hull-city-vs-chelsea

Em busca de redenção, Chelsea enfrenta o Hull City na 7ª rodada

O Chelsea vai a campo neste sábado (01/10) enfrentar o Hull City fora de casa em partida válida pela sétima rodada da atual edição da Premier League. A bola rolará no KCOM Stadium, localizado na cidade de Hull no nordeste da Inglaterra, às 11h horário de Brasília. O confronto terá cobertura ao vivo dos canal ESPN Brasil e o Chelsea Brasil também acompanhará, lance a lance, no seu Twitter @ChelseaBrasil.

Três jogos sem vitória pressionam os Blues para bom resultado fora de casa

Depois de um empate e duas derrotas nas últimas três partidas do Campeonato Inglês, o Chelsea busca se redimir com o torcedor vencendo o Hull City fora de casa. Muito cobrado, o elenco do time de Londres ainda não assumiu sua formação ideal na temporada e vem sofrendo, nos últimos jogos, com a ausência do capitão John Terry.

Diego Costa buscou jogo mas não conseguiu impedir a derrota
Diego Costa buscou jogo mas não conseguiu impedir a derrota

Após a derrota no último fim de semana para o Arsenal fora de casa por 3-0 quebrou o jejum de vitórias dos Gunners em cima dos Blues em partidas como mandante que durava desde 2010. A repercussão na mídia inglesa e nos torcedores foi tanta que, ao longo da última semana, Conte se reuniu com Roman Abramovich para decidir o futuro de alguns atletas e estabelecer alvos de contratações para a próxima janela de transferências.

Ainda tentando engrenar, Tigres vêm em trajetória descendente na temporada

Depois de problemas na gestão do clube para o início da temporada, com falta de jogadores e de técnico, o Hull surpreendeu e venceu as duas primeiras partidas da temporada contra Leicester City e Swansea, respectivamente. Desde então, o clube aurinegro vem tendo dificuldades em vencer seus jogos, perdendo três e empatando uma partida das últimas quatro.

Hull começou bem o campeonato mas vem caindo de produção
Hull começou bem o campeonato mas vem caindo de produção

A principal dificuldade no time vem sendo a defesa que já sofreu 12 gols em seis jogos. O fator que pode pesar para o Hull é jogar em casa com a sua torcida a favor que, como a maioria das torcidas da Inglaterra, sempre acompanha o time. A dificuldade está na suspensão de El Mohamady que foi expulso na última partida contra o Liverpool.

Provável escalação

Chelsea (4-1-4-1): Courtois; Azpilicueta, Ivanovic, David Luiz, Alonso; Kanté; Oscar, Fàbregas, Hazar, Willian; Diego Costa

Hull City (4-5-1): Marshall; Maguire, Livermore, Davies, Robertson; Huddlestone, Mason, Snodgrass, Clucas, Diomandé; Abel Hernández

Entrevistas Pré-jogo

Antonio Conte (Chelsea)

Técnico italiano está sofrendo pressão após duas derrotas consecutivas
Técnico italiano está sofrendo pressão após duas derrotas consecutivas

Após as derrotas contra Liverpool e Arsenal, Antonio Conte não quer esquecer do que aconteceu na temporada passada e acredita que a chave para recuperar o time no campeonato seja o trabalho e o tempo.

“Nunca é bom quando você perde dois jogos. Mas eu também acredito que, nesses dois jogos, aprendemos muitas coisas importantes e precisamos trabalhar muito duro para nos recuperarmos.”

“É importante não esquecer o passado, porque o passado é muito claro. Terminamos em décimo lugar na última temporada e isso significa que houveram problemas. Agora, com grande esforço e trabalho duro estamos tentando resolver a situação; eu, os jogadores e o clube, juntos”.

“Não temos uma varinha mágica para mudar a situação em poucos meses. Precisamos trabalhar duro juntos e estamos fazendo isso. Precisamos entender que somente através de trabalho duro podemos diminuir a diferença (para os times de cima da tabela)”.

“Acredito que enfrentamos dois times muito fortes que estão no topo (da tabela) e temos muito o que melhorar”.

Mike Phelan (Hull City)

Apesar de má fase, o técnico do Hull está confiante em boa atuação do time contra o Chelsea
Apesar de má fase, o técnico do Hull está confiante em boa atuação do time contra o Chelsea

O técnico do Hull, apesar dos maus resultados nas últimas partidas, acredita que o ingrediente para obter um bom resultado em casa seja manter a mentalidade do clube e jogar de forma organizada tanto defensiva quanto ofensivamente.

“Temos de ser nós mesmos. Temos de fazer o nosso trabalho defensivamente e como um time e temos de possuir a mentalidade de suportar a pressão quando estiver sendo exercida sobre nós. Temos de administrar o jogo e de nos expressar para mostrar a nossa identidade”.

“Acredito que já fizemos isso anteriormente e não estou pessimista com o time porque acho que o time está se resolvendo. Estamos progredindo com nossos métodos e acredito que os torcedores estão correspondendo muito bem. Eles viram que há um elemento de mudança e acredito que nós tivemos azar nessa série de jogos (Arsenal, Liverpool e Chelsea)”.

“Nós somente podemos fazer o nosso trabalho e nosso plano de jogo. Temos de tentar e executá-lo bem, causar problemas para eles para fazer com que eles mudem a forma de jogar. Temos de estar no jogo para tirar algo dele e nossos jogadores são mais do que capazes disso”.

Histórico

Na história dos confrontos entre Hull City e Chelsea na Premier League há uma grande vantagem para os Blues que venceram seis das oito partidas disputadas pelos clubes, com somente dois empates e nenhuma vitória dos Tigres. O último confronto foi no próprio KCOM Stadium em março de 2015 com vitória dos azuis de Londres pelo placar de 3-2 com gols de Hazard, Diego Costa e Remy.

Fique de Olho

Robert Snodgrass começou bem o campeonato marcando três gols nas seis primeiras rodadas da Premier League. Com uma média de um gol a cada duas partidas, o escocês de 29 anos está em sua terceira temporada pelo clube inglês e já acumula números melhores que nas últimas duas temporadas.

O escocês começou bem a temporada com 3 gols em 6 jogos pela Premier League
O escocês começou bem a temporada com 3 gols em 6 jogos pela Premier League

Canhoto que joga pelo lado direito, Snodgrass tem força física e aposta nas arrancadas e na sua resistência para vencer os laterais adversários em combates um a um. Bastante experiente, o meia já teve passagens por Leeds United e Norwich antes de chegar no Hull em 2014, além de integrar o esquadrão da seleção escocesa de futebol.

Curiosidades

  • O Chelsea está invicto em suas últimas 12 partidas contra o Hull em todas as competições, vencendo dez delas
  • Cinco dos últimos sete gols do Chelsea na Premier League contra o Hull foram marcados ou assistidos por Diego Costa e Eden Hazard.
  • Hazard marcou em cada um dos seus três últimos encontros com Hull City na liga inglesa. Ele nunca marcou em quatro jogos da Premier League consecutivos contra um único oponente.
Compartilhe

Comments

Category: English Premier League

Tags: