grandes clubes.

Eles (o Leicester City) merecem muito crédito pela forma como eles fizeram isso (sua campanha), especialmente quando a pressão veio de fora. A pressão pode fazer o time implodir, mas eles não implodiram. Essa é uma qualidade muito importante. Eles têm sido destemidos pela forma como lidaram com a pressão e pela forma como jogaram também.

É claro que os clubes já estabelecidos vão, desesperadamente, reagir, mas com os meios que todos clubes estão ganhando, agora eles podem ser mais competitivos na próxima temporada”.

Mauricio Pochettino (Tottenham)

Pochettino quer continuar na briga pelo título inglês
Pochettino quer continuar na briga pelo título inglês

Pochettino disse em sua coletiva que a última partida, contra o West Brom, foi um baque duro, mas que segue acreditando na possibilidade de conquista do título inglês.

“O (jogo contra) West Brom foi duro, estávamos todos desapontados com o resultado e é sempre difícil, porque nosso sonho é lutar pelo título e perdemos uma grande oportunidade de diminuir a vantagem (do Leicester).

Isso foi um grande baque para nós. O sonho, a motivação é a luta pelo título e nós desperdiçamos dois pontos, você sempre se sente desapontado, mas isso tudo desapareceu, porque precisamos estar prontos para a segunda-feira.

Continuamos trabalhando duro, tentando acreditar e os jogadores tem dado seu melhor diariamente. Eles estão bem agora e prontos para competir novamente contra o Chelsea. É um grande clássico e precisamos tentar vencer o jogo e tentar permanecer na luta pelo título”.

Último encontro

Rivais não marcaram em último encontro (Foto: Chelsea FC)
Rivais não marcaram em último encontro (Foto: Chelsea FC)

A última vez em que Chelsea e Tottenham se enfrentaram aconteceu na 14ª rodada da Premier League atual. Na ocasião, jogando no estádio White Hart Lane, Blues e Spurs não tiraram o zero do placar e empataram sem gols.

Fique de olho

Kane vive ótima fase (Foto: Getty Images)
Kane vive ótima fase (Foto: Getty Images)

Artilheiro da Premier League, com 24 gols, Harry Kane vive ótimo momento em sua carreira. Afirmando-se no comando de ataque da Seleção Inglesa, o jogador é extremamente perigoso, pois é alto (1,88m), faz muito bem o trabalho de pivô e finaliza com precisão com as duas pernas, sendo difícil de ser marcado e podendo causar problemas à retaguarda do Chelsea, que mostrou instabilidade durante toda a temporada.

Curiosidades

– Chelsea e Tottenham se enfrentaram 154 vezes na história. Ao todo, os Blues venceram 65 partidas, perderam 50 e empataram 39;

– A maior goleada da história do confronto aconteceu na temporada 1997-1998, ocasião em que o Chelsea venceu o rival por 6×1;

– O Chelsea não perde uma partida de Premier League em casa para o Tottenham desde 1990 (17V e 8E);

– O Chelsea não perde duas partidas consecutivas em Stamford Bridge desde novembro de 2011;

– Harry Kane está a dois gols de completar 50 na Premier League.

Compartilhe

Comments

Category: English Premier League

Tags: