2016-08-15

Com emoção, Chelsea estreia na Premier League com vitória no final

Nesta segunda-feira (15), o Chelsea estreou na temporada 2016/2017 da Premier League enfrentando o West Ham, um dos destaques da última temporada e rival de Londres dos Blues. Além da estreia na competição, a partida também marcou o primeiro jogo oficial do novo treinador do Chelsea, o italiano Antonio Conte.

Em partida morna, mas com final emocionante, o Chelsea venceu por 2 a 1 com gols de Eden Hazard e Diego Costa. James Collins fez o gol do West Ham no jogo. No próximo Sábado (20), o Chelsea volta a campo pela Premier League para enfrentar o Watford.

Sem muitas chances, primeiro tempo termina sem gols

A partida começou muito física nos primeiros minutos de jogo. Os times não criavam muitas chances de gols e o árbitro Anthony Taylor marcava muitas faltas dos dois times. Kante, outro estreante do dia pelo Chelsea, recebeu cartão amarelo em sua primeira falta após carrinho por trás em Andy Carroll. Com 12 minutos de jogo, os donos da casa tiveram a primeira grande chance do jogo, apesar do West Ham ter mais ações do jogo. Após belo lance de Oscar, Ivanovic recebeu na área, limpou o zagueiro e chutou forte no canto. Adrian rebateu para escanteio. Na sequência, Hazard chutou por cima após lateral cobrado por Ivanovic.

O Chelsea começou a ter um domínio maior do jogo após os 15 minutos iniciais. A bola já rondava mais a grande área dos Hammers, mas o passe final estava em carência. Cinco minutos depois, Oscar roubou a bola perto da área e, após o drible, caiu pedindo pênalti, mas o árbitro não achou falta. Após uma certa pressão sem muita eficiência, o jogo deu uma acalmada no ritmo, até os 30 minutos, quando Hazard recebeu a bola pelo lado esquerdo, arrancou e teve um chute passando do lado esquerdo do gol de Adrian, arrancando suspiros da torcida e de Roman Abramovich.

Conte esteve agitando durante primeiro tempo morno
Conte esteve agitado durante primeiro tempo morno

Aos 37 minutos, o Chelsea voltou a assustar a defesa do West Ham. Dessa vez, Diego Costa teve um chute de fora da área que passou por cima. Nos últimos minutos do primeiro tempo, o Chelsea ameaçou uma pressão no West Ham. A bola ficava perigosamente dentro da área dos Hammers, mas faltou o arremate por parte dos Blues. Nos acréscimos, Willian cobrou falta que tinha endereço certo. Adrian defendeu e mandou para escanteio. Na sequência, Azpilicueta errou a cabeçada e o árbitro encerrou a primeira etapa.

Diego Costa faz gol salvador no final

Logo no primeiro minuto de jogo, o Chelsea chegou ao gol com Hazard, de pênalti. Diego Costa invadiu a área e teve um chute defendido por Adrian. No rebote, Azpilicueta foi derrubado por Antonio dentro da área. Hazard bateu forte e no meio para fazer o primeiro gol do Chelsea na temporada. Depois do gol inaugural da partida, o West Ham teve um período do jogo que possuía mais posse de bola mas com dificuldades de invadir a defesa dos Blues, lembrando os minutos iniciais do jogo.

Aos 62 minutos, Matic desarmou o West Ham e Oscar ligou um contra-ataque com Willian, que chutou rasteiro para defesa de Adrian. Na sequência, Terry teve uma cabeçada que passou por cima. Aos 68 minutos, um lance inusitado na partida: Adrian recebeu a bola de sua zaga, se perdeu no domínio e quase Diego Costa aumentou o marcador. Porém, o atacante acertou o goleiro. Torcida e jogadores do West Ham pediam a expulsão do hispano-brasileiro, mas o jogador continuou na partida.

Aos 76 minutos, o West Ham chegou ao empate com Collins. Após escanteio cobrado por Payet, resultante de uma falta duvidosa na entrada da área do Chelsea,  um bate-rebate dentro da área e a bola sobrou limpa para o zagueiro galês chutar forte no canto de Courtois. Após sofrer o gol, o Chelsea não conseguiu ter um ímpeto ofensivo que costumava ter no jogo. Poucas chances eram criadas, enquanto o West Ham passou a administrar o jogo. Conte fez mudanças, colocou Pedro, Moses e Batshuayi em atacado, tentando conseguir o gol da vitória nos minutos finais do jogo na formação que muito falou-se na pré-temporada: o 4-2-4.

Diego Costa e o gol da vitória
Diego Costa e o gol da vitória

Pedro quase conseguiu fazer o gol após chute rasteiro cruzado. Moses levantou a bola para Batshuayi, mas a zaga afastou o primeiro toque na bola do novo contratado. Na sobra, Pedro tirou tinta da trave. Aos 89 minutos, o Chelsea chegou ao gol da vitória com Diego Costa. O atacante recebeu toque de cabeça de Batshuayi e, com espaço, chutou no canto de Adrian, para euforia de Antonio Conte, que comemorou o gol abraçando torcedores, lembrando um dos seus maiores momentos na Euro 2016, quando a Itália eliminou a Espanha.

Após o gol, o West Ham tentou fazer uma pressão em cima do Chelsea, que tentou explorar o contra-ataque nos acréscimos com Pedro, sem muito sucesso. Aos 93, West Ham quase empatou com Carroll, mas Courtois defendeu. No rebote, Diego Costa ajudou a defesa e chutou a bola pra longe. Nos segundos finais, o Chelsea prendeu a bola no campo de ataque até o apito final de Anthony Taylor.

Ficha Técnica

Chelsea (4-2-3-1): Courtois; Ivanovic, Cahill, Terry, Azpilicueta; Kante, Matic; Willian (Pedro 80′), Oscar (Batshuayi 85′), Hazard (Moses 85′); Diego Costa

Reservas não utilizados: Begovic, Aina, Fabregas, Loftus-Cheek

West Ham (4-1-4-1): Adrian; Antonio (Byram 52′), Reid, Collins, Masuaku; Nordveit (Payet 66′); Ayew (Tore 35′), Noble, Kouyate, Valencia; Carroll

Reservas não utilizados: Randolph, Ogbonna, Oxford, Obiang

Gols: Hazard 46′ (CHE), Collins 76′ (WHU), Diego Costa 89′ (CHE)

Cartão Amarelo: Kante 3′ (CHE), Diego Costa 20′ (CHE), Collins 21′ (WHU), Antonio 46′ (WHU), Matic 90’+2′ (CHE), Pedro 90’+2′ (CHE)

Árbitro: Anthony Taylor

Público: 41.521

Compartilhe

Comments

Category: English Premier League

Tags: